Beleza Extraordinária

É preciso remover o creme para o rosto? Confira as dicas de uma dermatologista e descubra!

  • Saiba mais detalhes sobre diferentes tipos de creme e descubra qual o procedimento indicado para cada um deles (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Saiba mais detalhes sobre diferentes tipos de creme e descubra qual o procedimento indicado para cada um deles (Foto: Shutterstock)

Quando se fala em creme para o rosto, é normal surgir a dúvida sobre retirá-lo ou não. Do hidratante aos que garantem um efeito anti-idade, a permanência indevida do produto ou a limpeza antes do tempo necessário pode prejudicar a pele ou não garantir o resultado esperado, respectivamente. Você sabe qual o procedimento correto de todos eles? Confira as dicas da dermatologista Katleen da Cruz Conceição e descubra mais detalhes sobre cada um!

Hidratante diário

Indispensável para deixar a pele bonita e com aparência saudável, o hidratante tradicional faz parte da gama de produtos que não precisa ser retirado após o uso. Como seu objetivo principal é garantir a hidratação da cútis, reduzindo sua perda de água e criando uma barreira no tecido cutâneo, ele deve ser aplicado todos os dias pela manhã após a etapa da higienização e, depois de ser absorvido, continuar na pele para que garanta os benefícios prometidos por sua composição. 

Hidratante noturno

Embora tenha uma função parecida com a do hidratante diário, o noturno se diferencia por ter uma ação mais nutritiva/regeneradora e, ainda, apresentar uma fórmula que conta com ácidos e outros componentes fotossensíveis. Como já dá para ter ideia, é justamente por causa desse fator que eles só podem ser usados durante a noite e precisam ser retirados logo pela manhã, quando o creme diurno deverá entrar novamente em ação. 

Anti-idade

Responsável por prevenir o envelhecimento precoce e atenuar as desagradáveis linhas de expressão, o creme anti-idade começa a ser indispensável a partir dos 25 anos. Assim como o hidratante diurno, ele também é absorvido pela pele e não deve ser retirado em seguida para que as substâncias antioxidantes presentes na fórmula consigam cumprir sua função.

De acordo com a dermatologista Katleen da Cruz Conceição, embora o produto possa ser usado ao acordar e antes de dormir, sua aplicação é ainda mais importante na parte da manhã: "O creme anti-idade deve ser aplicado, de preferência, pela manhã e permanecer na pele", afirma. 

Creme clareador

Com a função de clarear as manchas que comprometem a superfície uniforme da pele,  os cremes clareadores contam com ativos que inibem a produção de melanina e das demais substâncias que a estimulam - e devem ser sempre recomendados pelo dermatologista, vale lembrar. Como, geralmente, contam com alguns ácidos na fórmula, esse tipo de produto também deve ser aplicado durante a noite e retirado logo pela manhã, como explica a dermatologista: "Devido à exposição solar, o clareador deve ser utilizado à noite. Pela manhã, após retirá-lo, também é importante não esquecer do protetor", explica. 

Ácido

Para quem quer um tratamento mais forte e com resultado rápido contra acne e espinhas, muitas pessoas buscam os dermatologistas para pedir a indicação de um ácido que atenda às necessidades do seu tipo de pele. No entanto, vale lembrar que, para quem faz uso dessa substância, se proteger do sol com bastante filtro solar é ainda mais necessário, já que ela é sensível à luz e pode acabar gerando manchas e complicações no rosto. Sendo assim, é muito importante que o produto seja aplicado somente à noite - de preferência, pouco antes de dormir para também não ser exposto às lâmpadas da casa - e ser retirado com bastante água pela manhã.

Já para aquelas que tem pele sensível, o cuidado sobre a aplicação e retirada é ainda maior, como explica a dermatologista Katleen: "Se a pessoa tiver a pele sensível, o ideal é deixar o ácido somente por algumas horas e retirar logo em seguida", esclarece. 

Gel secativo em roll-on

Quando surge uma espinha e você precisa de um resultado imediato, a dica para combater o problema é recorrer ao gel secativo em roll-on. Além do efeito refrescante e da sensação de alívio imediato, o produto ainda conta com componentes que agem diretamente sobre as espinhas localizadas - o que garante um bom resultado pouco tempo após o uso. 

Como essa versão do creme secativo costuma ter uma fórmula transparente e de rápida absorção, não é necessário lavar o rosto após o uso: ele fica imperceptível e sequinho na pele e pode ser usado ao longo do dia sem chamar atenção. Em relação à frequência, a dermatologista só faz uma recomendação: "no geral, o produto pode ser utilizado todos os dias, mas quem sofre com sensibilidade deve usá-lo em dias alternados". 

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais