Beleza Extraordinária

Os 7 maiores erros no cuidado da pele oleosa

  • Pele oleosa: confira os 7 erros mais comuns na hora do cuidado da pele
Tela cheia
Previous Next
Pele oleosa: confira os 7 erros mais comuns na hora do cuidado da pele

A oleosidade da pele é um dos fatores que fazem as mulheres redobrarem a atenção na hora dos cuidados e limpeza do rosto. E para deixar a cútis bem sequinha o dia inteiro, além de protegida do sol e das eventuais acnes e espinhas que podem aparecer facilmente, é preciso investir em produtos e hábitos certos que ajudam a manter a saúde e aparência do rosto sempre viçosa. Se você sente o brilho da pele aparecer com frequência na metade do dia, ou percebe manchinhas de sol se formando na testa, no colo e em outras áreas do rosto, você pode estar cometendo alguns erros na rotina de beleza. Confira quais são eles!

1 - Não usar protetor solar para o rosto

Quem tem a pele oleosa sempre pensa duas vezes antes de aplicar diversos produtos no rosto com receio da pele ficar ainda mais brilhosa e com uma textura pesada ao longo do dia. Por isso, o protetor solar é um dos primeiros a serem abolidos da rotina de cuidados, mas deixar de aplicá-lo todos os dias pode se tornar prejudicial à pele. Mesmo fora da praia e da piscina, os raios ultravioletas afetam a pele, além de estimular as glândulas sebáceas, deixando-as propensas à espinhas. A dica para essas mulheres é procurar uma fórmula de filtro solar específica para o rosto, que tenha toque seco e seja "oil-free", ou seja, livre de óleos em sua composição. 

2 - Lavar o rosto com água quente

Pode parecer simples aproveitar para lavar o rosto na hora daquele banho quente e tranquilo, mas a alta temperatura da água não ajuda em nada a pele oleosa. Quando está muito quente, a água retira a oleosidade natural e necessária do rosto, o que irá fazer seu organismo entender que a pele precisa ainda mais de sebo, causando o famoso "efeito rebote". Por isso, se for tomar banho quente ou morno, deixe para higienizar o rosto - tanto de manhã quanto à noite - depois, com água fria, já que ela fecha os poros, além de entregar o efeito fresquinho e purificante ao rosto.

3 - Não usar um sabonete ou gel de limpeza profunda

Não ter um sabonete ou gel de limpeza específico para pele oleosa é um dos grandes erros na hora dos cuidados de beleza. Assim como os produtos para peles secas precisam ser mais hidratantes, por exemplo, os para a pele oleosa precisam fazer uma limpeza profunda todos os dias, prometendo adaptar o controle do óleo com uma ação anti-acne para evitar as espinhas e cravos. A dica básica é nunca deixar de usar o sabonete ou gel todos os dias, ao acordar - para retirar a oleosidade que a pele produziu durante a noite - e ao dormir, para acabar com todas as impurezas acumuladas durante o dia.

4 - Não hidratar a pele com creme

Aplicar creme hidratante no rosto pode parecer difícil para as donas de pele oleosa, que pensam que o produto só vai aumentar o brilho excessivo do rosto. Porém, todas as peles precisam ser hidratadas, já que a oleosidade e hidratação são fatores diferentes. Enquanto o óleo é considerado gordura na pele, a hidratação é sinônimo de saúde e precisa ser mantida. Além disso, a falta de hidratação estimula as glândulas sebáceas, que produzem ainda mais óleo. Assim como o protetor solar, o creme hidratante também precisa ter uma fórmula leve e sequinha, e deve ser usado antes de dormir ou antes de aplicar a maquiagem do dia.

5 - Não aproveitar produtos multifuncionais, como o BB Cream

Para as mulheres que ainda preferem diminuir a quantidade de produtos na pele, vale apostar nos itens que sejam multifuncionais, ou seja, são perfeitos para mais de uma função. O BB Cream, por exemplo, é uma espécie de base de maquiagem com textura leve, que contém fator de protetor solar e ajuda a controlar o brilho do rosto, além de levar componentes hidratantes em sua composição. Outro produto que pode agilizar a rotina de beleza das donas de pele oleosa é a água micelar, que além de remover a maquiagem ainda ajuda a purificar o rosto e deixar a pele mais sequinha, sem precisar enxaguar depois. 

6 - Usar o esfoliante todos os dias

O esfoliante é um dos melhores amigos das donas de pele oleosa, e algumas chegam a esfoliar o rosto todos os dias. No entanto, é preciso fazer a prática com moderação para que o produto não retire por completo a oleosidade que a pele do rosto e do pescoço precisam, ou seja, o ideal é esfoliar a cútis uma vez por semana, ou duas - dependendo do aspecto da pele - para não correr o risco de causar pequenas inflamações. A esfoliação em excesso também pode deixar algumas áreas do rosto ressecadas, como ao redor dos lábios e testa. 

7 - Esquecer do tônico para completar a rotina de hidratação

Quem vive em busca de produtos para controlar a produção de óleo e o pH da pele não pode deixar de apostar no tônico, que ajuda a combater o brilho excessivo do rosto. A dica é usar os que sejam adstringentes e com ação anti-acne, ou seja, que tenham componentes secativos como o ácido salicílico. Para quem já sofre com cravos e espinhas, o produto ajuda a limpar a pele de forma ainda mais profunda, fechando os poros logo após a aplicação do sabonete ou gel. 

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais