Beleza Extraordinária

Pele: cosméticos prometem clarear manchas do rosto

  • Manchas na pele são incômodas, mas alguns cosméticos podem ajudar a tratar o problema
Tela cheia
Previous Next
Manchas na pele são incômodas, mas alguns cosméticos podem ajudar a tratar o problema

Incômodas, as manchas no rosto estão entre os principais motivos de reclamações das mulheres aos dermatologistas. O problema é desencadeado através de um processo inflamatório, que altera a produção de melanina, e pode ser causado por diversos fatores, como radiação solar, predisposição genética, alterações hormonais, acne, envelhecimento cutâneo e, até mesmo, depilação. Porém, o mercado de cosméticos já oferece diversas opções de tratamentos que minimizam a pigmentação existente e previnem a formação de novas manchas.

"Os cremes clareadores para uso domiciliar funcionam promovendo um clareamento da pele através de uma esfoliação com ativos que inibem a produção de melanina e de substâncias que estimulam a produção da melanina responsável pela pigmentação da pele", explica a dermatologista Mônica Linhares.

Fórmulas devem ser indicadas à cada tipo de pele

Os cosméticos destinados especialmente a atenuar manchas indesejáveis no rosto ajudam a combater o problema e podem ser facilmente aplicados em casa. O produto age a partir de substâncias despigmentantes, que interferem no mecanismo que regula a síntese de melanina, e de ativos capazes de absorver e controlar a distribuição do pigmento na pele. As fórmulas de cremes clareadores costumam conter os seguintes ácidos: retinóico, kójico, fítico, glicólico e mandélico. A composição também pode conter gluconolactona, esfoliante que provoca a renovação celular.

"Existem substâncias específicas para pele branca e negra, para cada tipo de pele e para cada área a ser tratada. Para pacientes morenos ou negros, não se indica cremes que sensibilizem muito a pele, a fim de evitar irritação e a piora das manchas, pois nesses pacientes é mais comum a hiperpigmentação pós inflamatória", explica a dermatologista Luciana Hitomi, da Clínica The Skin Barra.

Cosméticos devem ser utilizados com acompanhamento dermatológico

Estas substâncias funcionam de maneira a inibir etapas na formação da melanina dentro da célula ou prevenir a transferência do pigmento formado para a pele. Porém, cada fórmula é destinada a um determinado tipo de pele, e por isso, o tratamento deve ser feito com acompanhamento dermatológico. O creme clareador deve ser indicado por um profissional, já que escolher um por conta própria pode trazer mais prejuízos do que benefícios, como alergias e até mesmo novas manchas. O tipo e a tonalidade da pele interferem também na duração e nos resultados do tratamento.

"Em média, os resultados começam a ser percebidos após quinze dias de uso regular do produto. Mas, normalmente, só esses cremes não conseguem acabar totalmente com as manchas. Por isso, na maioria das vezes devemos instituir algum outro tipo de tratamento, como peelings, luz pulsada ou laser. Além disso, mulheres no período de gravidez ou amamentação não podem fazer uso de produtos do tipo", comenta Mônica.

Proteção solar é fundamental para sucesso do tratamento

O inverno é a época ideal para usar clareadores de manchas. "Existem cremes que podem ser usados no verão por não irritarem muito a pele. Mas, no clima mais ameno, são prescritos produtos com maior ação clareadora, e que sensibilizam mais a pele. Mas, seja no verão ou em outra estação qualquer, o paciente é orientado a aplicar o filtro solar de duas em duas horas", afirma Luciana.

Nem nos meses mais frios do ano o protetor solar pode ser dispensado, especialmente em quem está realizando este tipo de tratamento, pois os raios solares incidem mesmo em dias nublados. O uso do produto é fundamental, pois ele é a melhor forma de evitar o aparecimento de novas manchas e o agravamento do problema pré-existente. Consulte o dermatologista para saber qual o protetor solar mais indicado para o seu tipo de pele, e escolha um que tenha fator de proteção solar de no mínimo 30.
Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação