Beleza Extraordinária

Entenda o que é acne solar e saiba como preveni-la

  •    A exposição gradual ao sol e investir em protetor oil free podem ajudar a prevenir a acne solar
Tela cheia
Previous Next
A exposição gradual ao sol e investir em protetor oil free podem ajudar a prevenir a acne solar

Alguns efeitos nocivos dos raios UVA e UVB, como queimaduras, manchas, envelhecimento precoce e até mesmo o câncer de pele, já são bem conhecidos pela maioria das mulheres. No entanto, a exposição excessiva e desprotegida ao sol pode desencadear um problema que poucas vezes é associado a este fator: o surgimento de espinhas. Conhecida como acne solar, a doença é comum no verão e costuma atingir rosto, pescoço, ombros, tórax e costas.

Queimadura solar provoca acne


A acne solar está diretamente relacionada às queimaduras provocadas pelos raios de sol, que provocam um inchaço no orifício da pele por onde é eliminada a secreção sebácea. Isto faz com que o sebo fique retido e leva à inflação do folículo, o que resulta em espinhas. "O sol aumenta a produção de sebo e diminui as células de defesa, o que piora a acne", explica a dermatologista Flávia Monteiro.

Protetor solar oil free ajuda a prevenir acne solar

A prevenção deste tipo de acne também se faz através do uso do protetor solar, assim como ocorre contra os outros efeitos nocivos dos raios de sol. Contudo, é fundamental buscar por fórmulas oil free. A textura oleosa poderia agravar o problema, já o tipo adequado impedirá a queimadura sem obstruir os folículos. "A acne solar melhora gradativamente apenas evitando excesso de sol e usando protetor solar oil free", comenta a profissional.

Exposição gradativa ao sol pode ajudar a diminuir o problema


Já quando a acne solar está instalada, o tratamento é muito similar ao da comum. Procure um dermatologista, que poderá indicar os produtos de uso local adequados, como sabonetes para pele oleosa e esfoliantes. "Mas em casos de inflamação com pus, é necessário cremes com antibiótico", recomenda Flávia. Além disso, não espremer as espinhas é essencial para que a pele se recupere sem cicatrizes.

Já quando a exposição ao sol é feita de forma gradativa e controlada, ela pode inclusive ajudar na diminuição da acne, pois age como cicatrizante. Nestes casos, ao invés de causar uma inflamação, os raios solares criam uma leve descamação na pele que desobstrui os orifícios foliculares, enquanto a radiação inibe substâncias pró-inflamatórias, de forma a favorecer a secagem das espinhas.
Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema