Beleza Extraordinária

Saiba o que causa a queda e a quebra dos cabelos

  • Muitos fatores podem influenciar na queda brusca dos cabelos
Tela cheia
Previous Next
Muitos fatores podem influenciar na queda brusca dos cabelos

Uma pessoa tem em média 150 mil fios, e vários caem diariamente em um ciclo com começo, meio e fim, até serem substituídos por novos. Quando os cabelos caem demais pode indicar um problema de saúde, seja emocional ou no couro cabeludo ou até mesmo um sinal de que a tintura no cabeleireiro não está foi aplicada da forma correta. Para um diagnóstico certeiro, é necessário procurar um tricologista que avaliará o couro cabeludo por meio de uma microscopia eletrônica do bulbo capilar.

A estrutura do fio de cabelo é formada por três camadas: a medula, que funciona como uma espinha dorsal; o córtex, onde fica a cor e a cutícula que é a parte mais externa e parece uma escama.

Possíveis causas da perda de fios

A saúde do cabelo pode ter uma relação direta com a saúde emocional. Momentos de estresse, preocupação, ansiedade e depressão podem refletir na beleza das madeixas e agravar ou até causar doenças.

A alopecia areata ou popularmente conhecida como "pelada", é mais uma doença capilar que pode ser desencadeada por períodos de grande estresse. A doença causa perda de cabelo ou de pelos (alopecia totalis) em áreas bem delimitadas do corpo, em geral de forma arredondada ou oval. Apesar de surgir em qualquer idade, dados indicam que 60% dos casos seus portadores tenham menos de 20 anos.

Já a tricotilomania é um distúrbio caracterizado por arrancar cabelos sem fins estéticos e acomete indivíduos muito ansiosos. Pessoas que sofrem desse distúrbio de controle de impulsos arrancam os fios de cabelo para controlar a ansiedade e o nervosismo. Algumas enrolam os fios no dedo para depois puxá-los. Nos casos mais graves acabam ficando calvas ou com grandes falhas no couro cabeludo

Queda é reversível em qualquer idade

A queda dos cabelos pode ser revertida em qualquer idade, desde que o bulbo capilar ainda esteja vivo. Entre as soluções, há tratamentos não invasivos, como laser de baixa penetração e infusão transiônica, que permite a aplicação de substâncias ativadoras do bulbo sem o uso de agulhas e aplicações.

Tratamentos para amenizar a queda

Caso o problema seja genético ou por fatores hormonais, o tricologista pode prescrever carboxiterapia, um tratamento à laser de baixa potência ou até mesmo transplante de unidades foliculares. Já para tratar queda atribuída devido a problemas emocionais, uma das recomendações será seguir uma alimentação balanceada e rica em ferro. Se problema for o corte drástico de calorias e de proteína, são indicadas também sessões de carboxiterapia e tratamento clínico.

Controle a quebra dos fios danificados

Para controlar a quebra, recomenda-se usar máscaras de tratamento à base de cremes e queratina ajudam a restaurar a camada externa dos fios. Isso os protege de condições ambientais como vento, baixa umidade e radiação ultravioleta. A maioria dos produtos químicos e o excesso de calor, porém, levam à quebra, e não a queda, do cabelo.

Shampoos formulados com uma proteína chamada ANP reduzem a ação dos hormônios responsáveis pelo afinamento dos fios e evitam a queda. Já os shampoos antiquebra fortalecem o cabelo danificado por processos químicos e evitam que ele se rompa ao meio.

Implantes de cabelo variam de 10 mil à 25 mil reais

O implante capilar só pode ser feito por quem tem fios fortes e volumosos. Para o procedimento, será utilizado o cabelo do próprio paciente retirado da parte de trás da cabeça. Para quem optar por fazer cirurgia deve manter cuidados para evitar queda na área saudável. A redistribuição provoca a ilusão de que o cabelo natural está mais uniforme, mas a pessoa não voltará a ter as madeixas de quando era adolescente.

Cada sessão implanta até cinco mil unidades foliculares – um folículo reúne de um a quatro fios – e deve haver um intervalo de um ano e meio entre uma e outra. A maioria não introduz mais do que 2 mil unidades. No mercado o preço varia de R$ 10 mil a R$ 25 mil por sessão.

 

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema