Beleza Extraordinária

Qual a quantidade certa de protetor solar para o rosto e o corpo?

  • Existe uma quantidade certa de filtro solar para que a pele do rosto e do corpo alcance uma proteção eficaz
Tela cheia
Previous Next
Existe uma quantidade certa de filtro solar para que a pele do rosto e do corpo alcance uma proteção eficaz

Com a chegada da primavera os raios solares começam a ficar mais intensos e a preocupação com queimaduras, manchas e outros danos causados pelo sol aumenta. Para manter a pele protegida, é preciso levar o protetor solar a sério e saber de cor a forma certa de aplicá-lo. A dermatologista Bianca Wiedemann ensina qual a quantidade certa para rosto e corpo e explica como ela deve ser passada.

Meia colher chá é a quantidade ideal de protetor para rosto e pescoço

O rosto e o pescoço são as áreas mais afetadas pelo sol, já que a exposição é maior do que em qualquer outra parte do corpo. Para fugir das manchas e do envelhecimento precoce, o protetor precisa ser um aliado de beleza diário, mas só alcança uma eficácia satisfatória quando é usado na quantidade certa. "Para o rosto e pescoço a quantidade de filtro solar ideal equivale a mais ou menos meia colher de chá, o que significa dois miligramas de produto para cada centímetro quadrado de superfície de pele", revela.

A forma como o produto é aplicado também conta pontos na hora de se proteger e a profissional ensina passo a passo como fazer: "no rosto eu oriento aplicar com movimentos suaves no sentido antigravitacional, ou seja, de baixo para cima", detalha.

Quantidade aplicada no corpo depende das áreas expostas ao sol

A quantidade de protetor solar a ser aplicada no corpo depende das áreas onde ele vai precisar ser passado. Para o dia a dia, Bianca aconselha a aplicação na região que fica mais exposta ao sol, como braços e pernas. "Onde não houver roupa cobrindo a pele, devemos aplicar filtro solar. E vale dizer que, dependendo do tecido da roupa (se for um tecido fino e/ou de cor clara ), eu oriento aplicar também nas áreas cobertas por este tipo de tecido", diz. Bianca ainda lembra que existem algumas regiões que raramente recebem proteção, mas deveriam: "não devemos nos esquecer das orelhas, nuca (para quem tem cabelos curtos) e dorso de mãos e pés, que são áreas por vezes esquecidas", aconselha.

Depois de detectar as áreas expostas, basta usar a mesma lógica do rosto para saber o quanto de produto deve ser passado : "a quantidade de filtro solar é a mesma por área de pele exposta, ou seja: 2 miligramas por centímetro quadrado de pele", orienta. A profissional ainda lembra que há diferença na aplicação do protetor para situações cotidianas e outras de maior exposição ao sol: "o que vai diferenciar o volume gasto é a situação: na praia ou piscina temos muito mais áreas expostas que vão requerer a aplicação do filtro solar do que no dia a dia, quando estamos usando roupas", diz.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!

últimas matérias

Ver mais