Beleza Extraordinária

Dica do Proença: como voltar aos cachos depois de vários alisamentos

  • É possível voltar aos cachos depois de um alisamento ou relaxamento. Como a química modifica a estrutura do cabelo, os caracóis só voltam completamente ao deixar crescer as madeixas. Marcos Proença, o beauty expert da L'Oréal Paris, ensina como passar pelo período de transição e ter fios lindos
Tela cheia
Previous Next
É possível voltar aos cachos depois de um alisamento ou relaxamento. Como a química modifica a estrutura do cabelo, os caracóis só voltam completamente ao deixar crescer as madeixas. Marcos Proença, o beauty expert da L'Oréal Paris, ensina como passar pelo período de transição e ter fios lindos

Mesmo com a popularidade dos cabelos lisos, muitas mulheres desejam fazer o caminho inverso e voltar aos cachos. Os fios que passam por alisamentos e relaxamentos transformam a sua estrutura, tornando difícil o caminho para quem deseja ter de volta as madeixas encaracoladas. O beauty expert da L'Oréal Paris, Marcos Proença, explica que para evitar esse problema capilar, é interessante escolher escovas inteligentes e outros procedimentos que saem com o tempo: "os processos químicos permanentes possuem como característica principal a alteração da estrutura do fio, por isso é preciso pensar bastante antes de fazê-los e dar preferencia aos processos temporários quando possível", explicou o cabeleireiro.

Proença: "uma forma de passar por essa fase é usar um produto para estimular os cachos "

Para quem está passando pelo período de transição, com o nascimento de fios naturais e o comprimento ainda liso pela química e não quer apelar para ações radicais como cortar a parte alisada e ficar com cabelos curtos, Marcos Proença dá dicas de como atravessar a etapa de crescimento sem traumas: "uma forma de passar por essa fase é usar um produto para estimular os cachos na parte que ainda possui química e secar o cabelo com a ajuda de um difusor. Outra opção é esperar o crescimento natural fazendo escovas lisas - sempre hidratando quinzenalmente os fios e usando produtos de proteção térmica" ensinou o hair stylist.

Outra opção para camuflar a diferença entre as duas partes do cabelo é fazer babyliss nas partes alisadas, criando cachos para acompanhar o movimento das madeixas da raiz, e abusar de acessórios como tiaras, lenços e presilhas, principalmente nos primeiros meses em que a diferença de textura é mais aparente.

Hidratações e cortes periódicos no período de transição

Durante o período de crescimento, que, dependendo do tamanho desejado, pode levar mais do que um ano, será preciso tratar o cabelo com hidratações em casa e no salão e cortar para manter a saúde das madeixas. Também é preciso não ter medo da tesoura, para aparar as pontas duplas e se livrar do ressecamento, natural de químicas mais potentes como alisamento e relaxamento. O corte ainda tem a vantagem de renovar o visual e mantê-lo estiloso mesmo durante a fase de transição.

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema