Beleza Extraordinária

Devo pintar o cabelo antes ou depois da progressiva? Saiba a ordem correta para evitar danos aos fios

  • Quer alisar e pintar os cabelos no mesmo dia? Saiba se existe algum risco para os fios! (Foto: Instagram @olaj_arel)
  • Colorações semipermanentes e alisamentos à base de tiotioglicolato de amônio podem ser feitas no mesmo dia sem oferecer grandes riscos para o cabelo (Foto: Instagram @rayanaragan)
  • Se for descolorir o cabelo ou usar tinta permanente, o ideal é fazer o alisamento alguns dias depois (Foto: Instagram @alexnikolic89)
Tela cheia
Previous Next
Quer alisar e pintar os cabelos no mesmo dia? Saiba se existe algum risco para os fios! (Foto: Instagram @olaj_arel)
  • Quer alisar e pintar os cabelos no mesmo dia? Saiba se existe algum risco para os fios! (Foto: Instagram @olaj_arel)
  • Colorações semipermanentes e alisamentos à base de tiotioglicolato de amônio podem ser feitas no mesmo dia sem oferecer grandes riscos para o cabelo (Foto: Instagram @rayanaragan)
  • Se for descolorir o cabelo ou usar tinta permanente, o ideal é fazer o alisamento alguns dias depois (Foto: Instagram @alexnikolic89)

Quem faz alisamento precisa tomar alguns cuidados específicos quando decide alterar a cor dos cabelos. É que, como os dois procedimentos podem ser bastante agressivos, os fios podem enfraquecer, cair ou não ficarem com o efeito desejado. E uma das dúvidas mais comuns é em relação a ordem: o ideal é fazer o alisamento ou a coloração antes? E será que pode ser tudo no mesmo dia? Pensando nisso, para te esclarecer essas questões, o Beleza Extraordinária preparou uma matéria especial com tudo o que você precisa saber para mudar a textura e o tom dos fios sem riscos. Confira!

Pintar ou alisar o cabelo primeiro? Saiba qual a ordem correta

Fazer o alisamento ou colorir o cabelo primeiro? Essa dúvida é uma das primeiras que surgem na cabeça das mulheres que apostam na química. A resposta é bem simples: como o alisamento tem substâncias químicas que podem acabar desbotando a coloração ou alterando suas nuances, o ideal é alisar os fios antes e deixar para mudar a cor depois! Caso contrário, você vai acabar aplicando o produto nos fios para nada, já que o resultado não será o esperado. 

Tipo de química indica se alisamento e coloração podem ser feitos no mesmo dia

Como a rotina é corrida, aproveitar um único dia para fazer alisamento e coloração é o desejo de muitas mulheres - tanto pela praticidade quanto pela vontade de já exibirem logo um novo look completo. No entanto, como são dois procedimentos químicos que fragilizam a fibra capilar, é preciso ter cautela e avaliar se os componentes serão compatíveis antes de fazer tudo em um único passo. 

Entre os diferentes tipos de alisamento, um que não oferece tantos riscos é o que é feito à base de tioglicolato de amônio, enquanto os que utilizam hidróxidos podem trazer problemas se a coloração for feita no mesmo dia. Mas, mesmo com a primeira opção, vale ressaltar que também é importante tomar alguns cuidados: o ideal é preferir as tintas semipermanentes - ou seja, que são livres de amônia - e fazer o teste de mecha para garantir que os fios realmente aguentarão os dois processos sem sofrer corte químico. 

Espaço de dias entre um procedimento e outro é ideal nos demais casos

Como as colorações sem amônia são temporárias e saem dos fios ao longo das lavagens, elas atuam apenas entre as escamas em vez de abrirem as cutículas para alterar os pigmentos naturais do cabelo. Por isso, se a sua ideia é fazer um clareamento mais significativo ou pintar os fios permanentemente, a melhor opção continua sendo a versão permanente. 

No entanto, além de oferecerem mais riscos de danos, essas colorações também podem ter suas nuances prejudicadas se forem feitas no mesmo dia do alisamento. O que acontece é o seguinte: com a progressiva feita um pouco antes, elas não vão conseguir penetrar nas cutículas porque o procedimento cria uma película ao redor da fibra capilar; e, se as madeixas forem alisadas depois, como já falado, a cor vai acabar desbotada. 

Então, o que fazer?

O ideal é fazer o alisamento primeiro e só depois de alguns dias apostar na coloração. Se quiser um look iluminado e passar por descoloração - passo que é ainda mais agressivo para as madeixas - , a dica é esperar, no mínimo, 15 dias. 

Durante essa pausa, em ambos os casos, é muito importante investir em umectações, hidratações e reconstruções para que o cabelo fique mais forte e sofra menos com os danos - sem esquecer, é claro, de fazer o teste de mecha quando for fazer a segunda etapa para verificar se ele está mesmo apto para passar por mais uma química. 

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Cicatri Renov de Elseve

Conheça o leave-in de tratamento queridinho da Grazi