Beleza Extraordinária

O que causa a oleosidade da pele? Descubra como as glândulas sebáceas se formam e como cuidar da pele oleosa!

  • Entenda o que causa o aumento das glândulas sebáceas e o que fazer para regular a oleosidade da pele (Foto: Pixelformula)
  • Higienizar o rosto duas vezes ao dia é uma das dicas para exibir um rosto livre de oleosidade (Foto: Shutterstock)
  • Outra dica importante é o uso de cosméticos que ajudem a controlar a produção de sebo (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Entenda o que causa o aumento das glândulas sebáceas e o que fazer para regular a oleosidade da pele (Foto: Pixelformula)
  • Entenda o que causa o aumento das glândulas sebáceas e o que fazer para regular a oleosidade da pele (Foto: Pixelformula)
  • Higienizar o rosto duas vezes ao dia é uma das dicas para exibir um rosto livre de oleosidade (Foto: Shutterstock)
  • Outra dica importante é o uso de cosméticos que ajudem a controlar a produção de sebo (Foto: Shutterstock)

Maquiagem que não dura, rosto brilhoso e aumento de cravos e espinha são alguns problemas causados pelo excesso de oleosidade na pele. Dentre as brasileiras, essa característica está entre os maiores incômodos de beleza, mas a boa notícia é que é possível reverter esse quadro recorrendo a cuidados específicos. Para entender melhor como se formam as glândulas sebáceas, responsáveis por esse aspecto oleoso, o Beleza Extraordinária foi conversar com a dermatologista Tatiane Curi e revelou o passo a passo para cuidar desse tipo de pele. Confira a matéria e entenda!

Produção excessiva das glândulas sebáceas é a responsável pela oleosidade da pele

As chamadas glândulas sebáceas são responsáveis por lubrificar e proteger a superfície mais externa da pele dos agentes agressores. Produzidas diariamente através dos anexos da derme - glândulas e folículos -, elas criam uma espécie de gordura que, juntamente com o suor, forma essa película protetora.

No entanto, apesar de funcionar como uma proteção, esse sebo produzido pelas glândulas sebáceas acaba causando a oleosidade na pele quando é produzido excessivamente. "Quando há uma produção exagerada e maior que a necessária de sebo, a pele pode se tornar brilhante, com aparência de poros dilatados, e desencadear alterações específicas, como acne e cravo", explica a dermatologista Tatiane Curi. 

Alterações hormonais e cosméticos inadequados estão entre as causas para produção excessiva de óleos

Mas o que faz acontecer esse aumento de produção das glândulas sebáceas? De acordo com Tatiane Curi, uma série de fatores podem ser responsáveis por esse problema. Entre os desencadeadores internos, estão as alterações hormonais e predisposição genética; já entre os externos, o efeito colateral de algumas medicações orais, falta de cuidado com a higienização, uso de cosméticos inadequados para o tipo de pele e, ainda, alimentação errada. 

A dica da dermatologista para identificar se a produção de sebo está fora do normal é observar a pele: "ela vai dando sinais de que esta produzindo oleosidade em excesso através da aparência dilatada dos poros, surgimento de microcomedões, acne ou lesões inflamatórias que são desencadeadas pela pele oleosa, como rosácea, dermatite seborreica e brilho excessivo", explica. 

Rotina de cuidados com produtos específicos ajuda a controlar a oleosidade da pele 

Para quem está lidando com essa oleosidade excessiva na pele, a boa notícia é que dá para reverter o quadro. O primeiro passo é procurar um dermatologista para que ele avalie o que causou o problema e também veja se é necessário receitar medicamentos para regular a produção das glândulas.

Além disso, também é muito importante se alimentar de maneira saudável e seguir uma rotina de beleza regrada com produtos específicos para pele oleosa. Tatiane Curi indica os seguintes cuidados: "higienização duas vezes ao dia com produtos que removam esse excesso de oleosidade e uso de cosméticos ou qualquer tipo de filtro que normalize essa hipersecreção sebácea". Por fim, ela também alerta que é importante não exagerar na quantidade de esfoliações, já que a retirada brusca de gordura pode causar um efeito rebote e aumentar a produção de óleo. 

vídeos Recomendados
Aprenda como ter cachos definidos e naturais com o babyliss!
  1. Quantos litros de água devemos beber por dia? Descubra se você ingere a quantidade de líquido ideal e 4 formas de inserir o hábito na rotina
    Quantos litros de água devemos beber por dia?...
  2. Como cuidar da pele depois de uma sessão de laser: 7 passos para proteger o rosto após o procedimento com os produtos certos
    Como cuidar da pele depois de uma sessão de...
  3. TPM: o que é tensão pré-menstrual? Conheça os sintomas que podem aparecer antes da menstruação e como contornar o problema
    TPM: o que é tensão pré-menstrual? Conheça os...
  4. O seu tipo de pele pode mudar? Descubra e saiba se a sua pele é mesmo oleosa, mista, seca ou normal
    O seu tipo de pele pode mudar? Descubra e saiba...
  5. O que é DEET Repelente? Confira os detalhes sobre o ativo que afasta os mosquitos da pele
    O que é DEET Repelente? Confira os detalhes...
    O que é DEET Repelente? Confira os detalhes sobre o ativo que afasta os mosquitos da pele

    Quem procura por repelentes, geralmente, acaba...

    Leia mais
  6. Saiba quais são os cuidados com a pele de Helena Bordon para os dias de festa, gravações e outros eventos importantes
    Saiba quais são os cuidados com a pele de...

Ver mais

Vídeos
"Esse Brilho é Meu" é a música tema da parceria entre a cantora Iza e Casting Creme Gloss de L'Oréal Paris. Confira mais na matéria! (Foto: Juliana Coutinho)

Ver mais

Temas relacionados
Água micelar:

5 Mitos e verdades sobre o produto para limpeza da pele

últimas matérias

Ver mais