Beleza Extraordinária

Óleo para cabelo: como usar o produto sem deixar os fios oleosos?

  • Descubra formas de aproveitar os benefícios do óleo para cabelo sem o excesso de oleosidade (Foto: Instagram @sazan)
  • Além do tratamento, o óleo para cabelo também pode ser usado como finalizador (Foto: Instagram @rocioccamacho)
  • Antes de aplicar, tenha certeza de que o seu cabelo precisa de óleo (Foto: Instagram @chrisspy)
  • Os cabelos quimicamente tratados são muito beneficiados com o óleo para cabelo (Foto: Instagram @kirstenzellers)
Tela cheia
Previous Next
Descubra formas de aproveitar os benefícios do óleo para cabelo sem o excesso de oleosidade (Foto: Instagram @sazan)
  • Descubra formas de aproveitar os benefícios do óleo para cabelo sem o excesso de oleosidade (Foto: Instagram @sazan)
  • Além do tratamento, o óleo para cabelo também pode ser usado como finalizador (Foto: Instagram @rocioccamacho)
  • Antes de aplicar, tenha certeza de que o seu cabelo precisa de óleo (Foto: Instagram @chrisspy)
  • Os cabelos quimicamente tratados são muito beneficiados com o óleo para cabelo (Foto: Instagram @kirstenzellers)

Já faz um tempo que o óleo para cabelo em todas as suas formas passou a fazer parte da rotina diária de cuidados e finalização de diferentes tipos de cabelo. Seja para reparar pontas, proteger os fios ou aliviar os sinais do ressecamento, ele é, certamente, a escolha ideal. O que muita gente não sabe é como usar esse produto queridinho sem deixar os fios oleosos depois — e, por medo, também há quem nem tente incluir os óleos na rotina do dia a dia por isso. Para descobrir como evitar esse problema, continue com a gente: dê uma olhada nas dicas que estão aqui embaixo! 

A regra de ouro é nunca deixar o óleo para cabelo chegar perto da raiz

Seja na hora da finalização, para preparar o cabelo antes de um penteado ou, até mesmo, para fazer umectação: o óleo para cabelo deve ser aplicado apenas no comprimento e nas pontas das madeixas. Quem tem os cabelos crespos ou cacheados, que são naturalmente mais secos, pode deixar o produto chegar mais perto da raiz, já que ele dificilmente vai ficar pesado e oleoso. As donas de fios lisos e ondulados, por outro lado, são as que precisam ser mais cuidadosas, uma vez que as raízes desses tipos de cabelo já têm uma tendência maior a oleosidade. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Maddie Greer (@maddiegreer) em

Para garantir a aplicação correta, você pode deixar um espaço de dois a três dedos da raiz na hora de aplicar o óleo para umectação ou alguma misturinha de máscara e óleo. Se a intenção for apenas finalizar ou reparar o ressecamento e as pontas no dia a dia, o ideal é aplicar de pouco em pouco: coloque duas gotinhas do óleo na mão, espalhe e aplique nas diferentes seções do cabelo. Para os tratamentos, o ideal é aplicar uma quantidade que deixe os fios enluvados: nem muito, nem pouco. 

Saber enxaguar também é necessário na hora de fazer tratamentos com óleo para cabelo

Na hora de usar o óleo para cabelo como tratamento, é normal que eles sejam aplicados numa quantidade maior e fiquem por mais tempo na cabeça — seja puros ou misturados com uma máscara. Além dos truques na hora de aplicar, para que o seu resultado final não seja oleoso, você precisa retirar o produto da maneira correta

No caso das umectações e pré-poo, por exemplo, a lavagem normal com shampoo e condicionador costuma ser suficiente, mas quem tem a tendência a oleosidade das madeixas pode encontrar um pouco mais de resistência nesse processo. Como a água e o óleo não se misturam, experimente aplicar um pouco de condicionador nos fios antes mesmo do shampoo: as moléculas do creme vão começar a quebrar as do óleo antes da água e isso pode facilitar o enxágue. Você também pode diluir um pouco de shampoo em água ou trocar o condicionador do processo tradicional por uma máscara de tratamento: deixe agir de três a cinco minutos e enxágue com bastante água. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mafalda Melo e Sampaio (@mafalda.sampaio) em

Descubra a necessidade do seu cabelo antes de aplicar o óleo

Muitas vezes, o seu cabelo fica oleoso depois de um tratamento porque o óleo não é, necessariamente, o que ele precisa no momento. O ressecamento também pode ser sinal de danos que precisam ser corrigidos através da reconstrução capilar, ou seja: máscaras de tratamento que tenham como base proteínas como a queratina, que vão reparar o estrago e deixar os fios mais fortes e alinhados. Fique atenta e, se for necessário, invista no cronograma capilar para cuidar dos fios!

Redação: Ariel Cristina Borges

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação