Beleza Extraordinária

Tipos de pele: oleosa, mista, seca... Conheça as características de cada uma delas

  • Cada tipo de pele tem suas características e necessidades específicas: conheça mais sobre eles aqui (Foto: Instagram @freshlengths)
Tela cheia
Previous Next
Cada tipo de pele tem suas características e necessidades específicas: conheça mais sobre eles aqui (Foto: Instagram @freshlengths)

Conhecer o seu tipo de pele é o primeiro passo para montar uma rotina de skincare eficaz. Além de te ajudar a escolher os produtos certos para incluir no dia a dia, essa informação também é muito útil para que você entenda quais hábitos afetam a sua pele com mais intensidade e precisam de atenção. No entanto, muitas mulheres ainda não sabem como identificar seu tipo de pele corretamente, e, por isso, acabam adiando o início dos cuidados com o rosto. Se você quer aprender as características de cada uma delas e como tratar a pele com os ativos e tecnologias certos, essa matéria é pra você! É só conferir todas as dicas abaixo.

Pele seca não produz muita oleosidade e costuma apresentar sensibilidade e sensação repuxada

A maioria das brasileiras tem a pele oleosa ou mista, mas a pele seca não fica muito atrás e também conta com um time de representantes significativo. A principal característica desse tipo de pele é que ela naturalmente produz menos oleosidade, o que faz com que não consiga reter água suficiente para a hidratação. Com isso, ela normalmente apresenta sintomas como sensação “repuxada”, coceira e mesmo sensibilidade em certas partes do rosto, como ao redor da boca e do nariz, além de uma aparência opaca e aspereza ao toque.

Para cuidar da pele seca da maneira correta, é essencial devolver água e nutrientes para recuperar sua maciez e hidratação. Por isso, invista em um sabonete em barra próprio para esse tipo de pele, que consiga retirar as impurezas sem ressecar e conte com ingredientes hidratantes em sua composição. Opte por um demaquilante levinho e sem álcool para não irritar o rosto ao retirar a maquiagem. Para finalizar o passo a passo de cuidados, sempre aplique um hidratante para pele seca e um protetor solar em textura cremosa para melhorar a retenção de água.

Pele oleosa: brilho excessivo e sensação grudenta são algumas características desse tipo de pele

Você com certeza já deve ter ouvido falar da pele oleosa. Na maioria dos casos, é fácil perceber se você tem esse tipo de pele: por produzir sebo em excesso, a pele oleosa costuma ficar mais brilhante, gordurosa e com a sensação “grudenta”. Os poros dilatados são outro fator que pode indicar que você sofre com a oleosidade. Essa característica faz com que as impurezas entrem na derme com mais facilidade, favorecendo o acúmulo de sujeiras que desencadeiam espinhas e cravos. 

A melhor forma de manter o sebo sob controle no dia a dia é limpar, hidratar e proteger a pele. Escolha um gel de limpeza específico para pele oleosa e higienize o rosto duas vezes ao dia - de manhã e à noite - para mantê-lo limpo e sequinho. A água micelar é uma ótima opção para retirar maquiagem sem agravar a oleosidade. 

A hidratação para pele oleosa deve ser feita com produtos à base de água e oil free, isto é, livres de óleos em sua composição. O protetor solar também é importante para evitar danos causados pelo sol: a dica é investir em fórmulas com o termo “anti acne”, que ajudam a prevenir manchinhas. Mantenha a esfoliação em dia para retirar as células mortas, limpar os poros e reduzir os cravos e espinhas, além de equilibrar o funcionamento das glândulas sebáceas.

A pele mista conta com oleosidade na zona T e bochechas normais ou secas

Entre os tipos de pele mais comuns, a pele mista é a que costuma causar mais dúvidas. O nome “mista” vem justamente da sua principal característica: quem tem esse tipo de pele conta com a textura seca e oleosa em lugares diferentes do rosto. Em geral, a zona “T”, que representa a testa, o nariz e o queixo, apresenta poros dilatados e oleosidade em excesso, enquanto as bochechas podem ser normais ou apresentar sinais de pele seca.

À primeira vista, pode parecer que a pele mista é muito difícil de cuidar, né? Mas a verdade é que a rotina de cuidados com ela não precisa ser muito complicada: basta apostar na higienização com um gel de limpeza específico para pele mista e em seguida usar um hidratante com textura leve para não pesar as zonas oleosas. No caso de surgimento de cravos e espinhas na zona T, a dica é tratá-los localmente, aplicando um gel secativo enriquecido com ácido salicílico, por exemplo.

A pele madura é naturalmente mais seca e precisa de produtos antienvelhecimento para se manter firme

Conforme os anos vão passando, o corpo se transforma por dentro e por fora. Com a pele não poderia ser diferente: a pele madura exige alguns cuidados específicos para se manter saudável, hidratada e viçosa. Com o envelhecimento, ela fica naturalmente mais seca, repuxada e pouco elástica, além de ser mais propensa a evidenciar rugas, linhas de expressão e marquinhas. Por isso, vale a pena adaptar a rotina de skincare para atender às novas necessidades e conquistar uma pele rejuvenescida.

A limpeza pode ser feita com um sabonete em textura gel-creme para não retirar demais a oleosidade e ressecar a pele madura. A dica é apostar em fórmulas ricas em ingredientes hidratantes para combater a descamação. O hidratante anti-idade pode ser usado durante o dia para atenuar imperfeições e deixar a cútis macia e firme. Invista em um filtro solar com FPS mais alto e finalize o dia aplicando um creme anti-idade noturno. Busque por ativos como o retinol e o ácido hialurônico para estimular a renovação da pele durante o sono.

A pele ressecada é momentânea e pode ser tratada com bastante hidratação

Diferente da pele seca, a pele ressecada é uma condição momentânea que pode atingir qualquer mulher. Ela acontece quando o rosto não está conseguindo reter água o suficiente, mas ainda produz oleosidade, fazendo com que fique mais sensível e irritado. A pele pode ficar desidratada por conta de diversos fatores, como exposição ao sol sem filtro e não ingerir água em quantidades adequadas ao longo do dia. 

Para reverter essa situação, vale a pena diminuir o número de lavagens por dia para não deixar a pele ainda mais ressecada, além de optar por um sabonete hidratante durante as higienizações. Escolha um creme hidratante próprio para o seu tipo de pele, que vai oferecer retenção de água na medida certa para a pele recuperar sua maciez. Máscaras de argila também são ótimas opções de tratamento para acalmar, purificar e hidratar a pele ressecada desde a primeira aplicação.

Redação: Maria Antônia Rocha

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação