Beleza Extraordinária

Depilação: conheça os 6 métodos mais famosos e saiba quando apostar em cada um deles

  • Já conhece todos os tipos de depilação? Saiba como funciona cada tipo e aproveite! (Foto: Instagram  @stephjrayner)
  • Para áreas mais delicadas, é preciso escolher um tipo de depilação que não prejudique ou agrida a pele (Foto: Instagram  @caseyjamess_)
  • A melhor opção definitiva para se livrar dos pelos é apostar nas sessões à laser (Foto: Instagram  @leasamille)
Tela cheia
Previous Next
Já conhece todos os tipos de depilação? Saiba como funciona cada tipo e aproveite! (Foto: Instagram @stephjrayner)
  • Já conhece todos os tipos de depilação? Saiba como funciona cada tipo e aproveite! (Foto: Instagram  @stephjrayner)
  • Para áreas mais delicadas, é preciso escolher um tipo de depilação que não prejudique ou agrida a pele (Foto: Instagram  @caseyjamess_)
  • A melhor opção definitiva para se livrar dos pelos é apostar nas sessões à laser (Foto: Instagram  @leasamille)

Para dar adeus aos pelos do corpo - seja no rosto, braços ou pernas - o que não faltam são opções diferentes e bem conhecidas como a lâmina, cera quente, linha ou até mesmo o laser. Mas, ainda assim, fica a dúvida: afinal de contas, qual seria o melhor tipo de depilação? Para responder essa pergunta, o primeiro passo é entender as características da pele, a quantidade de pelo a ser removida e, é claro, como funciona cada uma das alternativas disponíveis.

Reações alérgicas e resultados ruins são a última coisa que se espera ao fim do processo de retirada dos pelinhos, né? Sendo assim, continue lendo a matéria para saber mais sobre os tipos de depilação e descubra qual é a melhor para você!

1- Cera quente e fria ajuda a remover os pelos pela raiz

Como funciona: um dos métodos mais conhecidos e simples, a cera (em qualquer temperatura) é capaz de puxar o pelo pela raiz, prolongando o resultado da depilação (até 30 dias) e, com o tempo, enfraquecendo a estrutura do fio, que passa a nascer mais fino e ralo.

Quando fazer? A cera quente é indicada para quem procura uma opção menos dolorida e/ou tem a derme mais sensível. O motivo é porque já existem algumas ceras específicas para tipos de pele diferentes, o que diminui o risco de inflamações e problemas após o procedimento. Por outro lado, a cera fria é um método um pouquinho mais doloroso, mas igualmente eficaz.

2- Linha ou threading esfolia a pele enquanto remove os fios

Como funciona: o método é novo no Brasil, mas já conseguiu sua fama por ser bastante rápido e eficaz, removendo o pelo a partir da raiz. Aqui, o ritual consiste em usar duas linhas entrelaçadas para retirar os fios.

Quando fazer? A técnica com linha é recomendada para regiões menores do corpo, especialmente para quem tem os pelos encravados e fininhos. Ela é recomendada por dermatologistas por não causar irritações e, de quebra, proporcionar uma esfoliação no local depilado.

3- Lâmina é perfeita para situações de emergência

Como funciona: apesar de ser conhecida por remover as células mortas da pele enquanto retira os fios do corpo, a lâmina apresenta uma durabilidade menor do que as outras técnicas. Ainda assim, é capaz de cortar o pelo bem rente à pele e deixar a aparência bastante disfarçadinha, especialmente nas pernas.

Quando fazer? A lâmina é uma boa opção para os casos mais emergenciais, mas pode deixar a pele um pouco áspera, por isso, vale apostar na hidratação após o seu uso. 

4- Cremes de depilação são indolores e retiram o pelo em minutos

Como funciona: bem fácil de manusear, basta aplicar o creme depilatório na região em que se deseja eliminar os fios e esperar alguns minutos para que o produto provoque a queda do pelo - mas apenas superficialmente, não pela raiz como a cera, por exemplo. De qualquer maneira, vale fazer o teste na pele antes e saber se a fórmula vai irritar a região ou não.

Quando fazer? Cremes são mais indicados para regiões com pelos fininhos, como o buço, ou para áreas em que alergias são menos frequentes, como as pernas.

5- Depilador elétrico deixa a pele lisa e dura mais do que as opções convencionais

Como funciona: apesar de ser conhecido como um método mais doloroso do que os outros, o depilador elétrico funciona puxando o pelo da raiz e deixando a pele bem lisinha. Atualmente, existem aparelhos de vários tipos, tamanhos e preços, por isso, vale a pesquisa!

Quando fazer? Sempre que se procurar um método eficaz, que deixe um resultado duradouro (cerca de 20 dias) e afinem o fio para que ele volte a crescer bem menos expressivo do que antes. 

6- Laser é opção definitiva para quem quer se livrar do excesso de pelo em qualquer área do corpo

Como funciona: já imaginou conseguir agir diretamente na matriz dos fios e impedir o seu crescimento? Pois isso é exatamente o que o tratamento com laser é capaz de fazer quando aplicado na região em que se deseja depilar - seja axila, buço, virilha ou qualquer outra.

Quando fazer? Se o desejo é se livrar do excesso de pelos para sempre, em qualquer região do corpo, as sessões com laser são o melhor caminho! Além disso, esse procedimento é mais indicado para quem tem pele bem clara e pelos mais escuros, porque o contraste entre os dois facilita o trabalho da luz na sessão.

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais