Beleza Extraordinária

Fios grossos ou finos: descubra porque cada cabelo tem uma espessura diferente

  • O tipo de cabelo e o formato é influenciado pela genética e pelo dia a dia
Tela cheia
Previous Next
O tipo de cabelo e o formato é influenciado pela genética e pelo dia a dia

Cada pessoa tem um código genético específico, que somado a fatos do cotidiano, como alimentação e tempo de exposição ao sol, pode influenciar desde os dedos dos pés aos fios dos cabelos, literalmente. Além da cor das madeixas, a genética influencia a espessura e formato dos fios e podem dizer muito sobre seu tipo de cabelo.

Cabelos finos ou grossos: etnia e cor dos cabelos influenciam na espessura dos fios

A genética interfere no estilo de cabelo, tanto na forma quanto na cor. Europeus e descendente, por exemplo, tem fios com espessura de 0,04 a 0,1 mm, mais finos que os asiáticos, que têm um diâmetro com média entre 0,08 e 0,12 mm, e que crescem em velocidade mais acelerada que outros grupos étnicos. O Brasil é um caso à parte na classificação por ser um povo multicultural. Como é raro encontrar famílias que não tenham nenhuma mistura étnica, é impossível identificar o tipo de cabelos apenas pela origem. Neste caso, é preciso observar o tipo de fio, a cor e sua textura.

Os louros naturais variam o diâmetro dos fios entre 0,017 a 0,051 mm e os de cor escura, entre 0,064 e 0,1 mm. Para compensar a espessura, as mulheres loiras tem mais fios de cabelo, em média 140 mil, e as morenas 110 mil. As ruivas são lanterninhas do volume, com 90 mil fios, mas compensam no tamanho, e em média, tem 0.09 mm de diâmetro no fio de cabelo.

Coloração e alisamento afinam o fio?

Apesar das características naturais do cabelo, químicas como alisamentos e colorações podem afetar a espessura dos fios. Esses procedimentos mexem com a estrutura capilar porque precisam abrir a cutícula, uma das partes da fibra do cabelo, para modificar as madeixas, o que faz os cabelos perderem nutrientes durante o processo.

Para tentar reparar os danos causados pelos procedimentos, e conseguir de volta fios mais encorpados, o ideal é manter hidratações semanais para repor os nutrientes perdidos e fazer tratamentos mais potentes no salão, como a cauterização, o que irá repor a massa perdida entre as químicas aplicadas.

Formato dos fios também é influenciado pela genética

A estrutura química do fio diz se o cabelo será cacheado ou liso, e é influenciada principalmente pela forma do folículo, formada na camada mais interior da pele, onde está localizada a raiz do cabelo, e que indica como o fio irá crescer.

Os asiáticos têm cabelos lisos e grossos, porque o fio cresce perpendicular ao couro cabeludo, arredondada e mais elástica, já quem tem origens africanas, têm os folículos paralelos, ovais e achatados, que faz o fio nascer fino e torcido. A etnia que mais varia o formato do cabelo é a europeia e descendentes, porque o folículo elíptico permite que as madeixas nasçam lisas, cacheadas ou onduladas, dependendo da predisposição genética.

Produtos favoritos
Temas relacionados
Óleo + Creme de pentear

Descubra os benefícios da misturinha