Beleza Extraordinária

O penteado nunca dá certo? Confira os sete erros mais comuns na hora de estilizar os fios

  •   1) Desembaraçar os fios corretamente garante um acabamento perfeito ao penteado e ainda preserva a saúde dos cabelos.
  •   2) A texturização em excesso pode surtir efeitos indesejados: ao invés de fios encorpados e volumosos, o cabelo pode ficar oleoso, pegajoso e até mesmo duro.
  •   3) Usar o secador de maneira incorreta na hora de secar os fios para fazer o penteado deixa os cabelos frágeis e ressecados, tornando as madeixas duras e quebradiças.
  • 4) Arriscar um penteado elaborado em cima da hora tem grandes chances de dar errado e te atrasar ainda mais.
  •   5) Apesar de ser a melhor opção para alguns penteados, evite usar elásticos de látex ou silicone.Elásticos de silicone muito apertados podem prejudicar a saúde dos fios.
  •   6) Dormir com o penteado pode render fios amassados no dia seguinte, facilitando a quebra
  •  7) Ignorar o próprio estilo pode ser o grande motivo pelo qual você não gosta dos penteados que faz. Não ignore a sua personalidade apenas para causar boas impressões: dentre tantas variedades, vai ser fácil achar algum que combine com o seu jeito de ser.
  •   8) Existem vários penteados charmosos com grampos. Porém, se o objetivo é que eles não apareçam, certifique-se que eles estejam bem escondidos.
  •  9) Na hora de fazer um penteado, leve em consideração o comprimento dos seus fios. Às vezes, um penteado que fica maravilhoso em cabelos compridos pode não ficar tão incrível nos fios médios e vice-versa.
Tela cheia
Previous Next
1) Desembaraçar os fios corretamente garante um acabamento perfeito ao penteado e ainda preserva a saúde dos cabelos.
  •   1) Desembaraçar os fios corretamente garante um acabamento perfeito ao penteado e ainda preserva a saúde dos cabelos.
  •   2) A texturização em excesso pode surtir efeitos indesejados: ao invés de fios encorpados e volumosos, o cabelo pode ficar oleoso, pegajoso e até mesmo duro.
  •   3) Usar o secador de maneira incorreta na hora de secar os fios para fazer o penteado deixa os cabelos frágeis e ressecados, tornando as madeixas duras e quebradiças.
  • 4) Arriscar um penteado elaborado em cima da hora tem grandes chances de dar errado e te atrasar ainda mais.
  •   5) Apesar de ser a melhor opção para alguns penteados, evite usar elásticos de látex ou silicone.Elásticos de silicone muito apertados podem prejudicar a saúde dos fios.
  •   6) Dormir com o penteado pode render fios amassados no dia seguinte, facilitando a quebra
  •  7) Ignorar o próprio estilo pode ser o grande motivo pelo qual você não gosta dos penteados que faz. Não ignore a sua personalidade apenas para causar boas impressões: dentre tantas variedades, vai ser fácil achar algum que combine com o seu jeito de ser.
  •   8) Existem vários penteados charmosos com grampos. Porém, se o objetivo é que eles não apareçam, certifique-se que eles estejam bem escondidos.
  •  9) Na hora de fazer um penteado, leve em consideração o comprimento dos seus fios. Às vezes, um penteado que fica maravilhoso em cabelos compridos pode não ficar tão incrível nos fios médios e vice-versa.

Nem sempre aquele penteado incrível da modelo na capa de uma revista cai bem no seu cabelo. Às vezes, o rabo de cavalo usado por uma amiga em um evento descontraído acabou ficando armado demais em você; uma incrível trança escama-de-peixe não caiu tão bem na textura mais encaracolada do seu cabelo ou, ainda, um penteado texturizado acabou deixando seus fios com uma aparência pesada e oleosa.

Os penteados nem sempre saem como o desejado. Ainda que todos os passos dos tutoriais sejam seguidos, a aparência final das madeixas pode não agradar ou não resultar no efeito esperado. Antes de se perguntar por que isso só acontece com você, saiba que existem alguns erros muito mais comuns do que se pode imaginar na hora de estilizar os fios. A hairstylist Amanda Rodrigues, profissional do salão de cabelereiros Werner Botafogo, desvendou alguns dos deslizes frequentes na hora de compor penteados. Confira os nove erros que mais acontecem e as dicas para não cometê-los:

1) Texturização em excesso

Desde que surgiu como tendência, a texturização não sai mais da cabeça das mulheres . Além de deixar os fios com um aspecto volumoso e "encorpado", a técnica é um dos maiores segredos para conseguir um efeito glamouroso no penteado. Porém, algumas pessoas acabam exagerando ao texturizarem os fios: na busca por uma modelagem perfeita, erram na dose dos produtos. O resultado? Fios duros e oleosos: "o cabelo fica pesado com esses excessos. Muitas das vezes as mulheres acabam colocando muito spray, o que fica artificial", contou Amanda. E aí todo o penteado pode estar comprometido: "depois desses exageros, não há como voltar atrás", afirmou a hairstylist, dizendo que o cabelo só retorna ao estado normal após uma lavagem profunda. Na dúvida, é melhor se informar sobre a função e os efeitos de cada um dos finalizadores antes de aplicar nos fios.

2) A arte de desembaraçar os fios corretamente

Ter os fios bem alinhados e divididos é um dos maiores segredos para o penteado perfeito - principalmente se ele envolver mechas mais finas do cabelo, como é o caso da maioria dos semi presos e tranças. E não há dúvidas: o principal conselho para desfazer os nós das madeixas sem quebra-las é a paciência. Usar um leave-in suave antes de passar a escova nos fios também pode ajudar a desembaraçar. Mas Amanda ressalta: "os fios devem ser penteados a partir das pontas, para só depois chegar até a raiz".

3) Transformar o secador em um vilão das madeixas saudáveis

O secador é um grande aliado na hora de compor produções mais sofisticadas e glamourosas: "uma boa escova antes de fazer um penteado elaborado deixa o cabelo com um efeito impecável", contou Amanda. Porém, é válido ressaltar que os fios devem ser secos com uma distância de, no mínimo 10 cm dos fios ao aparelho para evitar queimaduras no couro cabeludo e o possível ressecamento das madeixas. "É importante usar sempre um protetor térmico para não prejudicar a textura dos fios", disse a hairstylist.

4) Arriscar um penteado elaborado em cima da hora

Antecipação é tudo. Certamente, você passa algum tempo pensando sobre qual roupa irá usar naquela ocasião especial. E não deve ser diferente com os cabelos: eles são tão importantes para compor sua produção quanto qualquer vestido ou blusa (afinal, o penteado correto tem o poder de valorizar um decote generoso ou mesmo encobrir um acessório que poderia dar um charme a mais ao visual). Assim, comece a pensar no penteado logo após decidir qual roupa irá usar e teste antes para ver como fica. Se for você quem fará o look, a preparação tem que ser ainda mais cuidadosa e exigirá alguns treinos antes do dia do evento. É válido destacar também que, seja para uma grande cerimônia ou uma saída informal: nunca arrisque um penteado muito difícil quando você estiver com pressa e, ainda, não tiver prática. As chances do resultado não ser o esperado são bem grandes e você ainda pode se atrasar mais.

5) Usar elásticos de silicone muito apertados

Muito se fala sobre substituir os elásticos de silicone pelos revestidos com tecidos. "Porém, para alguns penteados, os elásticos mais finos e transparentes são imprescindíveis", contou a hairstylist. "Tranças, por exemplo, só ficam com o acabamento perfeito quando feitas com esse tipo de elástico", continuou. O segredo para não quebrar os fios está na hora de prendê-los: "deve-se tomar cuidado para não apertar demais a fibra dos cabelos, pois isso poderá causar quebra", disse Amanda.

6) Dormir com o penteado

Se a maquiagem deve ser retirada antes de cair na cama para uma bela noite de sono, o mesmo acontece quando os fios estiverem presos. "A maioria dos penteados devem ser desfeitos na hora de dormir, mesmo porque os grampos e elásticos podem ser extremamente desconfortáveis quando se deita a cabeça no travesseiro", conta Amanda. Também é indicado lavar os fios ao chegar em casa para que os resíduos de produtos finalizadores sejam eliminados e não se acumulem.

7) Ignorar o próprio estilo

Uma das principais causas dos resultados insatisfatórios com o penteado pode ser mais simples do que o imaginado: ele não combina com você. Caso o seu estilo seja romântico, as chances de um falso sidecut ou tranças de raiz causarem insegurança com o visual são inúmeras assim como, se você tiver um estilo mais moderno, pode ficar completamente desconfortável com um penteado semi preso com toque poético. É sempre bom inovar no visual e descobrir novas faces de si mesma. Porém, não use nada que não te faça sentir-se bem na própria pele.

8) Grampos escondidos ou aparentes

Os grampos podem ter várias utilidades, dentre as quais: ajudar a fixar um penteado (ficando escondidinhos), ou servir como acessório de beleza (surgindo bem aparentes no look). Porém, você deve se decidir - grampos extremamente visíveis (quando fica claro que o objetivo era que eles não aparecessem) podem comprometer todo o visual. Portanto, tome cuidado na hora de investir no adereço: caso queira usa-lo como um charme a mais no penteado, há várias opções de arrumações extremamente charmosas, porém, se desejar que eles não apareçam, certifique-se que eles estejam bem escondidos entre as madeixas.

9) Não levar em conta o comprimento dos cabelos

Existem penteados para os mais diversos tipos e comprimentos de cabelo. Porém, isso não significa que todos eles caiam bem em qualquer dimensão capilar. Tranças embutidas não ficam tão incríveis nos fios médios e são inviáveis nos cabelos mais curtos, como o corte pixie. Do mesmo modo, um topete volumoso e armado pode ficar belíssimo nas donas de madeixas curtinhas e mais inusitado em comprimentos longos. O jeito para não errar é conhecer o próprio estilo e suas próprias características físicas, escolhendo penteados que valorizem o que você tem de melhor.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!