Beleza Extraordinária

Hidratação capilar serve para tudo? Entenda quando escolher entre a hidratação, nutrição ou reconstrução

  • Descubra quando apostar na hidratação capilar (Foto: Unsplash)
Tela cheia
Previous Next
Descubra quando apostar na hidratação capilar (Foto: Unsplash)

A hidratação capilar é o tratamento mais popular entre as mulheres que fazem questão de manter os fios saudáveis e bonitos - mas será que ela é mesmo a solução para todos os problemas capilares? 

Se você faz parte do time que sempre fica em dúvida na hora de escolher o melhor cuidados para reparar os danos e devolver a saúde para as madeixas, essa matéria é perfeita para você. Explicamos quando a hidratação capilar é recomendada para tratar os seus fios e quando apostar em outros cuidados. Vem conferir! 

Afinal, quando apostar na hidratação capilar?

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Agnes Matilda (@byagnesmatilda) em

A hidratação é recomendada, principalmente, para os cabelos desidratados. Ou seja, se os seus fios estão ressecados, opacos, com pontas duplas e com frizz, esse tratamento pode ser uma boa escolha para você. Lembrando sempre que a hidratação capilar pode ser feita em todos os tipos de cabelo, dos oleosos aos secos!

Importante: se você costuma fazer procedimentos químicos - como coloração ou alisamento - nas madeixas ou usa secador e chapinha com frequência, a hidratação deve fazer parte da sua rotina de cuidados com o cabelo. Mas ela não é a única opção de tratamento capilar para manter os fios saudáveis, viu? 

Nutrição repõe lipídios e proteínas perdidos nos fios

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Brasil (@belezaextraordinaria) em

A nutrição é outro tratamento muito popular para recuperar a saúde das madeixas e repor os óleos perdidos pelos fios. Ela é frequentemente confundida com a hidratação, mas tem uma função diferente: devolver o brilho e maciez para o cabelo. Se você sente os fios porosos e ásperos, a nutrição é o tratamento mais indicado. 

Dica: para repor os lipídios, além de uma máscara de nutrição, você deve usar um óleo capilar. Esse tratamento pode ser feito em todos os tipos de cabelo, mas costuma ser o queridinho das cacheadas e crespas - que precisam mais de nutrição, já que esse tipo de fio geralmente é naturalmente seco. 

Reconstrução ajuda a reestruturar os cabelos frágeis

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Brasil (@belezaextraordinaria) em

Algumas químicas capilares também podem fazer com que os fios fiquem frágeis e quebradiços. Isso é comum após o processo de descoloração ou com o acúmulo de químicas. Quando isso acontece, é importante reestruturar a fibra capilar, devolvendo proteínas como a queratina - principal componente dos fios.

Se você perceber que seu cabelo está frágil, quebradiço ou com queda acima do comum, ele pode estar precisando de uma reconstrução capilar. O tratamento é uma das principais etapas do cronograma capilar, mas sua frequência pode variar de acordo com as necessidades de cada cabelo - podendo chegar a até uma vez por semana após procedimentos químicos. 

Redação: Gabrielle Nunes

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais