Beleza Extraordinária

Loucas por cabelo: cabelos coloridos e franja curta completam o visual estiloso da designer Lorrainy Machado

  • Lorrainy Machado resolveu apostar nas pontas azuis depois de um erro na hora de matizar os fios (Foto: Rachel Barros)
  • Entre as inúmeras colorações de Lorrainy, estão o platinado, o ruivo e as pontas rosas (Foto: Rachel Barros)
  • Para Lorrainy, as colorações mais ousadas completam o seu estilo (Foto: Rachel Barros)
  • Atualmente, a jovem abandou as químicas de alisamento e exibe o ondulado natural (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
Lorrainy Machado resolveu apostar nas pontas azuis depois de um erro na hora de matizar os fios (Foto: Rachel Barros)
  • Lorrainy Machado resolveu apostar nas pontas azuis depois de um erro na hora de matizar os fios (Foto: Rachel Barros)
  • Entre as inúmeras colorações de Lorrainy, estão o platinado, o ruivo e as pontas rosas (Foto: Rachel Barros)
  • Para Lorrainy, as colorações mais ousadas completam o seu estilo (Foto: Rachel Barros)
  • Atualmente, a jovem abandou as químicas de alisamento e exibe o ondulado natural (Foto: Rachel Barros)

Com 24 anos e dona de um estilo que chama atenção por onde passa, a designer Lorrainy Machado é do tipo que não economiza criatividade quando o assunto é coloração dos cabelos. Moderninha e cheia de personalidade, já teve cabelos platinados, ruivos e até laranja por conta de uma travessura adolescente com anilina. Atualmente, depois de um erro na hora de matizar os fios, aposta no azul para incrementar as pontas recentemente assumidas como onduladas, enquanto deixa a raiz com a cor natural e investe na prancha apenas para alisar a franja curtinha. Quer saber mais detalhes sobre ela? Confira a entrevista e inspire-se com as colorações ousadas e as dicas de cuidado da jovem!

Para Lorrainy, seu estilo pede colorações mais ousadas

  • O visual moderninho de Lorrainy fica mais completo com as pontas coloridas (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
O visual moderninho de Lorrainy fica mais completo com as pontas coloridas (Foto: Rachel Barros)

BE: Você usa o cabelo colorido há quanto tempo?

LM: Essas pontas azuladas de agora tem uns dois meses, mas eu já pinto há um bom tempo. Ano passado, por exemplo, eu estava com o cabelo platinado; e, antes disso, já fui ruiva, tive pontas rosas... enfim. Eu comecei a fazer isso desde os 15 anos.

BE: O que te fez escolher o azul dessa vez? 

LM: A cor de agora foi totalmente sem querer. O que aconteceu foi o seguinte: eu fui matizar o meu cabelo, errei e ele acabou puxando para esse tom. Fiquei tensa no início, mas, no final, acabei gostando - então usei um tonalizante e o mantive. Atualmente, deixo a raiz com meu castanho natural e concentro o azul só nas pontas mesmo.   

BE: Você sente que seu estilo mudou depois que você começou a usar o cabelo colorido ou, na verdade, ele mesmo já pedia isso? 

LM: Eu acho que meu estilo já combinava com esse visual com fios coloridos. Tanto é que, no período que fiquei sem pintar, me estranhava e me sentia muito "normal". Por mais que eu ainda abusasse das mesmas roupas, makes e acessórios... Não casava, sabe? Não era eu. 

BE: Nessa sua rotina com colorações, você tem alguma loucura ou história engraçada para contar? 

LM: Quando tinha uns 14/15 anos, passei anilina no cabelo e ele ficou super laranja! Meu irmão, que é cabeleireiro, quase me matou. No início, foi até engraçado, mas para recuperar depois... foi bem trabalhoso e difícil. Tive que cortar e investir em uma rotina intensa de hidratações. 

Óleos são essenciais na rotina de cuidados da jovem 

 

  • Na hora de finalizar o cabelo, Lorrainy usa leave-in e óleo nas pontas e deixa a prancha apenas para a franjinha (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
Na hora de finalizar o cabelo, Lorrainy usa leave-in e óleo nas pontas e deixa a prancha apenas para a franjinha (Foto: Rachel Barros)

BE: O que você faz para não prejudicar seus fios com a coloração? 

LM:  Quando vou pintar ou descolorir, eu tento comprar uma coloração que não agrida tanto. Além disso, faço hidratação duas vezes na semana, reconstrução com queratina e uso bastante óleo. Eu descobri que investir em óleos e umectação é essencial para o meu cabelo - por causa da coloração e pelo fato dele já ser naturalmente ressecado. 

BE: A sua história com a química não é só na coloração, certo? Você também alisou seu cabelo durante um tempo. Por que decidiu parar e assumir a textura natural? 

LM: Alisei meu cabelo até uns 18/19 anos, porque não gostava dele cacheado. Mas, quando deixei Mato Grosso para ir para o Rio de Janeiro, o alisamento começou a ficar caro e difícil de conciliar com a minha rotina. Com isso tudo, comecei a deixar meu cabelo natural e acabei gostando.

BE: Como você costuma finalizar seu cabelo? 

LM: Costumo finalizar com leave-in e óleo nas pontas. Uso a prancha somente na franja mesmo.

Hidratações semanais e limpeza da make são cuidados que Lorrainy não abre mão

  • Na pele, um cuidado indispensável de Lorrainy é nunca esquecer de retirar a maquiagem (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
Na pele, um cuidado indispensável de Lorrainy é nunca esquecer de retirar a maquiagem (Foto: Rachel Barros)

BE: Hoje em dia, como faz para conciliar os cuidados com a rotina corrida?

LM: Como moro sozinha e ainda tenho meus compromissos com o trabalho, continua complicado, mas procuro fazer hidratação ou umectação sempre que tenho tempo. Geralmente, faço duas vezes na semana - uma rápida no banho e outra mais detalhada no final da semana. Nem sempre consigo manter essa frequência, mas uma hidratação por semana é certo! 

BE: E com a pele? Você tem algum cuidado específico? 

LM: Tento seguir uma rotina certinha - com sabonete, tônico e hidratação -, só que confesso que não é sempre que faço isso. Mas um cuidado que nunca deixo de ter é o de retirar toda a maquiagem antes de dormir

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação