Beleza Extraordinária

Óleo para cabelo: veja os 5 erros mais comuns na hora de aplicar o produto nos fios

  • Confira os erros mais comuns na hora de aplicar o óleo capilar e descubra como evitá-los
Tela cheia
Previous Next
Confira os erros mais comuns na hora de aplicar o óleo capilar e descubra como evitá-los

Quem gosta de manter cabelos sempre bonitos e cuidados sabe como o óleo capilar é indispensável na rotina de beleza. Além de ultra hidratante, o produto ainda tem várias funções: ele ajuda na escova, alinhar os fios nos penteados, e ainda serve para eliminar o frizz. No entanto, muitas ainda têm dúvidas sobre como usar o cosmético e acabam cometendo vários erros muito frequentes. Saiba quais são e aprenda a evitá-los!

1. Exagerar na quantidade

O erro que as mulheres mais cometem ao aplicar o óleo de cabelo é exagerar na quantidade! Muitas acabam usando produto demais, o que deixa os fios pesados, sem vida, e com aspecto oleoso. A quantidade ideal depende do seu tipo de cabelo, mas geralmente uma gota do tamanho de uma moeda de 10 centavos é o suficiente. Para quem tem dúvidas, uma boa ideia é aplicar o produto enquanto os fios ainda estiverem molhados, para que a fibra possa absorver qualquer possível excesso.

2. Não escolher a fórmula mais indicada para o seu tipo de fio

O óleo capilar é benéfico para todos os tipos de cabelos! É comum pensar que ele não é indicado para cabelos mais finos ou oleosos, mas isto não passa de um mito causado pelo erro na hora de escolher o produto. Se você têm este tipo de fios, procure um óleo capilar específico e com uma fórmula leve, para evitar o efeito pesado. 

3. Aplicar o óleo muito próximo da raiz

Assim como escolher uma fórmula errada, muitas ainda aplicam o óleo capilar muito próximo à raiz. Isto também causa o efeito "pesado" nos fios, além de poder obstruir os poros do couro cabeludo promovendo a formação de problemas como oleosidade excessiva ou mesmo caspa. Tente sempre usar o produto apenas no comprimento, de preferência da altura da orelha para baixo. 

4. Tocar no rosto depois de usar o produto

O óleo capilar é para ser usado apenas nos cabelos! Quem tem pele muito oleosa deve lavar as mãos logo após a aplicação para evitar transferir o produto para o rosto. Assim como no couro cabeludo, isto pode levar à obstrução dos poros, promovendo o aparecimento de comedões acneicos ou espinhas.

5. Não usar um pré-shampoo uma vez na semana

Quem usa óleo capilar regularmente deve fazer uma limpeza profunda regularmente, para evitar o acúmulo de produtos nos fios que prejudicam a ação dos agentes hidratantes. A dica é investir em um bom pré-shampoo e usá-lo uma vez por semana antes da lavagem comum com o seu shampoo leitoso.

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais