Beleza Extraordinária

Megahair: além de alongar, extensões podem dar volume aos cabelos

  • Megahair ajuda com volume extra em cabelos mais finos
Tela cheia
Previous Next
Megahair ajuda com volume extra em cabelos mais finos

Apesar do megahair ser famoso por aumentar o cabelo de quem tem fios curtos e criar uma transformação radical graças à extensão das madeixas, o alongamento pode ajudar quem tem fios sem volume a conquistar um visual de capa de revista. A técnica consegue dar vida aos cabelos finos e murchinhos e transformar o estilo, deixando-os mais volumosos. Entre as técnicas mais comuns, estão a de interlace, nó italiano e a famosa cola de queratina, usada por famosas como Juliana Paes em 'Gabriela" e na última mudança de visual de Déborah Secco.

Extensões de volume dão a impressão de cabelos mais cheios e sexies

A diferença entre o megahair para dar volume e o para alongar o cabelo é o modo como é colocado. Para deixar os fios volumosos, o megahair é preso em toda a cabeça, de forma uniforme, para dar a impressão de cabelos naturalmente cheios. Quando a ideia é só usar a extensão, porque, ou o cabelo da cliente já é naturalmente volumoso ou porque o desejo é por uma cabeleira longa e chapada, como no caso de Bruna Marquezine, o megahair é aplicado em linhas horizontais, que variam de uma a três camadas, dependendo do tipo escolhido. Apesar dessa regra geral, a disposição dos fios pode variar dependendo do tipo de cabelo ou da aplicação da técnica de acordo com cada profissional.

Apesar de caro, é uma técnica eficiente que garante um resultado bonito, mesmo sem fazer uso do secador e deve ser escolhida de acordo com as necessidades de cada pessoa, desde o modo de aplicar, até o tipo de fibra: natural ou artificial. Como o procedimento é fixado na raiz do cabelo, o único impedimento para colocar megahair é ter madeixas muito curtas, com menos de dois dedos de comprimento, o que impossibilita que os fios possam ser emendados. Uma opção para quem não tem tempo para dar volume aos fios com ajuda de secador e finalizadores, mas não quer se comprometer com o megahair, são os apliques com presilhas (também conhecidas como tic tacs), que não são fixados diretamente nas madeixas e podem ser colocados em ocasiões especiais e retirados logo depois, como para um penteado ou apenas para dar um estilo diferente aos fios.

Cuidados básicos para quem quer adotar megahair

Para quem resolve adotar as extensões, é preciso tomar alguns cuidados para que os cabelos não se danifiquem. Além de fazer o teste de tração, que identifica se o cabelo aguentará o peso do megahair, é preciso investir em hidratações e tratamentos potentes como a nano-queratinização para que o cabelo natural não parta por causa do alongamento. A manutenção também é importante, e além de trocar as extensões no período adequado para cada técnica (geralmente a cada três meses), é preciso tomar cuidado na hora de lavar e de secar os fios, que podem até mesmo criar fungos se for abafado ainda úmido, com acessórios ou mesmo pelo travesseiro na hora de dormir.

Temas relacionados
Cicatrização capilar:

o que é e por que apostar? Confira!