Beleza Extraordinária

Pontas secas e espigadas: saiba o que fazer para manter os cabelos saudáveis e bonitos

  • Saiba como acabar com o aspecto de pontas secas no cabelo! (Foto: Instagram @brittsully)
  • O leave-in de tratamento é um dos melhores aliados no tratamento contra as pontas espigadas (Foto: Instagram @abyxo)
  • Seguir um cronograma capilar regrado também é essencial para evitar o aparecimento das temidas pontas duplas (Foto: Instagram @brittsully)
Tela cheia
Previous Next
Saiba como acabar com o aspecto de pontas secas no cabelo! (Foto: Instagram @brittsully)
  • Saiba como acabar com o aspecto de pontas secas no cabelo! (Foto: Instagram @brittsully)
  • O leave-in de tratamento é um dos melhores aliados no tratamento contra as pontas espigadas (Foto: Instagram @abyxo)
  • Seguir um cronograma capilar regrado também é essencial para evitar o aparecimento das temidas pontas duplas (Foto: Instagram @brittsully)

O primeiro sinal de que o cabelo está ressecado são as pontas secas e espigadas. Quem gosta de manter o cabelo longo sabe bem do que se trata: os fios começam a abrir no sentido do comprimento e acabam com o visual saudável das madeixas. No entanto, com alguns cuidados diários simples, é possível evitar o ressecamento dos fios e o aparecimento das temidas pontas duplas. Saiba como! 

Hidratação e nutrição são essenciais para prevenir o aparecimento das pontas secas

Para que os seus fios não sofram ressecamento, é importante manter um cronograma capilar regrado. A hidratação e a nutrição são fundamentais para que as pontas não tendam a abrir com a falta de umidade. Esse tipo de tratamento cria uma barreira ao redor dos fios selando as cutículas, evitando a divisão das fibras capilares. Ao mesmo tempo, quem tem o cabelo poroso - você pode fazer o teste aqui para descobrir se o seu está com esse problema - deve investir em reconstrução, ou seja, produtos enriquecidos com proteína, como a queratina e as ceramidas. 

Evitar ferramentas de calor também é essencial para que o cabelo não resseque

Além de manter os tratamentos em dia, também vale dar uma folga ao secador e à chapinha. Estas ferramentas quentes têm a capacidade de abrir as cutículas dos fios e evaporar a umidade que fica retida quando estão hidratados. Assim, as pontas secas aparecem mais facilmente, detonando a aparência das madeixas.

Leave-in de tratamento pode ajudar a reparar as pontas que já estão secas

Mas quando as pontas já estão ressecadas, o que fazer? Uma boa dica é investir em um leave-in de tratamento, que não só nutre os fios em profundidade, sem precisar de enxágue, como ainda repara as pontas duplas, deixando-as seladas e alinhadas. Outra vantagem é que o produto pode ser aplicado nos fios secos ou úmidos e não pesa, o que é ótimo para quem tem os cabelos mais oleosos.

Cortes regulares de quatro em quatro meses são essenciais se a intenção é manter o fios saudáveis

Mesmo quem foge da tesoura precisa aparar as pontas, pelo menos duas vezes por ano. Isso porque, mesmo com muitos cuidados, as pontas do cabelo são as primeiras a perder hidratação, já que são a região mais antiga do fio. Quando estão secas demais, os tratamentos não são recebidos como deveriam e a hidratação não chega a fazer efeito. Por isso, vale apostar no corte de quatro em quatro meses, ou até no bordado, que é um tipo de corte que não tira o comprimento. 

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema