Beleza Extraordinária

Rugas, limpeza e hidratação: três mitos sobre o cuidado com a pele

  • Uma rotina diária de cuidados com a pele é o principal fator na busca por uma cútis sempre hidratada, saudável e deslumbrante
Tela cheia
Previous Next
Uma rotina diária de cuidados com a pele é o principal fator na busca por uma cútis sempre hidratada, saudável e deslumbrante

Uma rotina diária de cuidados com a pele é o fator número um na busca por uma cútis sempre hidratada, saudável e deslumbrante. Quase sempre exposta a agressões externas, como sol, poluição e vento, a pele sofre com os danos frequentes e acaba envelhecendo precocemente, perdendo o brilho e o viço. Para recuperar o bom aspecto é importante manter alguns cuidados essenciais, mas nem tudo o que fazemos realmente terá o efeito desejado. A dermatologista Renée Rouleau, em entrevista ao site "Refiney29", desvendou três mitos sobre o cuidado com a pele:

Mito 1: Quanto mais rico em minerais for o creme, melhor para as rugas na região dos olhos

Engana-se quem pensa que quanto maior a concentração de óleos, como o mineral e a vaselina, melhor será o efeito do produto para a região dos olhos, que costuma sofrer com o aparecimento de rugas e do famoso "pé de galinha". Estes componentes não são facilmente absorvidos pela pele e acabam ficando apenas na superfície e se infiltrando nos olhos durante a noite. O efeito pode não ser nada positivo: a permanência do produto pode causar inchaços nos olhos, principalmente pela manhã, o que enfraquece as fibras de elastina e pode até mesmo acelerar o aparecimento de rugas na região.

Mito 2: O produto antioxidante causa ardência na pele, por isso deve estar agindo

A vitamina C é conhecida por seus benefícios para a saúde, mas a pele também pode ser muito favorecida por suas ações. A substância tem um grande poder antioxidante, que retarda o envelhecimento da cútis, além de combater o aparecimento de manchas e irregularidades no rosto. A maioria dos produtos antioxidantes à base de vitamina C, no entanto, são feitos utilizando as formas ácidas da substância, o que causa uma sensação de ardor na pele. O uso constante desses cosméticos pode causar justamente o efeito contrário do desejado. A irritação diária da pele pode provocar a formação de radicais livres, acelerando o envelhecimento da pele. E atenção: a forma ácida da vitamina C é muito instável, por isso pode perder um pouco da sua eficácia cada vez que o produto é aberto e exposto ao oxigênio, favorecendo ainda o surgimento de alergias, principalmente em peles sensíveis.

Mito 3: após lavar o rosto, a pele deve estar rígida e sem resquícios de oleosidade

Limpar, desobstruir os poros e hidratar dão aspecto renovado a pele e ainda protegem dos agentes externos, como poluição e variações climáticas. Engana-se quem pensa, no entanto, que para ter uma pele completamente limpa deve sentir o rosto bem sequinho e com aspecto rígido. O excesso de água pode favorecer o acúmulo de células mortas, eliminando o viço e o brilho da pele, por isso o ideal é lavar o rosto de duas a três vezes ao dia, mesmo quem sofrem com a oleosidade. É importante também ficar atenta para o tipo de sabonete utilizado na limpeza do rosto. Dê preferência a produtos específicos para o seu tipo de pele, que vão garantir o efeito ideal para sua beleza.

Temas relacionados
Óleo + Creme de pentear

Descubra os benefícios da misturinha