Beleza Extraordinária

De loira a morena: como escurecer os cabelos de forma saudável

  • Escurecer os fios gradualmente ajuda a mantê-los saudáveis
Tela cheia
Previous Next
Escurecer os fios gradualmente ajuda a mantê-los saudáveis

Apesar do loiro ser a tonalidade preferida das brasileiras, as cores escuras também têm vez, seja para uma loira natural mudar radicalmente o visual ou até mesmo para quem tem as madeixas claras devido à químicas voltar ao tom natural dos fios, devido ao excesso de cuidados que os cabelos loiros necessitam para ficar bonitos e saudáveis.

Ao contrário do que pode parecer, o processo para escurecer os fios não é tão simples. Para que a mudança fique bonita e as madeixas sem manchas, é preciso tomar alguns cuidados que vão além da escolha da cor adequada.

Passos a passo para escurecer os cabelos

Para o cabeleireiro Nick Arojo, famoso pela versão estrangeira do programa "Esquadrão da Moda", o ideal é escurecer os fios por etapas, em vez de mudar drasticamente do loiro para um tom mais escuro. "Geralmente quando as clientes querem colorir seus cabelos claros, elas querem logo ir para uma cor escura e acabam descobrindo que a nova cor é muito forte e a mudança um pouco chocante", explicou.

Segundo ele, issso acontece porque as clientes geralmente só pensam no resultado final, elas esquecem do quão escuro o cabelo vai ficar. "É mais fácil ir se aproximando da cor desejada aos poucos. Assim, o resultado não será um grande choque, e quando você quiser, pode voltar ao salão e completar o processo até chegar na cor mais escura", contou em sua coluna no site Fashion Indie.

Coloração permanente ou tonalizante? Qual o melhor para escurecer os fios

Se a mudança é rápida, como Britney Spears que quis variar de seu loiro dourado, o tonalizante pode ser uma opção porque sai mais rápido e é mais fácil de corrigir por formar apenas uma película nos fios. Para transformar a cor dos fios e repor os pigmentos, é preciso investir em colocações permanentes que entram na fibra capilar.

Quanto mais claras as madeixas, menos pigmento estão fixos no cabelo, o que pode gerar manchas devido às falhas na fixação da cor nas mechas. "Ir do tom claro a um pouco mais escuro e depois escurecer totalmente é um processo muito mais simples do que ir direto do claro ao escuro, se arrepender e depois clarear de novamente, o que dá muito trabalho e gera um estresse desnecessário", explicou Nick.

Uma das opções para escurecer é investir em um ou dois tons mais escuros que o atual por vez. Além da mudança ser mais suave, dando mais tempo para se acostumar com o novo look, mudanças mais drásticas podem correr o risco de apresentarem manchas e reflexos não desejados.

Outra sugestão para escurecer as madeixas é a pré-pigmentação. Esse processo é mais rápido do que colorir em etapas, pois é dividido entre pré-pigmentar para fixar a cor, e mudar a tonalidade das madeixas, mas é recomendado que seja feito apenas por pessoas com experiência em trabalhar com tinturas ou profissionais, para que se consiga chegar ao resultado desejado.

Como escolher a tonalidade durante o processo

Além de saber como escurecer os fios, é preciso prestar atenção na numeração da tinta escolhida. Para não correr o risco do cabelo ganhar reflexos indesejados, a opção é usar tintas base com a numeração zero no final nas etapas intermediárias, pois elas não interferem na nuance que já está no cabelo.

O tom desejado deve ser reservado para a última aplicação. Também é preciso estudar um pouco da tabela de tonalidades, para não correr o risco de anular algum reflexo ou potencializar outro e terminar com o cabelo da cor diferente do desejado.

Vale a pena escurecer para cuidar dos fios?

Muitas mulheres escurecem a cor das madeixas para tratá-las após sofrem com luzes e colorações para manter o tom loiro. Apesar do efeito, a longo prazo, ser de mechas mais saudáveis, é preciso analisar se é necessário escurecer muito os fios em vez de apenas alguns tons.

Como o processo é feito em etapas, o cabelo, que já estava fraco e poroso pelas descolorações, passará por mais químicas para ser escurecido, o que pode causar resultados mais sérios, como o efeito elástico. O ideal é investir em procedimentos nutritivos e hidratantes antes de mudar a tonalidade, para reverter os possíveis problemas do fio, e depois aplicar a coloração.

Temas relacionados
Cicatrização capilar:

o que é e por que apostar? Confira!