Beleza Extraordinária

Seus cabelos crescem devagar? Entenda o que pode causar o problema

  • Entenda o que pode influenciar no crescimento dos fios e saiba como combater o problema (Foto: L'Oréal Paris)
Tela cheia
Previous Next
Entenda o que pode influenciar no crescimento dos fios e saiba como combater o problema (Foto: L'Oréal Paris)

Em um organismo saudável, os cabelos costumam crescer cerca de um centímetro por mês. No entanto, como cada pessoa possui um metabolismo diferente, esta média pode variar bastante e fazer com que as madeixas não consigam se renovar na velocidade que as mulheres gostariam. Entenda o que pode influenciar no crescimento dos fios e saiba como reverter o problema.

Os cabelos passam por três fases ao longo de seu ciclo natural: anágena, de crescimento, catágena, de estabilidade, e telógena, de queda. Porém, alguns eventos traumáticos têm influência na primeira e na última etapas, o que pode deixar os cabelos mais ralos. "O estresse emocional ou o período pós-infecção podem até mesmo interromper o crescimento dos fios", garante a dermatologista Aline Vieira.

Diversos fatores influenciam no crescimento


A genética e o estilo de vida estão diretamente relacionados ao quanto os cabelos crescem em determinada época. Isto acontece porque alguns fatores, tais como estresse, má alimentação, doenças metabólicas, hormonais ou infecciosas, como anemia, hipotireoidismo e carência de vitaminas, além do uso de certos medicamentos, atrapalham a distribuição de nutrientes para os cabelos.

"Entre os problemas externos que prejudicam o crescimento dos fios está o uso de cosméticos inadequados, que podem deixá-los mais fracos. No dia a dia, o fato de alisarmos rotineiramente os cabelos também pode enfrequecê-los, pois o calor pode destruir as pontes de enxofre das cutículas", comenta a dermatologista Gabriella Albuquerque, coordenadora da Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro.

Arginina ajuda a fortalecer os fios da raiz às pontas


Para combater o problema, procure por shampoos e condicionadores com fórmulas para nutrir e desobstruir o bulbo capilar, que estimulam o couro cabeludo a reativar a microcirculação sanguínea. "Suplementos à base de arginina, ácido fólico, l-cartinina e biotina também ajudam a fortalecer os fios e fornecer matéria-prima para síntese capilar. A dose vai depender de uma avaliação de cada caso", comenta a dermatologista Mônica Linhares.

O bulbo é a base da fibra capilar e possui grande capacidade de absorção dos nutrientes depositados sobre o couro cabeludo. Uma forma de ativar a circulação sanguínea local para favorecer o crescimento dos cabelos é estimular a região através de massagens durante a aplicação de produtos. O movimento ainda promove a renovação celular e uma melhor oxigenação das raízes.
Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!

últimas matérias

Ver mais