Beleza Extraordinária

Mito ou verdade: fazer depilação com cera ou pinça deixa a pele do rosto flácida? Descubra!

  • Os métodos de depilação que arrancam o pelo pela raiz causam flacidez? Descubra! (Foto: Shutterstock)
  • Exposição solar e fotoenvelhecimento são os reais causadores da flacidez no rosto, que nada têm a ver com a depilação (Foto: Shutterstock)
  • Depois da depilação com cera, é essencial hidratar bastante a região em que se removeu os pelos (Foto: Shutterstock)
  • A flacidez ocorre por meio de processos internos na pele (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Os métodos de depilação que arrancam o pelo pela raiz causam flacidez? Descubra! (Foto: Shutterstock)
  • Os métodos de depilação que arrancam o pelo pela raiz causam flacidez? Descubra! (Foto: Shutterstock)
  • Exposição solar e fotoenvelhecimento são os reais causadores da flacidez no rosto, que nada têm a ver com a depilação (Foto: Shutterstock)
  • Depois da depilação com cera, é essencial hidratar bastante a região em que se removeu os pelos (Foto: Shutterstock)
  • A flacidez ocorre por meio de processos internos na pele (Foto: Shutterstock)

Na hora de remover aqueles pelinhos incômodos na sobrancelha ou no lábio superior, a maioria das mulheres acaba recorrendo à cera ou à pinça, por falta de métodos mais eficazes. Embora não seja totalmente indolor, arrancar os fios pela raiz é a técnica mais duradoura, ficando atrás apenas do laser ou luz pulsada. No entanto, muitas ainda se questionam se, por puxar a pele, ela provoca flacidez. Confira a opinião de Mariana Marteleto, dermatologista no Rio de Janeiro e esclareça as suas dúvidas!

Depilação não prejudica a elasticidade da pele do rosto, afirma dermatologista

Muitas pessoas acreditam que os métodos de depilação que arrancam os fios pela raiz causam flacidez, por puxarem repetidamente a pele para remover todos os pelos. Outro motivo que pode fazer as mulheres imaginarem que o ato prejudica o viço da cútis é o fato de que algumas preferem o produto quente para a remoção dos fios. No entanto, a dermatologista afirma que isto não passa de um mito. "Não existem estudos que comprovem essa crença", afirma a profissional.

"Uma depilação bem orientada, com um profissional competente que tenha o cuidado de usar materiais adequados e as técnicas certas não tem qualquer risco de deixar a pele flácida", continua. "As mulheres não devem se preocupar com isso, a menos que usem cera todos os dias e de uma forma brusca".

Flacidez da pele é causada pelo envelhecimento e exposição solar

Quem sente que está passando pelo processo do envelhecimento também na derme não precisa abolir rituais de beleza como a depilação. Segundo a dermatologista, as razões são mais internas que externas. "A diminuição das fibras de colágeno e elastina é a principal causa do problema e geralmente é determinada por fatores genéticos", entregou.

Mas é preciso lembrar: certos hábitos são capazes de acelerar este momento. Um deles é tomar sol sem a devida proteção. "A fotoexposição é outro dos principais problemas, já que os raios solares têm um fator oxidativo que acelera a destruição das ligações dessas mesma fibras". Um filtro com FPS 30 ou superior e um hidratante enriquecido com Phyto-Active são os aliados para combater o problema, que devem ser inseridos o mais cedo possível na rotina de beleza diária.

Hidratação após a depilação com cera é fundamental

Embora não deixe a pele flácida, a depilação pode causar alguma irritação ou sensibilidade. "No caso da técnica com cera, ela pode remover a camada mais superficial da pele, deixando-a desidratada e por vezes sensibilizando de tal modo que cria uma descamação", conta Mariana Marteleto. Por isso, é sempre indicado hidratar bastante depois do processo, com um creme bem denso e rico nas vitaminas B5, E ou B3, que contribuem para retenção de água na pele

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação