Beleza Extraordinária

Leave-in para cabelos: 7 dúvidas mais comuns respondidas de uma vez por todas!

  • Saiba o que é, para que serve e quais são os benefícios do leave-in para os cabelos (Foto: Instagram @belezaextraordinaria)
Tela cheia
Previous Next
Saiba o que é, para que serve e quais são os benefícios do leave-in para os cabelos (Foto: Instagram @belezaextraordinaria)

O leave-in é um aliado poderoso para finalização e cuidado dos fios - especialmente se você precisa de uma ajudinha para controlar frizz, garantir mais brilho, recuperar as pontas ressecadas e proteger as madeixas.

De qualquer maneira, ainda existem muitas perguntas no ar a respeito de todos os benefícios e formas que esse produto pode assumir no dia a dia, certo? E é hora de acabar com elas de uma vez por todas!

Reunimos as 7 dúvidas mais frequentes sobre o leave-in para cabelos e, agora, é só aproveitar para ficar por dentro de tudo sobre o produto!

1. O que é e para que serve o leave-in?

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Brasil (@belezaextraordinaria) em

O leave-in é um produto de tratamento instantâneo e sem enxágue que serve para reparar as pontas, selar os fios, controlar o frizz e deixar os cabelos mais macios. Dependendo do tipo de fórmula, ele também pode oferecer proteção térmica, como é o caso do Cicatri Renov, de L'Oréal Paris. Ele, em especial, oferece 10 benefícios e resultado de plástica capilar. Vale o teste!

2. O que significa leave-in?

Ao pé da letra, "leave-in" significa algo como "deixar em" - e é exatamente isso que precisa ser feito ao usar o produto nos cabelos: aplicar e deixar, sem enxaguar! O motivo é porque ele tem ação instantânea e contínua, ou seja, a fórmula vai continuar agindo e tratando os fios ao longo das horas depois que você espalhar pelas madeixas.

3. Como se usa o leave-in nos cabelos?

Esse produto deve ser usado no comprimento e pontas tanto dos fios úmidos para finalizar os cabelos após a lavagem, quanto das madeixas secas para alinhar o visual a qualquer hora do dia. A ideia é que ele ajude a modelar e cuidar dos cabelos em todas as ocasiões, seja para um penteado, dia a dia ou no day after das cacheadas!

4. O leave-in pode ser usado por todos os tipos de cabelo?

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Brasil (@belezaextraordinaria) em

Sim! Por ter uma textura leve e hidratante, o leave-in é totalmente democrático e pode ser usado em cabelos finos, grossos, lisos ou encaracolados. O truque para conseguir aproveitar ao máximo é dosar a quantidade do produto que o seu cabelo precisa. Para não errar, comece aplicando aos poucos até sentir que o cabelo já tem a aparência hidratada e macia que você procura!

5. Qual é o melhor leave-in?

O melhor leave-in é aquele que se adapta ao seu cabelo e entrega todos os benefícios de forma visível no dia a dia, por isso, a resposta dessa pergunta pode variar de pessoa para pessoa.

Dica: de qualquer forma, se você está testando possibilidades, é justo começar pelos que sejam de textura leve e ofereçam vários benefícios em um só produto - como o Cicatri Renov, por exemplo. Ele é uma boa pedida porque atua repondo os nutrientes perdidos e reparando profundamente a fibra capilar dos danos externos.

6. Leave-in tem proteção térmica?

Nem todo leave-in oferece proteção às altas temperaturas das ferramentas de calor, mas algumas fórmulas cumprem esse papel. Como protetor térmico, o produto vai agir blindando os fios de danos, prevenindo o aspecto ressecado e deixando o resultado final da escova, chapinha ou babyliss com balanço, brilho e efeito alinhadinho.

Importante! Bom lembrar que os leave-ins que funcionam como protetores térmicos podem ser usados antes ou depois da escova ou chapinha, com cabelo seco ou molhado. 

7. Qual é a diferença do leave-in para o óleo capilar?

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Brasil (@belezaextraordinaria) em

Tanto o leave-in quanto o óleo capilar cumprem a função de finalizar os cabelos e dar uma mãozinha no dia a dia sempre que eles parecerem mais rebeldes. Na prática, não há muita diferença, a não ser pela textura dos produtos - enquanto um tem fórmula em creme, o outro tem consistência oleosa.

Para decidir entre um e outro, vale considerar o que você considera performar melhor nos seus fios e a ocasião em que pretende usar o finalizador.

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!