Beleza Extraordinária

Pelos encravados: conheça as causas do problema e veja dicas para cuidar da pele depois da depilação

  • Pelos encravados podem aparecer nas pernas e em outras partes do corpo que foram depiladas com cera ou lâmina (Foto: Shutterstock)
  • Quem é adepta da cera ou da lâmina com certeza já sofreu com pelos encravados no corpo. Veja dicas para prevenir e tratar do problema! (Foto: Shutterstock)
  • A esfoliação é uma das formas mais eficiente de prevenir e até mesmo solucionar o pelos encravados (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Pelos encravados podem aparecer nas pernas e em outras partes do corpo que foram depiladas com cera ou lâmina (Foto: Shutterstock)
  • Pelos encravados podem aparecer nas pernas e em outras partes do corpo que foram depiladas com cera ou lâmina (Foto: Shutterstock)
  • Quem é adepta da cera ou da lâmina com certeza já sofreu com pelos encravados no corpo. Veja dicas para prevenir e tratar do problema! (Foto: Shutterstock)
  • A esfoliação é uma das formas mais eficiente de prevenir e até mesmo solucionar o pelos encravados (Foto: Shutterstock)

Se você costuma sofrer com pelos encravados, essa matéria é para você. Quem é adepta da depilação já conhece esses pontos vermelhos e inflamados na pele, que costumam ser bem incômodos. Da própria forma de depilação ou até hábitos corriqueiros, são muitos os fatores que podem impedir o pelo de perfurar a superfície da pele. Para ajudar nesses momentos, o Beleza Extraordinária reuniu dicas para você cuidar da pele logo depois da depilação e evitar os pelos encravados. Confira!

Pelos encravados não conseguem perfurar a derme depois de nascer


Um pelo encravado é, na verdade, um pelo que não conseguiu crescer de forma adequada e perfurar a superfície da pele. Isso pode acontecer por alguns motivos, desde o seu tipo de fio até a forma que você escolheu para se depilar. A cera e a lâmina, por cortarem ou removerem os fios por completo, também alteram o sentido de crescimento dos pelos. A pele seca também dificulta o processo de perfuração do pelo. O resultado são pontos vermelhos e inflamados na pele, que podem surgir em pernas, axilas, virilha e qualquer outro local que você tenha depilado.

Uso descuidado de lâminas e roupas apertadas podem influenciar o aparecimento de pelos encravados


O próprio tipo e sentido de crescimento do fio pode gerar um pêlo encravado, mas alguns hábitos do dia a dia também podem influenciar seu aparecimento. Usar calças e outras roupas muito apertadas criam atrito com a pele, pressionando os folículos e aumentando a chance dos pelos crescerem para dentro.
Já se você for adepta da lâmina para se depilar, é preciso tomar alguns cuidados para evitar o mau crescimento dos fios. Sempre higienize a ferramenta escolhida e opte por uma lâmina bem afiada. Assim, você evita o atrito excessivo ao ter que repetir um mesmo movimento para remover os pelos.

Esfoliação da pele pode ser usada como forma de prevenir e solucionar os pelos encravados


A esfoliação faz parte da rotina de muitas beauty addicts e pode ser uma ótima aliada contra os pelos encravados. Sua função no ritual de beleza é remover células mortas da superfície, abrindo caminho para a renovação da pele e uma melhor absorção dos ativos de uma série de produtos. Isso também ajuda a evitar o entupimento dos folículos e o desvio de crescimento dos pelos!

Dica: Quando a pele está bem hidratada, o fio consegue perfurar a barreira mais facilmente. Aposte em um creme hidratante logo depois da esfoliação para evitar os pelos encravados.

Se os pelos encravados já apareceram, você também pode investir na esfoliação para solucionar o problema. O processo é mais indicado em casos mais leves, ou seja, quando os encravados estão bem superficiais.

Veja dicas para remover os pelos encravados


Quando se trata de pelos encravados, é muito importante não cutucá-los ou espremê-los, já que isso pode levar a infecções mais sérias. O ideal é esperar que cresçam completamente, mas em caso de muita dor e incômodo, você pode remover os fios com uma pinça. Lembre-se de limpar bem a pele e usar uma toalha quente para abrir os poros. Depois, remova com cuidado o pelo encravado com uma pinça bem limpa, tomando cuidado para que a raiz saia por completo. Finalize com um pouco de antisséptico ou gel com aloe vera para acalmar e desinfetar a área.

Redação: Giovanna Pego

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial