Beleza Extraordinária

Esfoliação da pele: 10 dúvidas respondidas por uma dermatologista

  • Tire todas as suas dúvidas sobre a esfoliaçao da pele (Foto: Instagram @lorealskin)
  • Você sabe com qual frequência você deve esfoliar a pele? (Foto: Instagram @shanasaperas)
  • Aprenda a esfoliar a pele do rosto e do corpo (Foto: Instagram @syanafromparis)
Tela cheia
Previous Next
Tire todas as suas dúvidas sobre a esfoliaçao da pele (Foto: Instagram @lorealskin)
  • Tire todas as suas dúvidas sobre a esfoliaçao da pele (Foto: Instagram @lorealskin)
  • Você sabe com qual frequência você deve esfoliar a pele? (Foto: Instagram @shanasaperas)
  • Aprenda a esfoliar a pele do rosto e do corpo (Foto: Instagram @syanafromparis)

Você já deve saber que a esfoliação é uma etapa muito importante da rotina de cuidados com a pele e traz muitos benefícios, deixando seu rosto e corpo muito mais bonitos. Mas, mesmo se você já é adepta da prática há algum tempo, é normal ter algumas dúvidas sobre a melhor forma de esfoliar cada tipo de pele.

Para acabar com as principais dúvidas sobre a esfoliação da pele, a gente conversou com a dermatologista Renata Ayd, que respondeu 10 perguntinhas bem comuns. Vem aprender tudo sobre esfoliação.

1- Para o que serve a esfoliação da pele?

“A esfoliação serve para acelerar a renovação celular, eliminando as células mortas que estão na superfície da pele prontas para se soltar”, explica a dermatologista. A renovação celular acontece naturalmente, mas a esfoliação acelera o processo, dando mais viço para a sua pele.

2- Com que frequência devemos esfoliar o rosto e o corpo?

Não existe uma regra fixa, isso vai variar de acordo com alguns fatores, como o seu tipo de pele. Renata Ayd explica: “A frequência não deve ultrapassar a uma vez na semana e sempre deve ser seguida por hidratação para regenerar os tecidos novos, que ficarão agora na superfície atuando como proteção da pele. Áreas mais sensíveis podem necessitar de menos esfoliação e com substâncias ainda mais suaves.”

Ela ainda lembra que “devemos ter muito cuidado com as esfoliações pois substâncias agressivas podem machucar a pele e causar inflamação e manchas”.

3- Qual a diferença entre o esfoliante químico e físico?

Os dois atuam na renovação da pele, mas o produto e a técnica usados mudam. “O esfoliante físico é aquele que remove as células e impurezas por ação mecânica. Seja por ação de escovas, esponjas ou cremes com partículas endurecidas”, conta a dermatologista.

Mas e a esfoliação química? Renata ensina: “A esfoliação química pode ser feita diariamente com formulações de alfa hidroxiácidos, ácido retinóico e azelaico, que agem acelerando a descamação da pele ou ainda com enzimas naturais”.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Diana (@dianachamomile) em

4- Todas as pessoas podem esfoliar a pele?

A esfoliação é indicada para todos os tipos de pele, mas a dermatologista lembra que algumas pessoas precisam tomar mais cuidados: “As peles muito sensíveis e com rosácea devem evitar a esfoliação”, lembra.

5- Como escolher o melhor esfoliante para o meu tipo de pele?

Os produtos podem ser indicados de acordo com o seu tipo de pele e, por isso, não dá pra fugir: é preciso procurar um dermatologista. Renata Ayd explica o motivo dessa necessidade: “O dermatologista vai determinar a esfoliação mais adequada, tendo em vista o grau de oleosidade e principalmente de sensibilidade com possibilidade de formação de manchas e áreas vermelhas.”

6- A esfoliação substitui a limpeza da pele?

“A esfoliação retira as células que estavam para se soltar, mas não consegue limpar os portos na profundidade. Para isso, a limpeza é fundamental!”, conta a dermatologista. Ou seja, para ter uma rotina de cuidados completa, tanto a limpeza como a esfoliação são indispensáveis.

7- Eu posso esfoliar a pele com acne?

Pode sim, a esfoliação é recomendada para esse tipo de pele, porque “a pele acneica forma algumas áreas mais endurecidas que muitas vezes dificultam inclusive a penetração dos medicamentos”.

Mas Renata lembra que é preciso tomar cuidado: “Devemos ter cuidado quando há lesões inflamadas e com pus. Ele pode se espalhar durante a esfoliação e aumentar a área infeccionada.”

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por SHANI GRIMMOND (@shanigrimmond) em

8- É necessário esfoliar os lábios?

“Toda área da pele sofre eterna renovação. Com os lábios não é diferente”, conta Renata. Ela também lembra que depois da esfoliação é importante ter alguns cuidados: “Logo após a esfoliação devemos hidratar bem o local”.

9- Como se faz esfoliação labial?

A esfoliação dos lábios é feita da mesma forma que a esfoliação do rosto: aplique o produto específico para essa finalidade sobre os lábios e massageie suavemente com os dedos para eliminar as células mortas.

10- Eu posso esfoliar a pele depois de me depilar?

“Após a depilação, a pele fica sensível pois houve a tração do pelo. Esfoliação neste momento vai causar mais irritação”, explica a dermatologista. O ideal é esperar alguns dias antes de volta a esfoliar a pele.

Já a esfoliação pré-depilação pode ser benéfica: “O ideal é fazer a esfoliação uns dois a três dias antes da depilação para, inclusive, ajudar a eliminar pelos encravados.”

Redação: Gabrielle Nunes

Temas relacionados
Cicatrização capilar:

o que é e por que apostar? Confira!