Beleza Extraordinária

Grávidas podem usar creme para o rosto? Descubra quais esfoliantes e cremes anti-idade aplicar na gestação

  • Descubra se esfoliante, cremes anti-idade e outros produtos de beleza estão liberados durante a gravidez
Tela cheia
Previous Next
Descubra se esfoliante, cremes anti-idade e outros produtos de beleza estão liberados durante a gravidez

Os cuidados com a pele, sem dúvidas, redobram na gravidez. A rotina de beleza se altera, alguns cremes para o rosto saem e outros entram para levar benefícios à cútis, que costuma alterar a cor e a textura por causa do aumento dos hormônios. De acordo com as dermatologistas Tatiana Matos e Tatiane Curi, a pele do rosto das gestantes pode ficar mais oleosa ou alterar a sua cor e, por isso, dúvidas sobre o uso de esfoliante, cremes anti-idade e alguns hidratantes, costumam ser comuns entre elas. Confira quais produtos estão liberados e quais podem ser substituídos!

Grávidas estão liberadas para fazer esfoliação leve no rosto

Na gravidez, a pele fica mais sensível e com uma tendência a hiperpigmentação por causa de hormônios como estrogênio, progesterona, prolactina beta-HCG e também do chamado melanocítico estimulante. Por isso, segundo a dermatologista Tatiane Curi, o esfoliante não é proibido, mas deve ser usado com bastante cautela para que a pele não fique irritada ou com manchas. "Alguns ácidos como o salicílico e acido glicólico em altas porcentagens devem ser evitados nessa fase, assim como a ureia com porcentagem acima de 3%", explicou a especialista. 

Para as que não dispensam uma boa esfoliação para retirar as impurezas e as células mortas da pele, a dermatologista indica produtos com microesfoliantes, com grânulos delicados e que não sejam abrasivos. "E sempre que possível associar um condicionante à essa formulação", explicou a especialista, ressaltando que peelings químicos, por exemplo, não devem ser feitos nesse período.

Cremes anti-idade com vitaminas C e E entregam benefícios na gravidez

Os cremes anti-idade são super bem-vindos durante a gravidez. Isso porque eles contém vitamina C e E, que têm ação antioxidante, o que, de acordo com as dermatologistas, são totalmente seguras na gestação. "Essas vitaminas tem ação antioxidante, diminuindo a produção de radicais livres que envelhecem a pele e causam câncer. A vitamina C ainda age como clareador, e a vitamina E, como hidratante", explicou a dermatologista Tatiana Matos.

Já a especialista Tatiane Curi ressalta que a vitamina C melhora a textura da pele e minimiza as rugas, prevenindo também as possíveis manchinhas escuras na face comuns na gestação. "Ela tem o efeito benéfico de prevenir manchas como melasmas  e hipercromias pós-inflamatórias. Também aumenta a produção de fibras colágenas e elastina, aumentando a firmeza da pele", contou a especialista. 

Produtos com retinol e ácido salicílico devem ser evitados na gravidez

Quando se descobre a gravidez, muitos medicamentos devem ser discutidos com o dermatologista e também com o profissional obstetra, mas as dermatologistas já alertam que produtos rejuvenescedores, que geralmente contém ácidos, devem ser evitados. "Em especial o ácido retinóico, que pode levar à risco de mal-formação fetal. Também são proibidos ácido salicílico, que é muito usado em peles oleosas, além da hidroquinona", alertou a dermatologista Tatiana Matos. Já Tatiane Curi alerta, ainda, para o uso do tioglicolato, presente em alguns cremes depilatórios. "Eles não podem ser usados pois podem ter absorção na pele. Gestantes também não podem fazer nenhum tratamento de laser e toxina botulinica", lembrou a especialista.

Como esses dois ativos são usados para combater a oleosidade e o envelhecimento da pele, a dica para as gestantes é substituir esses componentes por uma máscara esfoliante natural ou intensificar o uso da vitamina C ou E, além de reforçar a limpeza da pele com sabonete específico de manhã e à noite. 

BB Cream, filtro solar e creme hidratante são os produtos mais benéficos para gestantes

De acordo com as especialistas, cerca de 75% das grávidas desenvolvem o melasma - aquelas manchinhas escuras na pele do rosto causadas pelo sol. É por isso que o filtro solar é indispensável na gestação - o produto tem que andar lado a lado das mulheres. "O melasma pode ser minimizado, e muito, com o uso diário de um fotoprotetor solar indicado pelo dermatologista", explicou Tatiane Curi. Nessa época, o BB Cream também passa a ser um grande aliado, já que serve como base de maquiagem e protetor solar ao mesmo tempo. "Pode ser um filtro com base, que diminui a formação de manchas pela luz artificial", indicou a dermatologista Tatiana Matos.

Já os hidratantes faciais e corporais também são extremamente úteis. "Com o aumento de peso, as fibras colágenas e elásticas da pele precisam estar firmes e bem preparadas para evitar as tão temidas estrias", assegurou a dermatologista Tatiane Curi.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!