Beleza Extraordinária

Guia da reconstrução capilar: o que fazer para o tratamento em cabelos danificados dar certo

  • Conheça o passo a passo para recuperar um cabelo danificado
Tela cheia
Previous Next
Conheça o passo a passo para recuperar um cabelo danificado

Constatar que o cabelo está danificado gera um monte de dúvidas sobre como ele deve ser tratado até se recuperar. Adquirir uma boa máscara de reconstrução é o primeiro passo, mas depois disso é preciso saber quando passar, a quantidade ideal de produto e até se aquele corte é realmente necessário. O cabeleireiro Alex Rodrigues ajuda a responder todas essas questões e dá o caminho das pedras para voltar a ter um cabelo bonito. 

Saiba qual rotina é a ideal para o seu caso e siga à risca

Disciplina é a palavra-chave para quem precisa recuperar um cabelo danificado e Alex revela que cada nível de dano pede uma rotina diferente. 

Dano extremo: "Quando o cabelo está elástico por causa de químicas fortes e quebrando por qualquer coisa, o tratamento de reconstrução precisa ser feito uma vez por semana nos dois primeiros meses", diz o cabeleireiro. 

Dano médio: "Cabelos que já estão porosos, ásperos e opacos por causa de um excesso de químicas, como as descolorações, precisam de reconstruções a cada 15 dias - sempre intercalando com outras máscaras de tratamento que tragam emoliência", conta o expert. 

Pequenos danos: "Quem faz escova todo dia ou abusa da chapinha e do babyliss, costuma concentrar os danos do meio do cabelo para baixo. Para melhorar essas pontas opacas e quebradiças, é preciso fazer uma reconstrução mensal , além de hidratações semanais", revela o profissional. 

Cabeleireiro ensina a saber se você passou a quantidade certa de produto

Muita gente tem dúvida em relação à quantidade de máscara que deve passar no cabelo e por isso pode ter um resultado diferente do esperado. Alex afirma que não existe uma medida certa porque cada cabelo é diferente do outro: "às vezes o cabelo é curto, mas é cheio ou é longo, mas é ralo", explica. O fundamental, segundo o cabeleireiro, é preparar os fios para que não haja desperdício de produto: "a minha regra principal é dizer para a cliente secar bem o cabelo com uma toalha antes de passar o creme. Isso porque, quando o fio está encharcado daquela água, não há espaço para o creme entrar e agir", revela. 

Depois de secar com a toalha, Alex aconselha dividir o cabelo ao meio, colocar uma pequena quantidade do produto nas mãos e esfregá-las para ativar o creme. Para saber se aquele montante é suficiente, o cabeleireiro conta suas pistas: "não é preciso que o produto seja visível nas madeixas, o certo é só elas ganharem aquela aparência úmida. No tato também se percebe que o cabelo já está mais macio", diz.

Dar uma pausa nas químicas durante o tratamento pode ser fundamental

Cabelos extremamente danificados geralmente chegaram a esse estado por causa de fortes químicas e, por isso, é preciso manter distância delas enquanto se está tentando recuperar o fio. "Em alguns casos extremos eu não faço nem retoque de cor na raiz antes de, pelo menos, 4 aplicações da reconstrução", conta o cabeleireiro, mostrando que um mês é o tempo de pausa ideal. Para quem não está com danos extremos, Alex diz que é preciso fazer uma autoavaliação das melhorias do tratamento antes de voltar a usar química.  

Espere os resultados do tratamento para depois cortar o cabelo

Quando o cabelo está danificado, a saída encontrada por muita gente é cortar os fios, mas Alex diz que esse não é o melhor caminho. "Muitas clientes não acreditam que o cabelo pode realmente se recuperar com tratamento e resolvem cortar, mas quando você vê uma ponta dupla, toda a extensão daquele fio está comprometida. Cortar vai amenizar a aparência, mas o fundamental é tratar", diz o cabeleireiro, que aconselha esperar os resultados do tratamento com reconstrução para ver que o pedaço a ser cortado vai ser bem menor do que antes. 

Para manter os resultados é preciso seguir tratando o cabelo

Depois que o cabelo responde ao tratamento e melhora, é comum pensar que ele pode ser interrompido, mas Alex conta que as máscaras são um cuidado para sempre: "é como um acessório que a mulher não pode viver sem", diz o cabeleireiro.

Temas relacionados
Óleo + Creme de pentear

Descubra os benefícios da misturinha