Beleza Extraordinária

Melasma na gravidez: saiba porque isso acontece e como lidar com as manchinhas na pele durante a gestação

  • Nada de tentar resolver o problema sozinha! Leia a matéria e descubra o que causa o melasma durante a gravidez (Foto: Instagram @imsophieholmes)
  •  A melhor alternativa é não esquecer do filtro solar sempre que for à praia, piscina ou algum passeio durante o dia (Foto: Instagram @butenecmaria_life)
  • As manchinhas tendem a diminuir com o tempo e podem ser tratadas com a ajuda do especialista (Foto: Instagram  @kelseylaskowski)
Tela cheia
Previous Next
Nada de tentar resolver o problema sozinha! Leia a matéria e descubra o que causa o melasma durante a gravidez (Foto: Instagram @imsophieholmes)
  • Nada de tentar resolver o problema sozinha! Leia a matéria e descubra o que causa o melasma durante a gravidez (Foto: Instagram @imsophieholmes)
  •  A melhor alternativa é não esquecer do filtro solar sempre que for à praia, piscina ou algum passeio durante o dia (Foto: Instagram @butenecmaria_life)
  • As manchinhas tendem a diminuir com o tempo e podem ser tratadas com a ajuda do especialista (Foto: Instagram  @kelseylaskowski)

Manchas amarronzadas no corpo após alguns meses de gestação têm nome: elas são o cloasma gravídico, um tipo de melasma específico da gravidez que causa o aparecimento de sinais escuros - e para lá de incômodos - em partes do rosto e, por vezes, até em outros pontos do corpo. Esse tipo de problema não atinge todas as gestantes, mas costuma ser mais frequente em quem se expõe muito ao sol e/ou já possui uma predisposição genética a ele. Agora, para saber mais sobre as causas e como se prevenir das manchinhas, continue lendo a matéria e tire suas dúvidas!

Alterações hormonais no corpo são as principais responsáveis pelo melasma na gravidez

Logo de início, vale lembrar: essas manchas na pele são benignas e não oferecem qualquer problema de saúde ao bebê ou à mãe, viu? E apesar do melasma ter sua causa desconhecida, o que se sabe sobre o assunto é que ele pode surgir por fatores genéticos, raciais, uso de alguns medicamentos, exposição ao sol ou lâmpadas artificiais. No caso da gravidez, no entanto, o cloasma gravídico ocorre por conta dos hormônios que aumentam a tendência à pigmentação no corpo feminino nesse período - e é por isso, por exemplo, que a linha alba (do centro da barriga), os mamilos e a região genital tendem a ficar escuros quando se espera um bebê. 

Quando e onde aparecem? O normal é que, caso as manchinhas venham à tona, elas surjam por volta da metade da gestação. Em geral, se manifestam nas bochechas, testa, nariz e outras regiões. No corpo, é comum que apareçam no colo e braços.

As manchinhas de gravidez somem? Após o nascimento da criança, é normal que as manchinhas fiquem atenuadas, mas nem sempre somem naturalmente. Nesses casos, ou até mesmo antes do parto, o especialista é quem vai decidir qual tratamento será o mais adequado. Em geral, podem ser indicados os peelings de cristal, alguns ativos via oral e produtos cosméticos clareadores.

Como prevenir? A melhor maneira de diminuir o risco de melasma na gestação é não esquecer do filtro solar sempre que se expor ao sol - e isso vale não apenas para praia e piscina, mas para todos os programas à luz do dia. 

Suspenda os tratamentos anteriores à gestação e procure um médico para cuidar do caso

Ainda que você conheça um ótimo ácido para clarear a pele, ou tenha ouvido falar sobre algum produto perfeito para uniformizar o tom do rosto, não tome nenhuma decisão sem antes consultar quem sabe do assunto. O motivo é porque algumas substâncias presentes nessas fórmulas podem não ser compatíveis com o período da gestação e, para evitar danos maiores, o melhor é procurar um especialista e começar o acompanhando mais de perto. Nada de arriscar, ok?

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais