Beleza Extraordinária

Cuidados com cada tipo de pele no inverno: saiba quais são os efeitos do frio e como tratá-los

  • Confira os cuidados ideais para cada tipo de pele durante o inverno
Tela cheia
Previous Next
Confira os cuidados ideais para cada tipo de pele durante o inverno

Acompanhando as temperaturas mais frias do inverno, o ressecamento e a descamação da pele costuma ser uns dos problemas que mais afetam as mulheres vaidosas na estação. "Os motivos que levam a isto são o fato de estarem tomando banho mais quente, estarem suando menos (o que ajuda na lubrificação da pele) e por ser uma época mais seca", explicou a dermatologista Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Porém, cada tipo de pele exige uma atenção toda especial e pode apresentar problemas diferentes. Por isso, é importante adaptar a rotina de beleza às diferentes características, garantindo uma pele saudável e bonita na temporada de baixas temperaturas.

Pele seca

Se o efeito seco é uma das maiores reclamações durante o inverno, as donas de pele naturalmente desidratadas sofrem ainda mais nos dias frios. Intensificar a rotina de hidratação do rosto é a dica ideal para restaurar a saúde da pele. Vale trocar os produtos de maquiagem por itens cremosos e investir em hidratantes faciais com substâncias como ceramidas e ingredientes nutritivos que protejam a cútis. 

Pele oleosa

Já as donas de pele oleosa podem incluir hidratantes mais potentes na sua rotina de beleza. Enquanto no verão a produção de oleosidade é maior, no inverno a menor exposição solar faz com que as glândulas sebosas trabalhem menos. Por isso, vale intensificar trocar os produtinhos usados nesta época do ano. "Opte por sabonetes que controlam a oleosidade, mas que não esfoliem tanto. Sabonetes de base vegetal costumam ajudar por serem menos agressivos", ensinou a dermatologista Gabriella Albuquerque. 

Pele acneica

As mulheres que sofrem com acne, no entanto, podem intensificar os tratamentos com ácidos durante esta época do ano, já que o sol não estará aparecendo com tanta força. Porém, com isso e com o ressecamento comum da pele durante o inverno, o rosto pode ficar mais sensível. Por isso, a rotina de esfoliação - que no verão é mais intensa - deve ser feita com produtos mais leves e com um intervalo maior de tempo, de pelo menos uma semana.

Pele sensível

As donas de pele naturalmente sensíveis podem sentir ainda mais os problemas no rosto, já que as baixas temperaturas e o ambiente seco deixam a pele ainda mais delicada. Problemas como a rosácea, por exemplo, podem se agravar durante os dias mais frios. Para manter a pele saudável, vale apostar em sabonetes e cremes que reduzam a hipersensibilidade do rosto, além de investir em vitamina A e antioxidantes. 

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais