Beleza Extraordinária

Manchas de sol no rosto: entenda porque elas surgem e saiba como lidar com o problema!

  •  Além do uso do protetor solar, é preciso tomar alguns cuidados específicos para tratar as manchas de sol. Descubra quais são eles! 
 Crédito: Shutterstock
Tela cheia
Previous Next
Além do uso do protetor solar, é preciso tomar alguns cuidados específicos para tratar as manchas de sol. Descubra quais são eles! Crédito: Shutterstock

Além do risco de câncer de pele e envelhecimento precoce, os raios solares também podem causar manchas desagradáveis no rosto e em outras partes do corpo, comprometendo sua aparência uniforme com manchas amarronzadas. Por isso, quem não quer lidar com esse problema ou deseja aprender a disfarçá-lo deve redobrar os cuidados com o protetor solar e ficar atenta a alguns cuidados indispensáveis para evitar o surgimento ou o aumento dessas manchinhas - as temíveis melasmas. Confira mais detalhes!

Alta produção de melanina causa as manchas escuras na pele 

Quando as manchas, conhecidas como melasmas, não são causadas por problemas genéticos, alterações hormonais ou envelhecimento cutâneo, geralmente, a origem do problema é a exposição aos raios solares. Por serem constantemente atingidas pelos raios solares, o rosto, o pescoço, o colo e os braços são as áreas que mais costumam ser comprometidas por elas, ganhando nuances amarronzados que destoam da cor natural da pele.

O motivo para isso é o seguinte: com a exposição ao sol sem a proteção devida, a célula responsável pela melanina começa a produzir essa substância em excesso, ocasionando o escurecimento localizado que, quando não tratado, só tende a piorar e a gerar manchas ainda maiores. Por isso, com a proximidade do Verão, é hora de redobrar o cuidado com o protetor solar - que deve contar com um fator de proteção de, no mínimo, 30 - e, no caso de quem já sofre com o melasma, usar os produtos necessários para tratar as manchas e conseguir deixar a cútis com uma aparência mais uniforme. 

Produto clareador e com fator de proteção solar é indispensável no tratamento do melasma

Se as manchas amarronzadas aparecerem no seu rosto, é muito importante agendar uma consulta com o dermatologista para que ele investigue seu caso e saiba indicar o creme clareador ideal para o seu tipo de pele - já que, sem o tratamento devido, o problema pode acabar ganhando uma proporção maior. Em muitos casos, o produto já começa a mostrar bons resultados depois de 15 dias, mas, dependendo do grau das manchas, também é necessário recorrer a procedimentos mais específicos - como peelings, luz pulsada ou laser, por exemplo. 

Já no dia a dia, a dica para conseguir lidar com o melasma sem comprometer ainda mais a cútis é adicionar à sua rotina de cuidados um creme hidratante diurno que promova renovação celular e também conte com um fator de proteção solar que ajude a prevenir o aparecimento de manchas. 

BB cream é o produto ideal para disfarçar as manchas do rosto 

Mas, enquanto as manchas continuam destacadas no rosto, como fazer para disfarçar o problema? Recorrendo ao BB Cream! Além de também contar com fator de proteção solar, o produto tem a vantagem de corrigir as imperfeições da pele de uma maneira mais natural que a base, minimizando a aparência dos poros ao mesmo tempo que garante um toque de cor que uniformiza a cútis com leveza. 

Para usar o produto, é simples: basta escolher o tom ideal para a cor da sua pele e, na hora da aplicação, contar com a ajuda dos dedos ou do pincel para espalhá-lo de dentro para fora - sem esquecer as extremidades e o pescoço.

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema