Beleza Extraordinária

Guia de coloração para orientais: quais os melhores tons de cabelo para a pele amarelada?

  •  Camaleoa, Sabrina Sato já exibiu cabelos com a base castanha escura e luzes caramelo iluminando o comprimento 
  
  • A modelo chinesa Shu Pei mantém os fios castanho escuros com nuances castanhas, de tom escuro também
  • Conhecida por despontar em Hollywood após o filme Sin City, a atriz Devon Aoki é referência quando se fala em fios loiros para orientais. A atriz mantém um tom loiro manteiga nos cabelos
  • Lucy Liu é conhecida por não abrir mão da cor natural de seus fios: o preto
  •  Maggie Q, protagonista da série "Nikita" tem ascedência vietnamita. A atriz já exibiu fios castanhos avermelhados
  • Maggie atualmente aposta em luzes em tons de dourado para iluminar ainda mais seus fios castanho claros
  • Kelly Hu, a Pearl de "Vampire Diares" mantém os fios bem escuros com um fundo violeta
  •  A apresentadora Geovanna Tominaga faz luzes em tons dourados para iluminar os fios castanhos
  • A atriz Kelly Hu também já manteve os fios negros grossos bem escuros e brilhantes
  • Devon Aoki já manteve os fios em um tom bem claro de castanho, com a raiz mais clara também
  •  A atriz e apresentadora Daniele Suzuki não abre mão das mechas californianas em tons mais claros para realçar o repicado dos fios
  • Devon Aoki já foi adepta, inclusive, de mechas californianas que fizeram um belo contraste com o castanho de seus fios
  • A Miss Mundo 2007, Riyo Mori mantém os fios escuros mas com nuances mais claras, em tons de avelã, pelo comprimento
  • A atriz chinesa Gon Li, que ficou conhecida após participar de "Miami Vice" já exibiu os fios longos em um vermelho cereja, em 2003
Tela cheia
Previous Next
Camaleoa, Sabrina Sato já exibiu cabelos com a base castanha escura e luzes caramelo iluminando o comprimento  
  •  Camaleoa, Sabrina Sato já exibiu cabelos com a base castanha escura e luzes caramelo iluminando o comprimento 
  
  • A modelo chinesa Shu Pei mantém os fios castanho escuros com nuances castanhas, de tom escuro também
  • Conhecida por despontar em Hollywood após o filme Sin City, a atriz Devon Aoki é referência quando se fala em fios loiros para orientais. A atriz mantém um tom loiro manteiga nos cabelos
  • Lucy Liu é conhecida por não abrir mão da cor natural de seus fios: o preto
  •  Maggie Q, protagonista da série "Nikita" tem ascedência vietnamita. A atriz já exibiu fios castanhos avermelhados
  • Maggie atualmente aposta em luzes em tons de dourado para iluminar ainda mais seus fios castanho claros
  • Kelly Hu, a Pearl de "Vampire Diares" mantém os fios bem escuros com um fundo violeta
  •  A apresentadora Geovanna Tominaga faz luzes em tons dourados para iluminar os fios castanhos
  • A atriz Kelly Hu também já manteve os fios negros grossos bem escuros e brilhantes
  • Devon Aoki já manteve os fios em um tom bem claro de castanho, com a raiz mais clara também
  •  A atriz e apresentadora Daniele Suzuki não abre mão das mechas californianas em tons mais claros para realçar o repicado dos fios
  • Devon Aoki já foi adepta, inclusive, de mechas californianas que fizeram um belo contraste com o castanho de seus fios
  • A Miss Mundo 2007, Riyo Mori mantém os fios escuros mas com nuances mais claras, em tons de avelã, pelo comprimento
  • A atriz chinesa Gon Li, que ficou conhecida após participar de "Miami Vice" já exibiu os fios longos em um vermelho cereja, em 2003

Fios lisos, pretos e brilhantes podem ser o sonho de consumo de muitas mulheres. Afinal, os cabelos cheios e pesados são uma moldura e tanto para o rosto. Com olhos pequenos e puxadinhos, rosto arredondado e um tom de pele amarelado, as orientais são as donas desse tipo de cabelo desejado por inúmeras mulheres. Porém, essas características são, muitas das vezes, motivo de dúvidas na hora de mudar a aparência: afinal, quais cores de cabelo realmente combinam com a beleza das asiáticas?

Primeiro passo: qual técnica escolher?

Antes de mais nada, é preciso decidir qual o objetivo com a mudança e qual impressão você planeja transmitir às pessoas: maior maturidade, descontração, seriedade, juventude, sensualidade, entre outras. Apenas depois de decidir esses tópicos que você poderá escolher qual técnica dentre as várias existentes nos salões se adequa melhor ao seu propósito. Mechas grossas, finas, uma leve iluminada ou uma mudança radical na cor dos fios podem estar entre as opções mais viáveis e adequadas para a sua transformação.

Entenda a estrutura do seu cabelo

Entender a estrutura do próprio cabelo também ajuda bastante a não errar na hora de colorir os fios. Os cabelos das orientais são, em grande parte das vezes, fortes, grossos e com uma tonalidade que varia do castanho escuro ao preto. Cada fio de cabelo possui uma quantidade maior de células de cutícula em torno de si quando comparado às madeixas de outras etnias. É por isso que os cabelos das japonesas, coreanas, chinesas e outras mulheres do Oriente são mais espessos, pesados e brilhantes: as cutículas formam uma redoma em torno dos fios, numa espécie de "selagem", protegendo-os, assim, da umidade - que tem como principal "alarme" de presença o temido e arrepiado frizz. A queratina, fios mais grossos e escuros. As mulheres com traços orientais têm a pele mais amarelada, assim como as mestiças ou descendentes de japoneses. Isso dificulta um pouco os objetivos de quem quer ser loira ou ruiva, uma vez que os tons para esse tipo de mudança devem ser escolhidos com bastante cautela. Confira as dicas da visagista Michele Dias, especializada em coloração, do salão Werner Coffeur:

Para quem deseja uma leve mudança

O contraste criado pelos fios mais escuros com a pele amarelada gera um efeito incrível na aparência das mulheres orientais: "tons bem contrastantes, como os pretos, ficam ótimos nas mulheres orientais com uma personalidade mais ousada", diz Michele. Só evite as tinturas pretas com fundo azulado, que podem soar artificiais e ainda envelhecer a fisionomia - principalmente se você tiver algumas linhas ou ruguinhas de expressão. Para dar um maior estilo ao visual e deixar a mesmice dos cabelos pretos de lado, a dica é investir em leves toques de iluminação, como luzes e mechas em tons mais claros de castanho ou loiros médios.

Para quem deseja fios loiros

Caso exista uma grande vontade de clarear os fios, a melhor alternativa é investir em tons de bege e champagne - que, apesar de serem cores amareladas, não deixam de promover um certo contraste com a pele. Apostar em mechas mais claras (em tons de loiro escuro ou castanho claro) nas pontas, como o moderno estilo ombré hair também são boas alternativas para as orientais que querem ficar loiras. Segundo a visagista, tons próximos ao mel ou caramelo são uma ótima opção. A dica é investir sempre em um fundo mais escuro na base do cabelo para garantir naturalidade e realçar as formas suaves do rosto oriental. "Se o cabelo todo ficar muito claro, o visual acaba ficando apagado e pálido. Então o melhor é deixar o fundo com uma cor de chocolate ou um castanho mais claro e apostar em mechas no melhor estilo 'queimado de sol'", completou Michele.

Para quem deseja cabelo castanho

Democrático, o castanho é o tom perfeito para as orientais que desejam mudar a aparência dos fios sem qualquer possibilidade de erro. Sejam eles mais escuros, médios ou naturais, contrastam bem com o tom quente da pele amarelada das mulheres asiáticas e deixam o visual bonito e elegante. "Castanho é a cor que mais combina com a pele amarelada das japonesas, ainda mais se for no tom chocolate", disse Michele. Para iluminar ainda mais as madeixas, a dica é investir em reflexos em alguns tons mais claros que a cor de tintura escolhida, evitando cores muito quentes, como dourado e acobreado, uma vez que comprometerão o contraste dos fios com a sua pele.

Para quem deseja madeixas ruivas

Quem foi que disse que orientais não combinam com cabelos ruivos? É certo que não se pode generalizar, uma vez que existem diferentes tons de pele amarelada e determinadas cores de vermelho e laranja que realmente requerem uma pele com fundo mais frio para serem usadas harmonicamente. Porém, existem inúmeros tons de ruivo que se adequam a diversos tipos de beleza, tudo depende da intensidade e da altura do tom. As orientais que têm um tom de pele mais clarinho e próximo do branco podem optar por tonalidades mais quentes, como vermelhos intensos e cerejasm, que correm menos risco de "brigar" com a pele amarelada que os alaranjados. Já as donas de uma pele mais bronzeada podem apostar em um castanho avermelhado, tons de mogno e outros ruivos acobreados na medida certa, sem que sejam tão vibrantes e acesos. "Um tom puxado pro ruivo mais natural, não muito laranja, é o melhor caminho para orientais que querem ficar ruivas", finalizou Michele.

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação