Beleza Extraordinária

Pele fraca: dermatologista conta quais os principais sintomas, como ressecamento e manchas, e explica o que pode causar o problema. Entenda!

  • A pele do corpo e do rosto pode ficar fraca e estimular a flacidez (Foto: Instagram @tashimrod)
  • De acordo com a dermatologista, tabagismo e exercícios físicos em excesso podem deixar as peles jovens enfraquecidas (Foto: Instagram @syanafromparis)
  • As melhores formas de evitar que a pele fique fraca é ingerir muita água e usar protetor solar no corpo e no rosto diariamente (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
A pele do corpo e do rosto pode ficar fraca e estimular a flacidez (Foto: Instagram @tashimrod)
  • A pele do corpo e do rosto pode ficar fraca e estimular a flacidez (Foto: Instagram @tashimrod)
  • De acordo com a dermatologista, tabagismo e exercícios físicos em excesso podem deixar as peles jovens enfraquecidas (Foto: Instagram @syanafromparis)
  • As melhores formas de evitar que a pele fique fraca é ingerir muita água e usar protetor solar no corpo e no rosto diariamente (Foto: Shutterstock)

Você sabia que a pele enfraquece? Ao contrário do que se pode imaginar, isso não significa flacidez - embora uma pele fraca pode vir a ficar flácida como consequência. Uma pele fraca significa uma pele com menos espessura, desidratada e desprotegida de fatores externos. A situação, que é mais comum em idosos, também pode acontecer com pessoas jovens e de acordo com a dermatologista Camila Marçal, do Instituto da Pelle de Madureira, no Rio de Janeiro, nesse caso, os principais motivos são o tabagismo e o estresse oxidativo desencadeado por exercícios físicos em excesso. Confira os detalhes e saiba como descobrir se a sua pele está saudável.

Descamação e manchas roxas são os principais sintomas de uma pele fraca

Um dos principais sintomas de uma pele fraca é o alto nível de ressecamento. De acordo com a dermatologista, são peles muito secas, que descamam facilmente, e que, por isso, estão mais sujeitas a contrair vírus e bactérias. "Um achado clínico bem comum que reflete o adelgaçamento da pele é o surgimento de manchas roxas, mesmo aos mínimos traumas. Quando se excluem outros diagnósticos, este quadro é chamado de púrpura senil. Além disso, feridas surgem com maior facilidade e podem apresentar maior dificuldade de cicatrização", explicou a dermatologista Camila Marçal. 

Tabagismo e excesso de exercícios físicos podem deixar a pele fraca 

De acordo com a dermatologista, além da falta de hidratação, a pele pode ficar fraca pela influência de fatores externos, com destaque para o tabagismo e para o estresse oxidativo desencadeado por exercícios físicos em excesso. Esse estresse, que nada tem a ver com o estresse mental, mas sim corporal, acontece quando o corpo produz radicais livres em excesso e não há substâncias antioxidantes suficientes, como vitaminas e uma alimentação saudável, para combatê-los. Assim, o corpo acaba ficando desprotegido e adulterando proteínas, lipídios, açúcares e outras substâncias. 

Muita água e cremes hidratantes ajudam a deixar a pele mais forte

 

Para reverter o quadro de pele fraca, os hidratantes encabeçam a lista de produtos que mantêm a pele forte e que previnem a perda de água da barreira da pele. "Uma vez instalada a fragilidade cutânea, deve-se reforçar a hidratação com o intuito de recuperar sua barreira lipídica. Para isso, são usados hidratantes mais potentes, como aqueles em bálsamo e em creme. São diversas as composições eficazes, mas substâncias como glicerol, ureia, lactato de amônio, ácido hialurônico, pantenol, Ceramidas, óleos vegetais e minerais estão frequentemente presentes", explicou Camila Marçal.

Ainda segundo a profissional, substâncias antioxidantes tópicas, como vitaminas C e E, além de ácido ferúlico, também auxiliam para que a pele sofra menos danos de flacidez e manchas. Já a reposição de colágeno por via oral também é um forte aliado, e para o rosto, uma dica é apostar em cremes antirrugas que tenham as substâncias citadas e que protejam as ligações de colágeno da pele - o que evita a flacidez e linhas de expressão. 

Protetor solar e água previnem o enfraquecimento da pele

De acordo com Camila Marçal, a melhor forma de manter a pele forte é sempre a prevenção. "O uso do protetor solar é a principal medida. Além disso, deve-se sempre manter boa hidratação por via oral (ingerir muita água!) e por via tópica, ou seja, diretamente na pele, com o uso de loções hidratantes", explicou a dermatologista. Outra medida é evitar hábitos que agravam o ressecamento da pele, como banhos quentes e uso em excesso de sabonete comum.

Redação: Beatriz Doblas

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais