Beleza Extraordinária

Loucas por cabelo: com cachos cheios de estilo, a estudante Priscila Rocha conta sobre sua transição e revela como cuida dos fios

  • Conheça a rotina de beleza da estudante Priscila Rocha para deixar a pele e os cabelo crespos ainda mais bonitos (Foto: Rachel Barros)
  • Hidratar o cabelo semanalmente é um dos cuidados indispensáveis de Priscila (Foto: Rachel Barros)
  • Priscila resolveu entrar em transição capilar após se cansar de gastar muito tempo fazendo escova e chapinha (Foto: Rachel Barros)
  • Para a jovem, o cabelo natural deixa a mulher com um brilho a mais (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
Conheça a rotina de beleza da estudante Priscila Rocha para deixar a pele e os cabelo crespos ainda mais bonitos (Foto: Rachel Barros)
  • Conheça a rotina de beleza da estudante Priscila Rocha para deixar a pele e os cabelo crespos ainda mais bonitos (Foto: Rachel Barros)
  • Hidratar o cabelo semanalmente é um dos cuidados indispensáveis de Priscila (Foto: Rachel Barros)
  • Priscila resolveu entrar em transição capilar após se cansar de gastar muito tempo fazendo escova e chapinha (Foto: Rachel Barros)
  • Para a jovem, o cabelo natural deixa a mulher com um brilho a mais (Foto: Rachel Barros)

Após alisar o cabelo por 12 anos, a estudante de administração Priscila Rocha, 25, resolveu dar uma chance à textura natural  - e, hoje, faz parte do time de mulheres que é completamente louca pelos fios crespos! Depois de 10 meses de transição e um período usando as estilosas boxbraids para lidar com as duas texturas, a estudante aprendeu a entender do que suas madeixas precisam e não abre mão de uma rotina de cuidados para que elas estejam sempre lindas e com o volume que tanto ama. Além disso, como não é só o cabelo que exige atenção no dia a dia, ela também costuma reservar um tempinho para cuidar da pele e deixá-la sempre sedosa e livre de impurezas. Confira mais detalhes e inspire-se com a jovem! 

Finalização demorada com escova e chapinha foi um dos motivos para Priscila entrar em transição 

BE: Por que você decidiu entrar em transição capilar?

PR: Eu fiquei 12 anos alisando meu cabelo, fazendo relaxamentos, progressivas... várias coisas, mas aí chegou o dia em que decidi entrar em transição capilar. Um dos motivos foi o tempo: com o alisamento, eu perdia muitas horas fazendo chapinha, secando, e aquilo foi me irritando, porque, antes de sair, eu sempre tinha que me arrumar com 2 horas de antecedência! Além disso, fui percebendo que a química estava agredindo muito meus fios - principalmente, depois que assisti ao documentário "Good Hair" - e também passei a querer me enxergar mais como negra. 

BE: Você ficou quanto tempo em transição e como fez para lidar com as duas texturas?

PR: Fiquei 10 meses em transição. Nesse período, eu usei boxbraids para facilitar a minha rotina. Eu já tinha usado antes, quando era mais nova, aí decidi colocar de novo por saber que seria mais prático para o meu dia a dia. 

BE: Você sentiu que mudou seu estilo depois que assumiu as madeixas naturais?

PR: Eu percebo que mudei, mas não só por isso. Eu diria que a idade também influenciou bastante na escolha das minhas roupas de agora. Mas, de qualquer modo, eu acho que o cabelo natural, por si só, já dá um outro visual, deixa a pessoa mais estilosa e com um brilho a mais.

  • Para manter a pele bem tratada, Priscila Rocha nunca dorme maquiada e reserva um tempinho para hidratação todas as noites (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
Para manter a pele bem tratada, Priscila Rocha nunca dorme maquiada e reserva um tempinho para hidratação todas as noites (Foto: Rachel Barros)

Hidratações semanais são indispensáveis na rotina da jovem

BE: Que cuidado você não dispensa com seus fios?

PR: Desde que assumi meu cabelo natural, eu não abro mão da hidratação. E tento fazer, pelo menos, duas vezes na semana. 

BE: Sua rotina é muito corrida? Se sim, como faz para manter os cuidados? 

PR: É muito corrida! Como tenho faculdade e estágio, acabo só tendo tempo para as hidratações no sábado e no domingo. Mas, durante a semana, a umectação já me ajuda bastante, porque passo óleo no cabelo antes de dormir, fico com o produto durante toda a noite e deixo para lavar de manhã assim que acordo. 

BE: E com a pele? Você tem alguma rotina específica?

PR: Não uso tanta maquiagem, mas, quando uso, nunca deixo de retirar os produtos com um sabonete. Também gosto de hidratar o rosto todos os dias antes de dormir. 

 

  •  A estudante Priscila Rocha faz parte do time que prefere volume a definição (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
A estudante Priscila Rocha faz parte do time que prefere volume a definição (Foto: Rachel Barros)

Texturização com twist é o truque para conseguir mais definição 

BE: Você já fez alguma loucura com seus fios?

PR: Quando eu tinha 11 anos, pintei meu cabelo de acaju e ficou com uma cor muito estranha. Além disso, também tiveram as quedas com o excesso de químicas, que me deixaram presa à penteados e tiaras para disfarçar o aspecto quebrado. 

BE: Se for para escolher uma das duas características para o seu cabelo, com qual das duas você fica: volume ou definição? 

PR: Ah, eu gosto mais de volume! Como meu cabelo é muito crespo, eu já não me preocupo em deixá-lo super definido. Na hora de finalizar, eu costumo fazer o seguinte: passo um pouco de óleo, creme de pentear e vou puxando a raiz com os próprios dedos para conseguir o efeito mais volumoso. Quando quero mais definição nas pontas, antes do truque do volume, também gosto de fazer texturização com twists. 

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação