Beleza Extraordinária

Espinhas no couro cabeludo: entenda o que pode ser e como tratar a acne

  • Entenda o que pode significar as espinhas no couro cabeludo e saiba como prevenir o problema (Foto: Instagram @jamiedanahairstylist)
Tela cheia
Previous Next
Entenda o que pode significar as espinhas no couro cabeludo e saiba como prevenir o problema (Foto: Instagram @jamiedanahairstylist)

Elas são pra lá de doloridas e podem aparecer em qualquer parte do couro cabeludo: mas afinal de contas, o que pode ser espinhas na cabeça? Isso é normal? A resposta para essa pergunta é sim - e esse probleminha é mais comum do que você imagina!

A boa notícia é que isso não significa nada grave e dá para amenizar bastante o incômodo que os comedões causam, viu? Continue lendo a matéria para entender o que é, como prevenir e de que forma lidar com as espinhas no couro cabeludo! 

O que são espinhas no couro cabeludo? Entenda o que é o problema

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por MARIA MARTÍ (@mariaamarti_) em

Normalmente as espinhas na cabeça significam que algum folículo capilar - aquele "buraquinho" por onde sai o fio de cabelo - está entupido. Esse entupimento pode ser causado pelo acúmulo de sebo, produtos de cabelo mal removidos na lavagem e até células que acabam ficando presas nos poros.

É bom lembrar que esse problema acontece com mais frequência em quem tem o couro cabeludo oleoso e também em pessoas que tendem a suar mais na cabeça. O que acontece é que o suor e a produção excessiva acaba contribuindo para sobrecarregar os poros.

Como tratar as espinhas na cabeça depois que elas aparecem?

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Whitney Fransway (@whitneyfransway) em

Uma vez que a espinha aparece no couro cabeludo, a dica mais importante é não espremer! Assim como as espinhas do rosto, essas inflamações na cabeça não devem ser cutucadas justamente para evitar que bactérias entrem em contato com a lesão. Partindo desse princípio, o melhor tratamento é:

- Usar shampoos e condicionadores que ajudem a reequilibrar a oleosidade nos fios e no couro cabeludo;

- Em alguns casos, é possível que o dermatologista aplique um produto específico para tratar a inflamação - como uma dose de cortisona, por exemplo.

O que fazer para prevenir espinhas na cabeça?

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Melissa Alatorre (@alatorreee) em

No dia a dia, a melhor forma de prevenir o surgimento de espinhas no couro cabeludo é lavar os cabelos regularmente - especialmente quando sentir que eles já estão mais oleosos do que o normal. Isso vai ajudar a não acumular óleo nas glândulas e renovar a região.

Aposte nos shampoos com alto poder limpante e que controlem a oleosidade das madeixas, como o Hydra Detox de L'Oréal Paris. Além disso, lembre-se de enxaguar bem todos os produtos no banho, massageando bem o couro cabeludo no processo - tudo para não deixar que nada acumule nos folículos! 

Redação: Raquel Carletto

ver mais : Pele - Dicas de beleza - Acne
Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!