Beleza Extraordinária

6 hábitos que aceleram a perda do colágeno na pele: do filtro solar à alimentação

  • O colágeno é quem dá firmeza à pele e previne a flacidez: saiba 6 hábitos que aceleram a perda desse componente no corpo! (Foto: Instagram @syanafromparis)
  • Não aplicar creme hidratante ou creme para rugas pode deixar a pele ressecada e, por consequência, mais sujeita à perda do colágeno mais cedo (Foto: Instagram @kristinamendonca)
  • Dispensar o protetor solar até mesmo fora da praia ou da piscina pode acelear a perda do colágeno porque o sol pode quebrar as fibras da proteína na pele (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
O colágeno é quem dá firmeza à pele e previne a flacidez: saiba 6 hábitos que aceleram a perda desse componente no corpo! (Foto: Instagram @syanafromparis)
  • O colágeno é quem dá firmeza à pele e previne a flacidez: saiba 6 hábitos que aceleram a perda desse componente no corpo! (Foto: Instagram @syanafromparis)
  • Não aplicar creme hidratante ou creme para rugas pode deixar a pele ressecada e, por consequência, mais sujeita à perda do colágeno mais cedo (Foto: Instagram @kristinamendonca)
  • Dispensar o protetor solar até mesmo fora da praia ou da piscina pode acelear a perda do colágeno porque o sol pode quebrar as fibras da proteína na pele (Foto: Shutterstock)

O colágeno é o responsável por dar firmeza e sustentação à pele, evitando a flacidez. Apesar de serem produzidas pelo próprio corpo, as fibras de colágeno vão se degradando ao longo do tempo, abrindo espaço para o aparecimento de rugas e linhas de expressão no rosto, como os pés de galinha ou o bigode chinês. Apesar desses sinais surgirem, geralmente, por volta dos 30 anos, alguns hábitos podem acelerar a perda da substância. Confira 6 deles!

1. Não usar filtro solar todos os dias

Muita gente ainda acha que o filtro solar só deve ser usado na praia ou na piscina. Mas o certo é aplicar o protetor, principalmente o facial, todos os dias! O que acontece é que o sol é um dos principais causadores das rugas e da flacidez por formar os radicais livres, que quebram as fibras de colágeno, E isso pode acontecer até mesmo em dias nublados ou quando você está indo da sua casa para o trabalho. Por isso, o hábito de aplicar um filtro solar todos os dias, antes de sair de casa e se expor ao sol, é fundamental. 

2. Não retocar o filtro solar na praia, na piscina ou no meio do dia

Um outro hábito que pode acelerar a perda de colágeno na pele é esquecer ou não dar importância em retocar o filtro solar, seja na praia, na piscina e até mesmo na volta do almoço durante o dia de trabalho. Proteger o rosto pela manhã é essencial, mas retocar o filtro na metade do dia é mais do que necessário: é isso que vai manter a proteção da pele contra as luzes artificiais das lâmpadas, que também emitem radiação e causam fotoenvelhecimento. O horário certo para retocar é a cada duas horas, independente do FPS. 

3. Não usar creme hidratante facial ou creme para rugas

Uma pele ressecada também pode acelerar a perda de colágeno por causa da falta de água. Por isso, deixar de apostar no creme hidratante, principalmente após os 30 anos, pode ocasionar a flacidez e as rugas na pele. Os componentes do creme hidratante, que também pode ser anti-idade, ajudam a proteger as fibras de colágeno que já existem na derme, evitando que elas quebrem.

Dica: na hora de hidratar a pele, não esqueça de aplicar o creme em áreas do pescoço e do colo, que também sofrem com a flacidez por serem mais finas. 

4. Beber pouca água 

Uma das maiores recomendações dos médicos não é orientada à toa: beber cerca de 2 litros de água por dia é um hábito essencial para manter a saúde e a boa aparência da pele porque o líquido vai hidratar de dentro para fora. Assim, uma pele que não é hidratada naturalmente também pode abrir espaço para a ação acentuada dos radicais livres sobre o colágeno.

5. Não se preocupar com a poluição diária

Já parou para pensar que estamos expostos à poluição o dia inteiro? E a nossa pele é quem acaba sofrendo com o desgaste, mesmo sem a gente perceber. O que acontece é que os gases do ar poluído acabam fixando na nossa pele, que absorve as toxinas. E são essas toxinas que formam radicais livres, que quebram as fibras de colágeno mais rápido.

Solução: além de limpar o rosto com sabonete próprio para o tipo de pele, uma dica é apostar em produtos que fazem limpeza profunda, como máscaras de argila detox ou um esfoliante facial.

6. Falta de uma alimentação rica em vitaminas

Uma má alimentação também pode influenciar na diminuição rápida do colágeno. A partir dos 30 anos, é bastante recomendado comer alimentos que contenham vitaminas que ajudem o corpo a produzir a substância, como vitamina C encontrada em laranja, limão e algumas verduras, vitamina A, que pode ser encontrada na cenoura e na abóbora, além de vitamina E e do zinco. Essas substâncias e alimentos são antioxidantes, e protegem a pele dos radicais livres.

Redação: Beatriz Doblas

Temas relacionados
Cicatri Renov de Elseve

Conheça o leave-in de tratamento queridinho da Grazi