Beleza Extraordinária

Shampoo, condicionador, máscara, sérum e mousse: aprenda a usar quantidade ideal de cada produto

  • A quantidade certa de produto pode fazer toda a diferença nos seus cabelos. Aprenda a usar a proporção correta para ter fios lindos e saudáveis
Tela cheia
Previous Next
A quantidade certa de produto pode fazer toda a diferença nos seus cabelos. Aprenda a usar a proporção correta para ter fios lindos e saudáveis

Pode parecer bobagem mas a quantidade de produto aplicada no cabelo influencia no resultado final. Dos itens mais básicos, como shampoo e condicionador ao finalizadores, como mousses e leave-ins, eles devem ser usados observando a quantia necessária para que o resultado seja o que se espera. Neste caso, exageros não potencializam o efeito dos produtos, pelo contrário, podem deixar seu cabelo pesado e até arruinar o penteado. O método mais simples para facilitar a aplicação é comparar quantidade de produto a ser utilizada ao tamanho de moedas. Saiba como usar esse sitema a seu favor e aproveitar ao máximo o efeito de cada produto.

Shampoo: o segredo é lavar até formar uma espuma densa

O sistema das moedas funciona para quase todos os produtos e deve ser medido na palma da mão, levando em consideração o tamanho e quantidade dos fios. No caso do shampoo, o indicado é a quantidade de uma moeda de um real, que segundo o hairstylist Franco Rodriguez da Ophicina do Cabelo pode ser repetida se tiver necessidade: "O shampoo precisa formar uma espuma densa. Se os fios estiverem muito sujos, há a necessidade de duas vezes para que a espuma apareça, senão, uma lavada já é o suficiente para higienizar os cabelos", contou.

Cabelos curtos e finos, por exemplo, devem usar uma quantidade equivalente a uma moeda de cinco centavos, que pode aumentar dependendo do produto e do tamanho das madeixas. Como o shampoo não pesa os fios, o excesso aplicado acaba sendo um desperdício na vida útil do produto.

O cabeleireiro ensina que para uma lavagem correta, não é preciso esfregar o shampoo no couro cabeludo e sim, passá-lo delicadamente, para não estimular a glândula sebácea. A dermatologista Marcela Studart ensina que essa massagem delicada estimula a circulação sanguínea e ajuda a renovar as células e no crescimento: " Um couro cabeludo saudável exibe raízes e toda a extensão dos fios bem tratados. Na hora do banho, com água fria ou morna, aplique o shampoo e massageie levemente para estimular a circulação", explicou ao "Caderno Ela" do Jornal "O Globo".

Excesso de condicionador deixa os fios sem vida

Com o condicionador, o perigo é pesar os fios e deixa-los sem formato e brilho. O produto tem a função de fechar as camadas protetoras da fibra capilar que foram abertas pelo shampoo e proteger das agressões do dia a dia, mas só devem ser aplicadas abaixo da altura da orelha, para não entupir os bulbos que produzem a oleosidade natural no couro cabeludo, que poderia levar à queda, caspa e dermatite.

O ideal para o condicionador é aplicar uma quantidade do tamanho de moeda de 50 centavos e deixar agir no cabelo por alguns minutos. Usar uma quantidade inferior do produto pode deixar o fios com as cutículas abertas e comprometer o brilho e a suavidade.

Máscaras de tratamento: usadas de acordo com a necessidade do cabelo

Com as máscaras, a quantidade é mais subjetiva, como explica Franco Rodriguez: "É preciso ver a necessidade dos fios. As vezes um cabelo curto que sofreu com muita química precisa de mais produto do que um longo saudável. As madeixas ressecadas têm problema para reter a hidratação e precisam de maior quantidade de produto para o efeito desejado. Ainda é preciso levar em conta a espessura do fio, pois os mais finos não precisam de tanto produto quando os mais grossos". Em média, a quantia ideal corresponde a uma moeda de um real em cada mecha do tamanho de dois dedos. É fundamental enxaguar bem para que nenhum resíduo fique nos fios.

Leave-in: excesso pode atrapalhar o efeito da chapinha e secador

O creme finalizador protege os fios, forma uma película contra o clima e ainda ajuda a definir o estilo. Quem usa o produto antes do secador e da chapinha, precisa ficar de olho na quantidade aplicada nas madeixas. O excesso de produto pode deixar o cabelo com textura mais grossa e estragar o chapinha rapidamente.

A cabeleireira Vera Mosconi ensina que a quantidade do leave-in varia de cabelo para cabelo, de acordo com o tamanho: o equivalente a uma moeda de um real para os longos, de 50 centavos para os médios e dez centavos quando os fios forem curtos.

Sérum: pequenas quantidades garantem o acabamento do penteado

Os profissionais são unânimes em dizer que o sérum precisa de pouca quantidade para dar acabamento ao penteado. Para Franco, o produto deixa o cabelo gorduroso se for usado em excesso e Vera Mosconi concorda com a opinião do hairstylist: "o sérum deve ser usado com cautela. É recomendado que se passe em pouca quantidade e somente nas pontas, pois muito produto deixará os cabelos oleosos". Para não pesar, use uma quantidade equivalente a uma moeda de cinco centavos, ideal para finalizar sem ficar gorduroso.

Mousse: definição para cabelos longos e curtos

A quantidade de mousse é medida de maneira diferente dos demais produtos de cabelo, pois tem muito volume. Para cabelos longos, por exemplo, o ideal é usar uma quantidade do tamanho de uma laranja, e para os curtos, o de um limão. Franco alerta que quem usa o mousse, precisa ficar longe de outros produtos para as madeixas: "O mousse define, não pode misturar. O efeito não vai ficar bom e o cabelo parece pesado, carregado de produto", ensina.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!