Beleza Extraordinária

Cabelos cacheados e crespos são mais frágeis que os lisos? Entenda como é formada a estrutura do fio!

  • Entenda porque os cabelos cacheados e crespos são mais frágeis (Foto: Instagram @eristheplanet)
  • A distribuição irregular da queratina é a responsável pela fragilidade dos cabelos cacheados e crespos (Foto: Instagram @kirathelight)
  • Apesar do volume e da estrutura, os cabelos do tipo 4C são os mais frágeis (Foto: Instagram @naturallytemi)
Tela cheia
Previous Next
Entenda porque os cabelos cacheados e crespos são mais frágeis (Foto: Instagram @eristheplanet)
  • Entenda porque os cabelos cacheados e crespos são mais frágeis (Foto: Instagram @eristheplanet)
  • A distribuição irregular da queratina é a responsável pela fragilidade dos cabelos cacheados e crespos (Foto: Instagram @kirathelight)
  • Apesar do volume e da estrutura, os cabelos do tipo 4C são os mais frágeis (Foto: Instagram @naturallytemi)

Quem vê os cabelos cacheados e crespos cheios de volume e ondas pode imaginar que eles são mais resistentes que os lisos. Mas você sabia que, na verdade, eles são ainda mais frágeis? A razão é a distribuição da queratina - que, além de definir a textura dos fios, ainda determina a sua fragilidade. Confira a matéria para entender melhor sobre o assunto! 

Falta de queratina no centro da haste capilar torna os fios crespos e cacheados mais frágeis 

Para entender o que faz os cabelos cacheados e crespos mais frágeis que os lisos, antes de mais nada, é importante considerar a sua estrutura. Além da presença do gene trichohyalina - que ajuda a determinar o formato anelado -, um dos principais fatores que define a textura é a distribuição da queratina no córtex capilar! E o resultado é o seguinte: quanto mais bem distribuída, mais liso o fio; quanto mais irregular, mais crespo - como é explicado detalhadamente nessa matéria aqui

Mas não é apenas a textura que é determinada pela queratina: o modo como essa proteína é distribuída também ajuda a definir a fragilidade maior ou menor do cabelo. No caso dos cacheados e crespos, como a distribuição é irregular, o que acontece é que ela acaba ficando mais ao redor dos fios em vez de se concentrar no meio - e é, justamente, por causa disso que as madeixas são mais sensíveis, já que a falta da substância logo no centro da estrutura aumenta as chances de quebra. 

Cabelos do tipo 4C são os mais frágeis

Quanto mais irregular a distribuição da queratina, mais crespo será o cabelo. Sendo assim, se você é ligada na nomenclatura capilar, já deve ter entendido que os fios do tipo 4C aparecem como os mais frágeis entre os cacheados e crespos! 

Apresentando cachos bem estreitos e em forma de "Z", ele é o que mais sofre com o fator encolhimento, chegando a esconder mais de 50% do seu tamanho real. Mas, apesar da estrutura mais rígida e volumosa, tem tendência a ser mais fino e é o que precisa de mais cuidados por causa da fragilidade. 

Shampoos menos agressivos e tratamentos ajudam a tratar os fios cacheados e crespos

Já que os cabelos cacheados e crespos são mais frágeis, consequentemente, precisam de cuidados mais intensos. Entre os principais, está o uso de shampoos com componentes mais suaves, que limpam sem agredir, para que ele não perca a sua oleosidade natural; umectações com uma boa frequência para que o óleo do couro cabeludo consiga percorrer o anelado e chegar até as pontas; hidratações semanais para repor água; e, claro, reconstruções para que o cabelo ganhe mais queratina e fique fortalecido.  

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Cachos definidos

Saiba como ter um day after impecável