Beleza Extraordinária

Respondemos 10 dúvidas sobre o cabelo loiro platinado: da coloração aos cuidados

  • Confira a lista com 10 coisas que toda mulher que considerou o platinado já pensou! (Foto: Instagram @inochishears)
  • As cacheadas e crespas podem apostar no platinado. Mas, para que a textura não fique prejudicada, é importante seguir uma rotina intensa de cuidados (Foto: Instagram @goldennn_xo)
  • Apostar em matizadores e produtos com fator de proteção solar é o segredo para manter o platinado em dia (Foto: Instagram @nonamesalonkc)
Tela cheia
Previous Next
Confira a lista com 10 coisas que toda mulher que considerou o platinado já pensou! (Foto: Instagram @inochishears)
  • Confira a lista com 10 coisas que toda mulher que considerou o platinado já pensou! (Foto: Instagram @inochishears)
  • As cacheadas e crespas podem apostar no platinado. Mas, para que a textura não fique prejudicada, é importante seguir uma rotina intensa de cuidados (Foto: Instagram @goldennn_xo)
  • Apostar em matizadores e produtos com fator de proteção solar é o segredo para manter o platinado em dia (Foto: Instagram @nonamesalonkc)

Platinar o cabelo é o sonho de muitas mulheres que querem apostar em um loiro mais moderninho. No entanto, como é preciso passar por uma descoloração completa para conseguir o look, muitas acabam desistindo da transformação ou repensando a mudança por causa de uma série de dúvidas - como, por exemplo, se existe risco dos fios acabarem manchados e quais serão os cuidados necessários na pós-coloração. Está pensando em apostar no tom para mudar o visual e também vive se fazendo mil perguntas sobre o platinado? Então, essa matéria é especialmente para você. Confira 10 coisas que toda mulher que sonha com essa versão claríssima do loiro já pensou! 

1 - Meu cabelo vai acabar detonado pelo processo

A maior dúvida sobre o platinado é em relação ao seu efeito nos fios - já que, por ser um processo mais agressivo, a descoloração acaba prejudicando a fibra capilar por retirar alguns de seus nutrientes. No entanto, a boa notícia é que dá para enfrentar a transformação sem detonar o cabelo se ele estiver devidamente cuidado e fortalecido antes do procedimento!

Para conseguir isso, a dica é iniciar um cronograma capilar, no mínimo, uns 15 dias antes do platinado. Dessa forma, combinando hidratação, nutrição e reconstrução, vai ser mais fácil conseguir o look sem prejudicar os fios - e, é claro, dá para confirmar se eles realmente vão aguentar passar pelo processo através do teste de mecha. Depois, para que eles continuem bonitos e saudáveis, é só manter uma rotina de cuidados na pós-coloração. 

2 - Meus fios podem não aguentar a química e cair?

O medo do cabelo cair é algo comum antes de qualquer procedimento químico - afinal, a fibra capilar vai passar por alterações no pigmento, como acontece na descoloração, ou na sua textura natural. Mas, para quem está com essa preocupação, a resposta é basicamente a mesma da anterior: se você cuidar dos fios antes de enfrentar o processo e não esquecer de fazer o teste de mecha para verificar se eles vão aguentar, não existem grandes riscos.

Só vale lembrar que, além disso tudo, a escolha de um profissional de confiança também é muito importante para que as madeixas não sejam danificadas, ok? 

3 - Vou ter muito trabalho para manter a cor?

Todo cabelo pintado precisa de alguns cuidados específicos para que a cor continue bem viva e bonita. No caso do platinado, como todos os pigmentos naturais do fio foram retirados, isso é ainda mais importante para que o tom não acabe desbotado ou amarelado demais com o passar dos dias.

Porém, esse trabalho extra não chega a ser um empecilho significativo para quem quer apostar no look: apenas com um pouco mais de atenção que os demais tons de loiro, o segredo é matizar as madeixas assim que perceber que elas estão ficando amareladas e usar finalizadores com fator de proteção solar para evitar o desbotamento. 

4 - Será que o platinado vai favorecer meu tom de pele?

Como o platinado é a versão mais exótica entre a imensa cartela de loiros, também é uma das colorações que mais gera dúvidas sobre com que tons de pele combina. Para quem quer ter certeza de que o look vai ficar harmonioso, buscar inspirações que valorizem o subtom é importante para não ter grandes surpresas com a transformação, mas não existem regras.

Se tiver a pele com fundo mais quente e desejar apostar em um loiríssimo acinzentado, por exemplo, pode se jogar sem medo! Como em qualquer assunto sobre beleza, o certo é se sentir bem e escolher o tom que mais tem a ver com a sua personalidade e o efeito que deseja. 

5 - Todo mundo pode platinar o cabelo?

Será que todos os tipos de cabelo podem investir no platinado? Essa é outra dúvida muito comum entre as mulheres que querem apostar na descoloração completa! Mas a resposta é positiva: sim, seja qual for a sua textura, está liberado mudar o look e investir nesse tom loiríssimo para atualizar as madeixas.

No caso das cacheadas e crespas, não é mentira que os cachos acabam perdendo definição por conta da descoloração. Mas, seguindo uma rotina de cuidados, fica mais fácil recuperar a textura e a massa da fibra capilar. 

6 - O cabelo pode ficar manchado? 

Assim como acontece com qualquer outro tipo de coloração, realmente existe o risco de acabar com o cabelo manchado depois de platinar. Se a descoloração e a tonalização não forem feitas da maneira correta, o resultado pode mesmo ser esse! Por isso, é muito importante investir em um profissional de confiança para que nada dê errado com o look. 

7 - A pós-coloração é muito complicada? 

Além da preocupação com os cuidados necessários na pré-coloração, também é normal aparecerem dúvidas em relação aos tratamentos que devem ser feitos depois do procedimento. Como o platinado acaba agredindo mais o cabelo por causa da descoloração completa, é verdade que os cuidados posteriores devem ser ainda mais intensos; mas a boa notícia é que não é nada impossível: basta investir em um rotina intensa de reconstrução, hidratação e nutrição - no cronograma capilar - e usar produtos para manter a cor em dia. 

8 - Será que a cor ainda está na moda?

2016 foi o ano do platinado! Tanto que a cor apareceu em várias desfiles e foi a opção de várias famosas que decidiram mudar o visual. De lá para cá, outros tons de loiro apareceram como tendência - como o nude e o bronde, por exemplo -, mas ele continua, sim, em alta. Então, se a dúvida é em relação a isso, pode ficar tranquila! Sem falar no fato de que, independentemente do que está na moda ou não, o que mais vale é se sentir bem. 

9 - Se eu enjoar, o que faço para escurecer o cabelo de novo? 

Para quem tem medo de nunca se livrar do platinado, a boa notícia é que dá para voltar a ser morena depois da transformação. Mas, sim, é verdade que o procedimento não é tão simples assim: como o cabelo está sem pigmento, o ideal é ir escurecendo os fios de dois em dois tons. 

10 - Posso usar qualquer maquiagem?

Quando a gente muda o cabelo - ainda mais com um tom tão diferente quanto o platinado -, é normal pensar em atualizar a maquiagem para sustentar o look. Não é que você esteja proibida de usar qualquer tipo de make; mas, se desejar valorizar ainda mais o visual, a dica é procurar tons rosados e terrosos por caírem bem com o loiro claríssimo e deixarem o rosto bem corado para evitar a palidez. 

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais