Beleza Extraordinária

Os 3 erros mais comuns na hora de usar o Retinol: saiba quais são e aprenda a evitá-los

  • Entenda como pode estar sabotando a sua rotina de beleza com retinol e aprenda a evitar os erros
Tela cheia
Previous Next
Entenda como pode estar sabotando a sua rotina de beleza com retinol e aprenda a evitar os erros

Não há dúvida que o retinol é o componente mais importante na rotina de cuidados anti-envelhecimento. O ingrediente ajuda no combate às rugas e linhas de expressão, promove a produção de colágeno e ainda previne e trata a hiperpigmentação da pele, sendo a opção mais recomendada pelos dermatologistas para tratamentos de rejuvenescimento e prevenção dos primeiros sinais da idade. No entanto, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre a melhor forma de usar produtos enriquecidos com retinol, e acabam cometendo erros muito comuns. Confira os 3 mais frequentes!

1. Não usar retinol durante o dia por medo da reação com sol

Um dos maiores mitos sobre o uso de retinol é que o ativo aumenta o risco de queimaduras solares. Quando armazenado próximo à luz do sol, as ligações de retinóides presentes nas fórmulas podem quebrar, mas é precisamente por isso que se usam embalagens escuras para o propósito. Isto não tem nada a ver com a atuação do produto na pele que, por baixo de uma camada de protetor solar, age tão bem quanto de noite e não promove, de forma alguma, o risco de queimadura solar. 

2. Não hidratar a pele

Sem aconselhamento médico, usar o retinol por si só pode criar ressecamento e irritação na pele. Comprovadamente, combinar produtos hidratantes com o ingrediente minimiza vermelhidões sem interferir com o seu efeito. Por isso, o ideal é investir em um hidratante noturno enriquecido com o componente, para tratar o rosto sem correr o risco de irritar a pele.

3. Não aplicar o produto com a frequência adequada

Certos tipos de formulações com retinol podem deixar a pele ligeiramente irritada no começo, o que é normal. No entanto, se os sintomas persistirem, isto pode ser um sinal de que está usando uma fórmula muito agressiva. Por outro lado, também é possível que esteja aplicando-a com muita frequência, ou ainda, que esqueça o protetor solar ao sair de manhã usando o produto no rosto.

Da mesma forma, fazer o tratamento com grandes intervalos também poderá não surtir os efeitos desejados. Assim, a pele nunca construirá a tolerância adequada para que o produto possa atuar da forma devida. O ideal é aplicar o seu hidratante enriquecido com retinol uma vez ao dia, antes de dormir, depois de higienizar muito bem a pele do rosto e pescoço.

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema