Beleza Extraordinária

Sono da beleza: 3 dicas para dormir melhor e melhorar a aparência da pele!

  • Dormir bem pode melhorar a aparência da pele (Foto: Shutterstock)
  • Noites mal dormidas interferem no processo de renovação celular, o que piora a aparência da pele e favorece o aparecimento de acne e linhas de expressão (Foto: Shutterstock)
  • Confira dicas para te ajudar a dormir melhor! (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Dormir bem pode melhorar a aparência da pele (Foto: Shutterstock)
  • Dormir bem pode melhorar a aparência da pele (Foto: Shutterstock)
  • Noites mal dormidas interferem no processo de renovação celular, o que piora a aparência da pele e favorece o aparecimento de acne e linhas de expressão (Foto: Shutterstock)
  • Confira dicas para te ajudar a dormir melhor! (Foto: Shutterstock)

Não é à toa que existe a expressão "sono da beleza": dormir está diretamente relacionado com a aparência da pele! É durante a noite que nossa pele se recupera e repara os danos sofridos durante o dia. Dormir mal, no entanto, atrapalha os processos de renovação celular que contribuem para uma pele bonita e saudável. Está com dificuldades para dormir? Veja alguns conselhos para garantir uma boa noite de sono e aproveitar todos os seus benefícios para a pele!

A falta de sono pode afetar a aparência da pele

Dormir mal não impacta só nossa memória e disposição, mas também a nossa pele: os níveis de cortisol, hormônio relacionado ao estresse, diminuem durante o sono e ajudam a conter erupções cutâneas e a promover a renovação celular. Em noites mal-dormidas, os altos níveis desse hormônio impedem a derme de se recuperar apropriadamente. Além de uma aparência cansada e abatida, isso favorece o ressecamento, o aparecimento de acne, manchas, marcas de expressão e até mesmo a queda de cabelo. Confira as dicas para melhorar o seu sono:

1. Rotina ajuda a preparar o corpo para dormir melhor

Mudando alguns hábitos na hora de se deitar, é possível regular o sono e melhorar a aparência da pele. Mantenha um cronograma de sono - isto é, um horário mais ou menos fixo para dormir e acordar no dia seguinte - sempre tentando respeitar o mínimo indicado pelos médicos, que é de sete a oito horas por noite. Além disso, crie uma rotina pré-sono: repetir todos os dias algumas ações, como tomar um banho quentinho ou ler um livro antes de dormir, ajudam o cérebro a entender que a hora de ir para cama está chegando. Além disso, tente separar um tempinho na semana para relaxar e cuidar de si. Assim, cair no sono fica mais fácil e rápido!

2. Dieta e exercício físico melhoram a qualidade do sono

Outros fatores que podem afetar a qualidade do sono são a alimentação e a atividade física regular. Esportes e outros exercícios aliviam o estresse e liberam serotonina, hormônio responsável pelo bom-humor, o que ajuda a dormir melhor. É importante não exagerar - basta exercitar-se por um período curto e pelo menos três horas antes de ir para cama, para que a adrenalina não atrapalhe o sono. Quanto à dieta, tente jantar em um horário distante do de dormir. Evitar o consumo de cafeína e outros estimulantes na parte da noite também ajuda a dormir melhor e mais rápido.

3. Ritual de cuidados com a pele reforça os efeitos de uma boa noite de sono

Com o sono em dia, alguns cuidados extras ajudam a potencializar seus benefícios para a pele. Nunca deixe de retirar a maquiagem antes de dormir, já que pular essa etapa pode causar o entupimento dos poros. Acrescentar ao ritual de beleza noturno um creme anti-idade também é uma boa sugestão para estimular a atuação do colágeno e prevenir o aparecimento de manchas e marquinhas de expressão.

Redação: Giovanna Pego

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais