Beleza Extraordinária

Queratina: substância pode ser usada em todos os tipos de cabelo? Descubra!

  • Em dúvida sobre o uso da queratina no seu tipo de cabelo? Confira a matéria! (Foto: Pixelformula)
  • Cabelos que passaram por procedimentos químicos e estão enfraquecidos podem usar a queratina de 15 em 15 dias. O uso semanal pode causar o efeito rebote (Foto: Pixelformula)
  • Cabelos saudáveis e livres de química podem usar a querantina uma vez ao mês (Foto: Pixelformula)
Tela cheia
Previous Next
Em dúvida sobre o uso da queratina no seu tipo de cabelo? Confira a matéria! (Foto: Pixelformula)
  • Em dúvida sobre o uso da queratina no seu tipo de cabelo? Confira a matéria! (Foto: Pixelformula)
  • Cabelos que passaram por procedimentos químicos e estão enfraquecidos podem usar a queratina de 15 em 15 dias. O uso semanal pode causar o efeito rebote (Foto: Pixelformula)
  • Cabelos saudáveis e livres de química podem usar a querantina uma vez ao mês (Foto: Pixelformula)

Cuidar dos cabelos é mais que fazer hidratação e nutrição nos fios: também é preciso inserir a queratina na rotina de beleza. Proteína presente em diversas partes do corpo - incluindo as unhas - , ela é indispensável para manter as madeixas bonitas, saudáveis e fortes. Mas, por se tratar de uma substância reconstrutora, muitas mulheres acabam ficando na dúvida antes de iniciar esse tipo de tratamento por não saber se sua fibra capilar, realmente, precisa ser reconstruída ou se a queratina garante bons resultados em todos os tipos de textura. Confira a matéria para descobrir!

Queratina faz parte da composição do fio e pode ser usada por todas as texturas

Proteína formada por 21 aminoácidos e produzida pelo próprio corpo, a queratina pode ser encontrada na pele, nas unhas e no cabelo. Neste último, ela se destaca ainda mais por constituir cerca de 90% do fio e ser a responsável por deixá-lo mais forte e protegido.

No entanto, a ação de fatores externos - como o sol, vento, umidade, uso de ferramentas de calor e procedimentos químicos - acaba fazendo com que a fibra capilar perca uma boa quantidade dessa proteína, tornando-a mais quebradiça e ressecada. Sendo assim, independentemente da textura e particularidades do cabelo, quando esses sinais de enfraquecimento aparecem, é necessário incluir a queratina na rotina de cuidados para eliminar o problema. 

Embora também esteja presente em alguns shampoos, condicionadores e cremes de pentear, para garantir um resultado eficaz, o correto é recorrer à máscaras reconstrutoras que contem com a queratina na fórmula - já que, nos demais produtos, essa proteína aparece em menor quantidade e não com a mesma ação concentrada dos cremes de tratamento específicos. 

Uso da queratina nos cabelos exige intervalo de 15 dias

Mesmo sendo indicada para todos os tipos de cabelo e ser indispensável para manter os fios saudáveis e fortes, a queratina deve ser usada com cautela. Ao contrário do que acontece com os produtos de hidratação e nutrição, a aplicação em excesso dos cremes que contam com queratina na fórmula pode acabar deixando os fios enrijecidos, sem brilho e sem movimento.

Como a substância já faz parte da composição natural da fibra capilar, o correto é usá-la na quantidade ideal para apenas repor o que foi perdido. Caso contrário, as madeixas podem acabar saturadas e perdendo muita água - o que causa o desagradável efeito rebote.

Mas, como definir a frequência correta da aplicação da queratina? É simples: se você tiver feito algum procedimento químico nos fios - como alisamentos e colorações - ou sentir que eles estão enfraquecidos e precisando repor massa, use a queratina de 15 em 15 dias.  Mas, se estiver com as madeixas ao natural e perceber que elas estão saudáveis e fortes, deixe para fazer o tratamento uma vez por mês. 

ver mais : Dicas de cabelos
Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema

últimas matérias

Ver mais