Beleza Extraordinária

Sinais de que a sua pele está estressada: espinhas, vermelhidão e outros problemas causados pelo stress do dia a dia

  • Confira os problemas que o estresse pode causar na pele
Tela cheia
Previous Next
Confira os problemas que o estresse pode causar na pele

Todo mundo conhece os efeitos negativos que o estresse causa na mente e no corpo, mas você sabia que ele também pode prejudicar a pele? Uma vida muito corrida e nervos à flor da pele podem ser responsáveis por aqueles problemas que interferem na saúde do rosto e couro cabeludo. A dermatologista Vivilaine Campelo explica porque isso acontece e dá a solução para virar esse jogo. 

O estresse pode causar ou piorar as espinhas

Entre os causadores da acne estão genética, hormônios e até fatores alimentares, mas o que estudos recentes mostram é que as espinhas podem ser desencadeadas ou pioradas pelo estresse: "as glândulas sebáceas da pele possuem receptores que, em situação de estresse, são acionados e induzem um aumento na liberação de oleosidade", conta Vivilaine Campelo, que atende no Instituto da Pelle. Esse aumento da oleosidade acaba entupindo os poros e causa aqueles pontinhos vermelhos que toda mulher quer evitar

Saiba porque pouco tempo de sono causa olheiras

Quem está em um ritmo de vida muito acelerado acaba dormindo pouco e, segundo a dermatologista, essas noites mal dormidas causam uma congestão de vasos sanguíneos na região abaixo dos olhos: "a pele da área dos olhos é bem fina e delicada e por isso o acúmulo desses vasinhos dilatados na região acaba transparecendo", conta a especialista, dizendo que é isso que causa aquela tonalidade arroxeada na área. 

Pele sem viço natural também pode ser sinal de estresse

Se a pele ficar opaca e sem viço de uma hora para a outra pode ser sinal de que o estresse está no limite. "O estresse gera a liberação de radicais livres, responsáveis pela morte e envelhecimento de nossas células, tanto da pele como do organismo todo. A morte das células da pele gera a falta de viço por alterar o ciclo de renovação celular e degradar o colágeno", explica a dermatologista, garantindo que uma vida calma resulta em pele mais bonita

Fique atenta para o excesso de vermelhidão

Uma das principais causas da vermelhidão excessiva na pele é a rosácea e essa doença costuma piorar quando o estresse anda muito alto. "Apesar de não ser a causa primária da rosácea, o estresse pode influenciar na vermelhidão da face e na piora do problema", revela a especialista. 

Descamação no couro cabeludo pode aumentar com o nível de estresse

O mesmo excesso de oleosidade que o estresse causa no rosto, piorando as espinhas, também pode surgir no couro cabeludo. Quando isso acontece, o resultado é o aparecimento ou aumento da caspa: "a dermatite seborreica é uma combinação do excesso de oleosidade com uma irritação causada por um fungo chamado Malassezia", explica Vivilaine Campelo. 

Para melhorar os problemas não basta tratar apenas o rosto

A médica diz que cada um desses problemas causados pelo estresse tem um tratamento próprio que pode ser indicado pelo seu dermatologista. Além disso a expert diz que, dependendo do caso, pode ser necessário associar a primeira solução com um tratamento psicológico para aliviar o estresse. Com uma vida mais calma e cuidados diários com o rosto vai ficar fácil ter uma pele perfeita.

ver mais : Dicas de beleza - Pele - Estresse
Temas relacionados
It-ingredientes de beleza

Veja quais ativos são os queridinhos