Beleza Extraordinária

Os cabelos icônicos de Catherine Zeta-Jones em "Chicago"

  • Catherine Zeta-Jones foi dona de fios marcantes em "Chicago". A bela insistiu com o diretor para aparecer no longa-metragem de fios curtos para destacar seu canto e dança em cena
  • O filme estreou em 2003 e tinha o visual inspirado nas estrelas do cinema da década de 1920
  • No Oscar de 2013, a atriz voltou a encarnar Velma Kelly para uma apresentação especial durante a premiação. Com a peruca marcante, Catherine cantou uma das músicas mais famosas do filme, "All That Jazz"
Tela cheia
Previous Next
Catherine Zeta-Jones foi dona de fios marcantes em "Chicago". A bela insistiu com o diretor para aparecer no longa-metragem de fios curtos para destacar seu canto e dança em cena
  • Catherine Zeta-Jones foi dona de fios marcantes em "Chicago". A bela insistiu com o diretor para aparecer no longa-metragem de fios curtos para destacar seu canto e dança em cena
  • O filme estreou em 2003 e tinha o visual inspirado nas estrelas do cinema da década de 1920
  • No Oscar de 2013, a atriz voltou a encarnar Velma Kelly para uma apresentação especial durante a premiação. Com a peruca marcante, Catherine cantou uma das músicas mais famosas do filme, "All That Jazz"
Antes de Catherine Zeta-Jones, Velma Kelly existia nos teatros da Broadway. "Chicago", o musical, estreou nos palcos de teatro ainda na década de 1970 e teve algumas intérpretes de diferentes estilos, de cabelos longos e até fios loiros, mas foi a atriz britânica que marcou o visual da antagonista do drama musical ambientado nos anos 1920. Foi Catherine que exigiu que Velma usasse fios curtos que, segundo a atriz, demonstrariam que era ela mesma que dançava e cantava na adaptação para as telonas dirigida por Rob Marshall: "quando eu dançava, poderia ser qualquer um. Se eu fizesse isso, e eu queria, eu deveria cortar e mostrar que era eu", contou a ex-mulher de Michael Douglas em entrevista ao apresentador Larry King na época de estreia do filme.

"La Garçonne" foi inspiração para os cabelos de Velma Kelly

Apesar do desejo da britânica acabar sendo respeitado pelo diretor, que antes das gravações desejava que a atriz usasse seus fios longos e brilhantes, ela não precisou abrir mão de sua extensão de cabelos para interpretar a vedete. Catherine usou uma peruca com um corte muito parecido ao da atriz Louise Brooks, atriz que influenciou o estilo dos cabelos femininos com um visual batizado de "La Garçonne" e que combinou com a mudança das mulheres da época, que eram mais práticas, não vestiam mais espartilhos, bebiam licores fortes, fumavam, conduziam automóveis e iam trabalhar.

Catherine voltou ao personagem dez anos depois do lançamento do filme

O visual combinava com a personagem, uma vedete famosa, que investia em looks com brilho, renda e predominância do preto. Além de se tornar ícone de estilo, o papel rendeu a Catherine Zeta-Jones seu primeiro grande prêmio de cinema, o de atriz coadjuvante no Oscar de 2003. Dez anos depois, e em um ano em que "Os Miseráveis" prometia conseguir algumas das estatuetas da academia, Catherine voltou ao papel de Velma novamente para interpretar "All That Jazz" no palco do Dolby Theatre, em Hollywood. Com corpete preto e transparente e uma peruca idêntica à que usou para o longa-metragem, a atriz voltou a encarnar a vedete. Assim como outras atrizes que foram eternizadas em seus papeis, Catherine mostrou porque Velma será sempre ligada aos fios curtos com franja reta que a britânica decidiu usar para o filme.

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação