Beleza Extraordinária

O que é emoliência capilar? Saiba como a máscara de nutrição emoliente pode ajudar a cuidar dos cabelos em casa

  • Você sabe o que é a emoliência capilar? Entenda! (Foto: Instagram @sayriajade)
  • A emoliência vem de ingredientes como óleos e manteigas nas máscaras nutritivas (Foto: Pixelformula)
Tela cheia
Previous Next
Você sabe o que é a emoliência capilar? Entenda! (Foto: Instagram @sayriajade)
  • Você sabe o que é a emoliência capilar? Entenda! (Foto: Instagram @sayriajade)
  • A emoliência vem de ingredientes como óleos e manteigas nas máscaras nutritivas (Foto: Pixelformula)

A emoliência capilar é sinônimo de cabelos bonitos, saudáveis e bem hidratados, mas muitas mulheres ainda têm algumas dúvidas quanto ao significado do termo e como essa característica pode melhorar a aparência dos fios. Ao tentar aperfeiçoar a rotina de beleza com diferentes produtos, por vezes surge uma certa confusão com algumas expressões nas embalagens, o que pode gerar erros na hora de montar um cronograma capilar que corresponde às necessidades do seu fio. Você sabe o que é um cabelo emoliente? Descubra e entenda como a máscara nutritiva pode ajudar!

Emoliência capilar é sinônimo de fios com um caimento mais leve e maleável

O conceito de emoliência capilar vem dos ingredientes chamados emolientes - por exemplo os óleos de flores ou as manteigas de karité ou babaçu -, de alguns produtos nutritivos, que proporcionam mais maleabilidade aos fios. Assim, eles ficam com um caimento mais leve, como que se "desmaiassem" - ao contrário dos fios ressecados e desnutridos, que ficam mais rígidos. Todo tipo de fio necessita de nutrição na rotina, e dependendo das suas necessidades, a frequência do tratamento pode variar, mas são os secos e danificados por conta das agressões externas que mais precisam de emoliência. 

Máscara nutritiva emoliente é rica em óleos que formam uma película ao redor dos fios

O que acontece na máscara nutritiva emoliente é que ela nutre os fios e forma uma película ao redor de cada fibra capilar que sela a hidratação e os nutrientes no seu interior. Dessa forma, o cabelo fica mais protegido de agressões externas, como do calor do secador e da chapinha, do vento e até dos processos químicos. Enquanto a máscara hidratante repõe a água e a reconstrutora devolve as proteínas perdidas, a nutritiva emoliente também age na textura do fio, deixando-o mais sedoso e macio. 

Cronograma capilar adequado necessita também de hidratação e reconstrução 

Além da máscara nutritiva, que confere a emoliência aos fios, é necessário combinar o tratamento dos cabelos com produtos hidratantes e reconstrutores. Dependendo do seu tipo de fio e dos procedimentos a que o submete regularmente, como alisamentos, colorações, ou processos de finalização mais agressivos, é fundamental saber qual o cronograma capilar que mais se adequa a ele, ou mesmo montar o seu próprio coquetel de tratamento. O ideal é alternar máscaras com as 3 funções, adaptando a frequência de cada uma à necessidade do seu cabelo.

Temas relacionados
Cicatrização capilar:

o que é e por que apostar? Confira!