Beleza Extraordinária

Qual a diferença entre os reparadores de ponta? Descubra o ideal para os seus cabelos!

  • Reparadores de pontas com cicatri-ceramidas selam as pontas quebradas depois da chapinha e do secador, além de restaurar os fios porosos (Foto: Unsplash)
  • O óleo capilar ajuda a dar maciez e brilho aos cabelos crespos e cacheados, além de ser usado na técnica do "pré-poo" (Foto: Pixelformula)
  • O óleo de silicone ajuda a tirar o frizz e a proteger os cabelos contra a umidade (Foto: Pixelformula)
Tela cheia
Previous Next
Reparadores de pontas com cicatri-ceramidas selam as pontas quebradas depois da chapinha e do secador, além de restaurar os fios porosos (Foto: Unsplash)
  • Reparadores de pontas com cicatri-ceramidas selam as pontas quebradas depois da chapinha e do secador, além de restaurar os fios porosos (Foto: Unsplash)
  • O óleo capilar ajuda a dar maciez e brilho aos cabelos crespos e cacheados, além de ser usado na técnica do "pré-poo" (Foto: Pixelformula)
  • O óleo de silicone ajuda a tirar o frizz e a proteger os cabelos contra a umidade (Foto: Pixelformula)

Na hora de esconder as pontas duplas e deixar os cabelos bem alinhados, o reparador de pontas é o verdadeiro amigo das mulheres. Com apenas algumas gotinhas no dia a dia, o produto ajuda a selar os fios quebrados e consegue tirar a aparência seca, espigada e sem movimento causada por elas. Mas você sabe a diferença entre os tipos de reparadores e qual tem o ativo que vai garantir o melhor resultado no seu cabelo? Silicone, óleo e Ceramidas são os principais, e cada um carrega seus benefícios e vantagens. Confira e aprenda a usar!

1 - Finalizador com ceramidas sela as pontas duplas depois da chapinha 

Quem não vive sem secador ou chapinha sabe que é preciso finalizar os cabelos com um produto que sela as pontinhas que podem ser quebradas por causa do calor. A ideia também é proteger os fios da porosidade causada pelo sol e pelo vento, além do calor das ferramentas, e para isso, a dica é usar um reparador com Cicatri-Ceramida. Essa fórmula reconstitui exatamente as partes que de desgastaram, tratando os fios progressivamente e protegendo o cabelo do frizz e do ressecamento.

Como aplicar: O finalizador com ceramidas costuma ser parecido com um creme de pentear, e por isso, deve ser usado desde o comprimento até as pontas. Com os fios secos ou úmidos, aplique uma pequena quantidade nos cabelos, sem enxaguar. Para quem vai usar chapinha ou secador, vale aplicar o finalizador antes, porque ele também age como protetor térmico para as madeixas. 

2 - Óleo capilar dá brilho sem deixar pesado

O óleo capilar é o queridinho das crespas e cacheadas, mas também de todas as mulheres que querem garantir brilho e maciez impecáveis nas pontas. A vantagem é que sua fórmula é natural e sua textura costuma ser bem leve e emoliente, o que não deixa o cabelo pesado e com aspecto oleoso, sendo um grande aliado para quem tem tem cabelo fino ou liso. Prático, ele pode ser levado na bolsa e aplicado quando sentir as pontas ouriçadas, ou usado durante o pré-poo, para proteger os cabelos cacheados do ressecamento do shampoo. 

Como usar o óleo capilar para dar brilho e movimento: A forma mais conhecida de usar o óleo capilar é pingar algumas gotinhas na mão, misturar e aplicar nas pontas dos cabelos de forma suave. Se aplicar nos fios molhados, o óleo ajuda a desembaraçar as madeixas, deixando as pontas mais soltas. Depois, é só pentear. Nos fios secos, o processo é o mesmo, e vale estilizar o cabelo com os próprios dedos para deixar mais natural. 

Como usar o óleo capilar no pré-poo: Para as crespas e cacheadas que querem proteger a nutrição natural dos cabelos, a dica é usar o óleo em todo o comprimento dos fios antes de aplicar o shampoo, e deixar agir por 5 minutos. Depois, é só enxaguar e aplicar o shampoo como de costume. Dessa forma, os cabelos vão ficar reparados antes mesmo da lavagem. 

3 - Óleo com silicone protege os cabelos contra o frizz

O óleo de silicone é um dos mais tradicionais entre as mulheres por selar as pontas dos cabelos e acabar com o frizz. Como é sintético, ele age "encapando" os fios para deixá-los impermeáveis e, assim, evitar a criação de frizz e ressecamento por causa da umidade. A dica é usar o óleo de silicone em fios grossos, crespos ou cacheados, porque sua fórmula costuma ser um pouco mais densa em relação aos outros reparadores de pontas. 

Como aplicar: Depois de fazer um penteado ou estilizar o cabelo do jeito que você gosta, aplique poucas gotas do óleo de silicone nas mãos e aplique na metade do comprimento até as pontas. Com o restinho que sobrar nos dedos, vale passar levemente próximo a raiz para tirar o frizz. 

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação