Beleza Extraordinária

Envelhecimento precoce: saiba como combater os primeiros sinais da idade

  • O envelhecimento precoce da pele pode ocorrer por fatores externos como exposição excessiva ao sol, poluição e até mesmo estresse ou cansaço
Tela cheia
Previous Next
Passo a passo para prevenir rugas por Juliana Balduino
  •  Passo a passo para prevenir rugas por Juliana Balduino
  • O envelhecimento precoce da pele pode ocorrer por fatores externos como exposição excessiva ao sol, poluição e até mesmo estresse ou cansaço

O envelhecimento da pele é um processo natural e inevitável que, normalmente, começa a ter seus primeiros sinais refletidos a partir dos 30 anos, quando são percebidas as primeiras rugas, linhas de expressão e alterações no pigmento da cútis. No entanto, alguns fatores como exposição excessiva ao sol, consumo de álcool, tabagismo e até mesmo o estresse e o cansaço, podem acabar interferindo na saúde da pele e acelerando o aparecimento dos sinais da idade. "O envelhecimento precoce é causado, principalmente, pela exposição solar, pois o sol altera o DNA da pele, degradando o colágeno", explicou a dermatologista Katleen Conceição, da Clínica TheSkin, no Leblon.

Envelhecimento precoce ocorre principalmente por exposição excessiva ao sol

A perda do colágeno é um dos principais fatores do envelhecimento da pele. A queda gradual de produção da proteína normalmente é iniciada após os 30 anos de idade, quando ela começa a ser substituída por outro tecido menos elástico. Muitas mulheres mais jovens, no entanto, já começam a perceber sinais como flacidez, rugas e alteração na tonalidade da cútis antes mesmo dos 25 anos (idade indicada para iniciar a aplicação de produtos anti-idade).

O envelhecimento precoce da pele pode ser motivado por fatores presentes no dia-a-dia, como alimentação inadequada, poluição, mudanças de temperatura e, principalmente, a exposição solar sem a proteção indicada. "Quanto maior for a exposição solar durante a juventude, mais precoce serão os sinais de envelhecimento, que são representados pelas manchinhas que já não somem mais após o final do verão, aquela ruga que vai em torno do nariz e da boca (também chamada de sulco nasolabial), alguns pés de galinha na área dos olhos, rugas entre as sobrancelhas e flacidez", explicou a dermatologista Gabriella Albuquerque, responsável pelo Departamento de Cosmiatria da SBD-RJ.

Saiba como tratar e prevenir para garantir uma pele linda

Além de adotar uma vida mais saudável, com alimentos ricos em colágeno, para manter a pele sempre bonita, firme e livre de rugas e linhas de expressão, é importante investir em uma limpeza mais completa da pele todos os dias, lavando, tonificando e hidratando o rosto, além de apostar em esfoliações semanais, que vão ajudar na renovação celular. O uso de filtro solar contra raios UV também é indispensável para prevenir o envelhecimento precoce e o aparecimento de manchas. "É importante usar o filtro solar diariamente e reaplicá-lo de três em três horas", alertou a dermatologista Katleen Conceição.

Aquelas que já perceberam os primeiros sinais da idade na pele, no entanto, podem investir em tratamentos como a carboxiterapia, que consiste na aplicação de um gás atóxico no tecido subcutâneo, melhorando a circulação e estimulando a produção de colágeno, ou no laser fracionado, que emite um feixe de luz que melhora a firmeza da cútis e ainda reduz as rugas superficiais e profundas. Para a dermatologista Gabriella Albuquerque, vale investir ainda na aplicação de cremes antienvelhecimento. "A pele envelhecida num paciente jovem deve ser tratada com uso de anti-oxidantes tópicos de forma a impedir, pelo menos por um tempo, que este processo se perpetue", afirmou a especialista. Produtos que contenham vitamina A, C e E em sua fórmula são os mais indicados, agindo estimulando a renovação celular e suavizando as rugas.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!