Beleza Extraordinária

Pó descolorante: descubra como o produto age nos fios

  • Descubra como o pó descolorante age nos cabelos e os cuidados necessários com os fios antes de se submeter à descoloração
Tela cheia
Previous Next
Descubra como o pó descolorante age nos cabelos e os cuidados necessários com os fios antes de se submeter à descoloração

As mulheres adoram renovar o visual e as madeixas são sempre as primeiras a passar por transformações, com cortes diferentes e mudanças drásticas de cor. Mas antes de apostar em técnicas para clarear os cabelos, como luzes, mechas californianas ou balaiagem, sempre surge a dúvida da importância de alguns produtos necessários para o procedimento.

Para descolorir os fios é preciso apostar na junção do pó descolorante com a água oxigenada ou amônia. Diferente do que muitas mulheres ainda pensam, o oxigênio não é capaz de despigmentar os fios, trabalhando apenas para "abrir" a fibra capilar para receber a nuance. A responsabilidade de retirar os pigmentos de cor da fibra capilar é do pó descolorante, que deve ser usado em conjunto com os outras substâncias no processo de clareamento. "O pó descolorante é usado para clarear o cabelo, principalmente para fazer luzes e reflexos. Ele age no cabelo junto com um oxidante, retirando o pigmento do cabelo", explicou o colorista Anthony Souza.

Avaliação dos cabelos é fundamental antes da descoloração

O pó descolorante age retirando os pigmentos da fibra capilar para deixá-la mais clara, o que ocasiona a abertura das escamas do fio. Desta forma, os cabelos podem perder a hidratação e os nutrientes, deixando-os ressecados, porosos, quebradiços e sem brilho.

A ação é ainda mais prejudicial para mulheres que já têm as madeixas quimicamente tratadas. Essas devem dar uma pausa de pelo menos um mês entre os procedimentos, para que os fios tenham tempo de se fortalecer entre as técnicas, evitando que fiquem desidratados e frágeis. "Algumas químicas não são compatíveis com a descoloração, por exemplo: cabelo com alisamento com tioglicolato não deve ser descolorido porque quebra o fio. Por isso é sempre importante conversar com um bom profissional primeiro", afirma a cabeleireira Vera Mosconi. Nas mulheres com os cabelos saudáveis e previamente preparados para receber a química, no entanto, a aplicação do pó descolorante não causará grandes danos.

Teste de mecha é importante para garantir descoloração uniforme

As embalagens de pó descolorante são facilmente encontradas em qualquer farmácia e as instruções para uso podem parecer bem simples, mas o produto em conjunto com a água oxigenada ou a amônia tem ação muito rápida e pode deixar os fios manchados. Para garantir um resultado uniforme, o primeiro passo antes de aplicar o pó descolorante nos fios é analisar se os cabelos irão suportar a descoloração.

Desta forma, já que os fios mais próximos ao couro cabeludo não receberam química previamente e nem sofrerem com a ação prejudicial de agentes externos, como poluição e sol. "As pontas normalmente são mais resistentes à descoloração, porque ficam mais sobrecarregadas de tintas anteriores", explicou Vera, do Studio Vera Mosconi Beauty.

Os sais inorgânicos presentes nos pós descolorantes também agridem mais o couro cabeludo do que os cabelos, podendo causar irritações na pele. O recomendado é que a descoloração seja feita em cabelos que não foram recém-lavados, pois a oleosidade ajudará a proteger o couro cabeludo para garantir que o processo de descoloração não seja prejudicial.

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema