Beleza Extraordinária

Olheira é genético? Saiba como camuflar a área escura embaixo dos olhos

  • Além do cansaço, as olheiras podem ter causas genéticas e hereditárias
Tela cheia
Previous Next
Além do cansaço, as olheiras podem ter causas genéticas e hereditárias

Entre os problemas de beleza mais comuns nas mulheres, as olheiras ocupam um espaço considerável na preocupação diária feminina. Capaz de detonar qualquer produção e deixar o aparência abatida, a área escurecida abaixo dos olhos logo é associada ao cansaço. Mas nem sempre ter boas horas de sono é a solução para camuflar o problema, que pode ter causa genética e precisar de cuidados específicos para disfarçar e garantir um rosto sem imperfeições.

"A causa das olheiras é multifatorial. As causas mais comuns são por fator familiar e pelo fator racial. Mas fatores externos como: rinite alérgica ou qualidade de sono ruim podem promover má vascularização na região das pálpebras, piorando as olheiras. O excesso de sol também é um dos responsáveis pelo escurecimento da região", afirmou a dermatologista Gabriella Albuquerque, coordenadora de laser da Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro.

Olheiras podem ter causa genética

O cansaço e a falta de sono são as causas mais conhecidas para as temidas olheiras, mas o problema pode ter ainda alguns outros fatores prejudiciais, como genéticos e hereditários. O que acontece é que o acúmulo de melanina na área abaixo dos olhos costuma ser passado como característica genética, por isso pessoas que têm histórico familiar de olheiras estão mais propensas a também sofrerem do problema. Para descobrir a causa da olheira, o ideal é visitar um dermatologista e fazer uma análise, porém a tonalidade da pele abaixo dos olhos pode ajudar a revelar o agente motivador. "Geralmente, as olheiras de pigmento mais amarronzado têm um caráter mais familiar, enquanto as de pigmento mais arroxeado têm um caráter mais relacionado à retenção de líquido promovido pelo cansaço. Mas isto não é uma regra que pode ser preconizada para todos os casos", explicou a dermatologista.

A pigmentação da pele também pode ter influência direta, já que a pálpebra inferior possui uma cútis mais fina do que o restante do rosto, fazendo com que a pele mais clara deixe os vasos sanguíneos visíveis e a área mais escura. Fatores como pouco consumo de água, alergia, tabagismo e excesso de bebidas alcoólicas também podem ser causadores das temidas olheiras.

Saiba como prevenir e camuflar das olheiras

Aquelas que já observaram uma tendência genética para o aparecimento das olheiras podem começar a prevenir desde já o problema. Vale manter a área sempre hidratada e evitar a exposição solar excessiva, sempre aplicando o filtro solar contra raios UV. O consumo de água, de 1,5 a 2 litros por dia, também é indispensável para a qualidade da pele abaixo dos olhos, além de manter as horas de sono sempre em dia para conquistar um visual ainda mais radiante. "Dormir bem e ter hábitos de vida saudáveis também são essenciais", explicou a dermatologista Gabriella Albuquerque.

Uma vez que as olheiras já tiverem se manifestado no rosto, contar com algumas dicas é sempre uma boa alternativa para camuflar o problema. Fazer compressa com água gelada logo pela manhã ajuda a desinchar a área. Apostar em cremes dermatológicos específicos também pode ajudar a diminuir a aparência escura da pele. Já quando a necessidade é de uma medida imediata, o melhor passo é recorrer à maquiagem para acabar de vez com as olheiras. Procurar cosméticos criados esfpecificamente para os problemas na área, como o BB Cream Olhos, vai ajudar a uniformizar a pele sem deixar o aspecto pesado. "Recomendo também o uso de filtros solares com cor para serem utilizados na camuflagem. Estes filtros contêm substâncias como óxido de ferro e dióxido de titânio não apenas ajudam na camuflagem como também auxiliam na fotoproteção da região", afirmou a dermatologista.

Temas relacionados
Óleo + Creme de pentear

Descubra os benefícios da misturinha