Beleza Extraordinária

Nós de fada: entenda o que é e saiba como evitar o problema típico dos cabelos crespos e cacheados

  • Por causa do formato espiralado, os cabelos cacheados e crespos são os que mais sofrem com a formação de "nós de fada"
Tela cheia
Previous Next
Por causa do formato espiralado, os cabelos cacheados e crespos são os que mais sofrem com a formação de "nós de fada"

Você sabe o que são "nós de fada"? Por causa do formato enrolado dos fios, as donas de cabelos crespos e cacheados são as que mais sofrem com esses temidos nós, mas as donas de madeixas lisas também não estão imunes, especialmente quando as madeixas se encontram fragilizadas e ressecadas. Ao contrário do que o nome indica, histórias de magia e princesas nada tem a ver com o assunto: o problema é assim chamado por se tratar de minúsculos nozinhos, quase invisíveis, formados sem que ninguém se dê conta, que só são percebidos através do toque no cabelo. Quer saber a melhor maneira de evitar esse incômodo? Confira as dicas!

'Nós de fada' aparecem quando os fios se enroscam neles próprios

Embora ninguém se dê conta da formação dos nós, eles não surgem com um passe de mágica: é o atrito sofrido pelos cabelos que faz com que os fios acabem se enrolando neles próprios - gerando, assim, os temidos nós.  Embora o problema também possa aparecer nas madeixas lisas que se encontram mais fragilizadas, a ocorrência é mais frequente nos cabelos cacheados e crespos por causa do formato espiralado que favorece o embaraço. 

Em quantidade pequena, não há grandes problemas com esses nozinhos; basta tomar as medidas certas para que não haja um aumento significativo. Porém, quando eles aparecem em um volume que dificulta o desembaraço dos fios, é hora de se preocupar, pois os cabelos podem acabar ficando quebradiços e extremamente fragilizados. 

Use fronha de cetim na hora de dormir

Além de caprichar na hidratação e nos demais tratamentos, algumas dicas básicas também fazem toda a diferença no combate aos "nós de fada" - e um dos cuidados mais importantes já começa na hora de dormir.

Uma das medidas principais é aposentar a fronha de algodão, já que esse material tradicional na cobertura dos travesseiros aumenta ainda mais o atrito dos nossos fios, causando frizz e nós por todo o comprimento. Em seu lugar, opte pela fronha feita de cetim, o tecido ideal para preservar o aspecto mais hidratado na fibra capilar. Caso não a tenha, a dica para amenizar o problema é prender os cabelos em um penteado bem frouxo - como o coque abacaxi, por exemplo - ao invés de deixá-los soltos por toda a noite. 

Não fique muitos dias sem desembaraçar os cabelos

Para que os fios não fiquem muito embolados - e, consequentemente, formem mais nós -, é importante não ficar muitos dias sem desembaraçá-los. Assim que perceber que o cabelo já está formando bolinhas pelo comprimento, lave-o e penteie cuidadosamente ao invés de passar dias com penteados que só farão piorar o problema.

Para facilitar o processo, uma dica importante é deixar para desembaraçar as madeixas debaixo do chuveiro e com o auxílio de um condicionador, indo das pontas à raiz e dividindo sempre em seções para que as partes já desembaraçadas não acabem se misturando com as outras e se embolando novamente. 

Corte as pontas regularmente

Mesmo com todos os cuidados, pode acontecer de um nó ou outro acabar resistindo na pontinha dos cabelos; por isso, para que o problema não se propague, o segredo é investir em cortes regulares a cada três meses.

Mas, calma: mesmo que os nozinhos acabem aparecendo em partes superiores do fio, você não precisa adotar um corte curtinho se essa não for a sua vontade - basta aparar as pontinhas! Dessa maneira, além da retirada dos nós mais teimosos, as pontas duplas e ressecadas também não farão mais parte do look. 

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação